"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

quarta-feira, 30 de março de 2011

produtor de série suspenso por dizer a verdade










Midsomer Murders producer suspended over race row

The producer of ITV1's Midsomer Murders has been suspended after saying the drama "wouldn't work" if there was racial diversity in the show.

Brian True-May, who co-created the series, told the Radio Times the long-running drama was a "last bastion of Englishness" and should stay that way
(...)
Of his all-white portrayal of rural life in Britain's murder capital he said: "Maybe I'm not politically correct."
(...)
Mr True-May added: "We just don't have ethnic minorities involved. Because it wouldn't be the English village with them. It just wouldn't work."
(...)
"The definition of old fashioned English village here I'm afraid, doesn't include multi-ethnicity," he said.
(...)
"We have to be careful about seeking out something that offends us and then complaining. I would not want the viewers of Midsomer Murders complaining about something I liked." (Ash Atalla)

(seleccionei as passagens que achei mais interessantes, mas para ler tudo ver aqui):
FONTE



até parece mentira de dia 1 de Abril, não é?  pois, mas ainda faltam 2 dias, (além desta notícia ser de 15 de Março) e, definitivamente, não é brincadeira. 
bem-vindos à realidade "democrática" e "plural" dos dias de hoje. tanto o produtor (Brian True-May), como a série (Midsomer Murders) foram suspensos, porque...a série não tem alienigenas como manda a «moralidade obrigatória» e «correcta» dos dias que correm. e porque o produtor afirmou sem peias, que ele não era «politicamente correcto» (sic) e que a série não funcionava com não-brancos e que não retrataria bem a realidade das vilas inglesas (felizmente ainda pouco tocadas pelo multiculturalismo)
resultado: tudo suspenso! e para a próxima, não se atrevam a desafiar o 11º mandamento: a sociedade é multicultural e acabou-se! mesmo nos sítios e ocasiões em que não é, passa a sê-lo por decreto e é se queres conservar o teu emprego e reputação.
caso contrário, se não tens cuidado, e «ofendes» muito os alienígenas, ainda acabas é a ver o Sol aos quadrados.

que grande e maravilhosa «democracia de tipo ocidental»! o fascismo e nazismo é que eram maus e totalitários!  pois claro...

11 comentários:

Anónimo disse...

mais consequências da imigração e miscigenação que passam despercebidas à maioria das pessoas, até dos racialistas.


http://www.publico.pt/Ci%C3%AAncias/china-vai-ultrapassar-estados-unidos-em-producao-cientifica-antes-de-2020_1487387

"A China é o segundo país que mais publica artigos científicos. Entre 1993-2003 e 2004-2008, a percentagem mundial de publicações do gigante asiático passou de 4,4 para 10,2 por cento, enquanto nos Estados Unidos decresceu de 26 para 21 por cento. O terceiro lugar vai para o Reino Unido que passou de 7,1 para 6,5 por cento."

Curioso, os países que tinham Europeus, todos decresceram em artigos cientificos.
Claro, os Europeus são cada vez menos, então nas camadas jovens...
E a importação de pessoas de 3 mundo, claro que essas pessoas não têm capacidade para fazer ciência como os nativos.
Até a Alemanha, que tanto recorreu aos Turcos para colmatar as necessidades de empregos e falta de população, agora vem às embaixadas em Espanha e Portugal pedir licencisados. Pudera os Turcos lá não fazem nada, não vão longe nos estudos...

Enfim... no futuro quando os europeus desaparecerem, lá vão ter de esperar que Chineses, Coreanos e Japoneses desenvolvam tecnologia.

E claro, além da falta de ciência, também existe a falta de jovens com veia empresarial, já que os nativos jovens são cada vez menos e dos outros não se pode esperar grande coisa..

Anónimo disse...

reino suevo

http://clio.rediris.es/n32/atlas/028.jpg

Anónimo disse...

sionismo


Projecto Ibéria - BEStriângulo estratégico: Espanha, Angola e Brasil. A presença internacional ...
ibérico, lançou o Projecto ibéria. O Projecto Ibéria reforça a aposta do ...

Anónimo disse...

Correio do Patriota - BES considera prioritários os mercados do ...12 dez. 2008 ... O Banco Espírito Santo considera como prioritários os mercados do Brasil, Angola
e Península Ibérica sublinhando que na actual conjuntura ...

Anónimo disse...

minaretes em portugal


http://4.bp.blogspot.com/_SrpBRQ2cDRg/SHqWPXgaSUI/AAAAAAAAEhY/KdM2T3NsgA0/s200/mesquita+de+lisboa.bmp

Anónimo disse...

alcorão a arder

http://blog.timesunion.com/hottopics/files/2011/03/Was3808113.jpg

Anónimo disse...

Herman slater -
Jew
Wiccan High Priest

Anónimo disse...

After leaving hospital Slater joined a New York coven of Welsh Traditional Witches led by High Priest Ed Buczynski (Lord Gywddion), into which he was initiated in 1972 and given a craft name of Lord Govannon. The two soon became lovers and formed a partnership to promote Witchcraft. Together they opened a small Witchy bookstore on Henry St in Brooklyn Heights, New York, called “The Warlock Shop”. Buczynski being the more magical and spiritual part of the relationship, left much of the business side of the shop to Slater, under whose savvy guidance it soon became a profitable venture. More importantly the Warlock Shop quickly established itself as the central information hub for local Witches and the newly emerging Neo-pagan communities.

Anónimo disse...

In public Slater professed himself to be a conservative, and vehemently opposed to drugs, promiscuity and sex magic. As such he was often vocal in his condemnation of other witches and pagans for their moral conduct, stating that they should stay in monogamous relationships. Yet privately he did not practice what he preached, for he was known to keep a steady stream of gay lovers outside of his relationship with Buczynski.

Anónimo disse...

Ed Buczynski founded the Minoan Brotherhood in 1977 , a tradition designed exclusively for Gay men to enable them to explore and perform traditional Witchcraft rituals without the conventional constraints normally imposed on gender, and to enjoy the same sexual mysticism and sense of empowerment as did other traditional forms of Wicca and Witchcraft.

Anónimo disse...

Today the Minoan tradition consists of three branches, the Minoan Brotherhood (gay men) the Minoan Sisterhood (gay women) and the Cult of the Double Axe/Cult of Rhea (gay men and women together).