"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

wilders, lacaio sionista












"THE HAGUE, Netherlands — Outspoken Dutch lawmaker Geert Wilders called on the government Wednesday to apologize for the country’s “passive” response to the mass deportations of Jews by Nazi occupiers during World War II."

"HAIA, Países Baixos - O legislador holandês Geert Wilders pediu ao governo Holandês para pedir desculpas por o país ter sido passivo durante as deportações de judeus pelos ocupantes nazis durante a Segunda Guerra Mundial."

FONTE


 que o sujeito é um apoiante confesso de israel, penso que já todos o sabíamos. agora isto?  chegar ao cúmulo de querer pedir desculpas pelas deportações de judeus do seu próprio país?
- mas se foram os nazis que deportaram, o que é que o actual governo holandês tem a ver com isso?
- por acaso, esses judeus deportados não eram estrangeiros na Holanda, tanto como os muçulmanos?
- um partido que se diz contra a imigração acha mal deportar estrangeiros e ainda fomenta a culpa?
- será que o Partido da Liberdade é realmente contra a imigração ou apenas contra a islamização?

14 comentários:

N disse...

Há anos que vinha dizendo isso.

Agora caiu de vez a capa(para os mais desatentos).

Thor disse...

isso não parece um martelo de thor. parece mesmo o martelo do proletariado industrial do bolchevismo.
além de que dois objectos cruzados são um símbolo judaico.
no comunismo é a foice e martelo cruzados, na maçonaria é um esquadro e um compasso cruzados, etc...
esse "N" deve ser mais um daqueles «nacional-bolcheviques», mas espero estar enganado. ele que corrija, se for o caso.
e o «nacional-bolchevismo» é contraditório e com valores estranhos, além de que só existe em Israel e na Rússia, sendo que nesta última é uma tentativa de restaurar a URSS, disfarçada de «nacionalismo».

enfim, metamorfoses e taqyias.

N disse...

Thor bebe mais agua e menos cerveja.

Os 2 martelos cruzados dos hammerskins devem ser simbolos juidaicos tambem.

Este simbolo qualquer gajo minimamente atento sabe que representa o socialismo tribal etnico.

Pode se mesmo dizer que a patente é dos Nacionalistas Autonomos.

Tu que gostas tanto do NS alemão devias ver exactamente a espada e martelo cruzados na epoca,até mesmo em moedas.

Escusavas de mandares bitaites desses assim para o ar..

Espero que deixes passar o comentario.

Thor disse...

bem, agradeço o reparo, mas apesar de simpatizar com muitas ideias do NS, este não é nenhum farol «iluminado» para me guiar.


já agora...
«The symbol these Freemasons 'crafted' to represent the Communist Party? The Star with Hammer and Sickle, a stylised Masonic Square and Compass. Crossed Tools.»

http://freemasonrywatch.org/pics/hammersicklecross.jpg


fonte:
http://freemasonrywatch.org/communism.html



admito que não haja exclusivo ideológico de ferramentas cruzadas, mas é aquela coisa...as coincidências podem gerar confusões.
não por acaso, o Salazar proibiu o uso da palavra «vermelho» (trocou por encarnado) para se demarcar do Comunismo...
e também não foi o Comunismo que inventou o vermelho.

lá está, esses objectos cruzados podem nada ter a ver com maçonaria, marxismo ou judeus, mas lá que se presta a equívocos e confusões...

Thor disse...

e já agora, esse martelo é muito parecido com o da bandeira comunista. até os dos hammerskins são um pouco diferentes.

Thor disse...

e quanto ao socialismo étnico tribal...muito bem, desde que seja um socialismo natural, orgânico e não-estatal...
nada do que é orgânico, pode alguma vez ser de esquerda.
esse é o único socialismo que admito.
o «resto» do socialismo apenas vampiriza e dá má-fama ao nome - e não me refiro apenas ao marxismo.

quanto à economia, ela precisa de ser regulada, pois tudo tem que ter regras, mesmo o que faz parte da natureza tem que ser controlado...caso contrário as pessoas defecavam fora do WC, por exemplo.
a equidistância absoluta é irrealizável, mas também desnecessária e mesquinha...o ponteiro poderá eventualmente pender ligeiramente para a direita ou a para a esquerda, conforme...
presumo que seja mais fácil pender para a direita e para a livre iniciativa competitiva, mas ao serviço do Povo e não selvagem.

Thor disse...

o egoísmo e a competição são bons porque fomentam o esforço e o mérito.
o egoísmo é óptimo desde que doseado...o NS sabia isto e manejava os pratos da balança.
já a nula competição, o não-esforço e a não recompensa do mérito, trás resultados desastrosos, porque quando ninguém se quer esforçar (porque sabe que não é recompensado) então ninguém produz...
e, se não há produção, o Povo vai morrendo aos poucos. tão simples como isto.

