"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Hitler sobre a América e a raça










"Na América do Norte, na altura de decidir qual a língua nacional a introduzir, foi um único voto que decidiu que o alemão não deveria ser introduzido como a língua nacional, mas sim o inglês. Perdemos um continente de 120 milhões para o qual enviáramos o material humano mais valioso, tal como ficou provado no ano de 1917"

"Estes jovens altos, loiros e de olhos azuis, na realidade, o que eram? Seriam outrora os filhos dos agricultores alemães. São agora nossos inimigos"

"A União Americana fundiu certamente populações de ascendência diversa num novo povo. Só que um exame mais próximo parece revelar que a maioria avassaladora destas nacionalidades diversas pertence aos mesmos elementos raciais básicos ou, pelo menos, relacionados....a União Americana, na verdade, acabou por se valer dos diversos elementos raciais nórdicos"

"A União Americana estabeleceu quotas de imigração. Deu preferência a populações dos países escandinavos, da Inglaterra e da Irlanda, e apenas em terceiro lugar da Alemanha porque já era racialmente inferior....Ao contrário da Alemanha, aquela União não permite a entrada a qualquer judeu polaco; em vez disso, selecciona o seu povo"

"Todo aquele poderoso material humano que vimos no lado americano durante a Guerra Mundial (primeira Guerra) , acreditem, foram mães alemãs que outrora deram à luz estes homens, pais alemães que outrora os formaram, e depois o destino determinou que, em menos de 50 ou 20 anos, nos confrontassem como inimigos numa luta pela sobrevivência onde estava em causa a nossa própria existência. É esta a horrível maldição a que nos conduziram as politicas mais recentes."

"Aquilo que o caldo de culturas faz na prática pode ver-se no México, onde a absorção do sangue dos conquistadores espanhóis originais pela população índia nativa produziu a mistura racial a que chamamos Mexicanos, e que agora se empenha em mostrar a sua incapacidade de autogovernação. O mundo viu muitas misturas destas, e as implicações da mestiçagem apenas agora começam a ser verdadeiramente compreendidas na sua real dimensão."

"A América do Norte, cuja população é constituída, na sua maior parte, por indíviduos germânicos, misturou-se muito pouco com os inferiores povos de cor, mostrando uma humanidade e cultura diferentes das da América Central e do Sul, onde os imigrantes, na sua maioria latinos, frequentemente se