N disse...

Thor o imperio romano criador do que hoje conhecemos por Fascimo era vermelho.

Os principais Deuses vestiam tambem de vermelho.

O Nazismo ele proprio a cor dominante era vermelho

Branco,preto e vermelho correspondem ás cores da irmandade da Serpente(simbolo da sabedoria) irmandade não maçonica dos tempos da Atlântida que ainda hoje existe e que luta pela supremacia Ariana.

A que rivaliza contra a ela é a azul e branca de cariz semita,eram os antigos maçons que ajudavam nalgumas obras e que trairam os seus antigos senhores e pela cobiça e ganância organizaram se eles proprios numa irmandande de disputa global e com um plano de destruição dos povos Arianos.

Em tudo o que diz no resto saliento isto:

"o egoísmo e a competição são bons porque fomentam o esforço e o mérito."

Não é propriamente o egoísmo,mas sim o ego,pois na competição em ser o melhor no meio de outros muito bons,o ego em forma doseada leva o homem acreditar alcançar o inatingivel e assim sendo ele torna se perfeccionista consoante o tempo corre.

Quando muitos são assim e querem formar um super colectivo super humano,temos uma super Nação.

Foi mais por aí que a Thule jogou no campo psicologico,com esoterismo racial e pagão.

Foi essa a chave de sucesso do nazismo.

E terá que ser por aí o renascimento Europeu.

Anónimo disse...

"Grand Rabbi of France, Gilles Bernheim, when questioned by Sud-Ouest about the attempts made by Marine Le Pen to coax Jewish voters into voting for the FN, declared that "the values of Judaism are incompatible with those of the Front National. And whatever Marine Le Pen's position favoring Israel might be, that will change nothing......"

Anónimo disse...

"In 711, thousands of Jews from North Africa accompanied the Moslems who invaded Spain, subsuming Catholic Spain and turning much of it into an Arab state, Al-Andalus." (N.H.Finkelstein, p.13,14)

"Once captured, the defense of Cordoba was left in the hands of Jews, and Granada, Malaga, Seville, and Toledo were left to a mixed army of Jews and Moors. Although in some towns Jews may have been helpful to Muslim success, they were of limited impact overall."

"With the victory of Tariq ibn Ziyad in 711, the lives of the Sephardim changed dramatically. Though Islamic law placed restrictions on dhimmis (non-Muslim members of monotheistic faiths), the coming of the Moors was by and large welcomed by the Jews of Iberia."

"Following initial Arab victories, and especially with the establishment of Umayyad rule by Abd al-Rahman I in 755, the native Jewish community was joined by Jews from the rest of Europe, as well as from Arab lands, from Morocco to Babylon."

"By the ninth century, some members of the Sephardic community felt confident enough to take part in proselytizing amongst Christians" - N. H. Finkelstein

Anónimo disse...

«Nem de perto nem de longe. Cometeu um dos maiores crimes de que há memória na História da Europa - a cruzada do Norte.» - cu turo

os judeus estavam a tentar converter os ibéricos ao judaismo (como os khazares se converteram).

Thor disse...

"Thor o imperio romano criador do que hoje conhecemos por Fascimo era vermelho.

Os principais Deuses vestiam tambem de vermelho.

O Nazismo ele proprio a cor dominante era vermelho"



eu tive o cuidado de dizer que o Comunismo não inventou o vermelho.
nem seria preciso dizê-lo, mas enfim...
e, no entanto, Salazar quis evitar confusões.

ainda sobre o tema dos objectos cruzados, um dos símbolos do GOL é precisamente um martelo e uma cruz, cruzados (imagem à direita), a fazer lembrar os hammerskins ou até essa imagem

http://www.google.pt/url?source=imglanding&ct=img&q=http://portugalsecreto2.no.sapo.pt/macoportugal/simb5.jpg&sa=X&ei=hyEdT_WQPIa1hAfxzNjRDA&ved=0CAwQ8wc&usg=AFQjCNF8PUz3IgsI6-0QJuJ1yCExd3OElA

Thor disse...

o martelo dessa imagem até parece mais uma âncora de pernas para o ar, só que esse cabo, parece mesmo um martelo.

Anónimo disse...

Branco,preto e vermelho correspondem ás cores da irmandade da Serpente(simbolo da sabedoria) irmandade não maçonica

?

dos tempos da Atlântida que ainda hoje existe e que luta pela supremacia Ariana.

não é isso que dizem...
os bailey, os blavastky, os besants lol

A que rivaliza contra a ela é a azul e branca de cariz semita,

lol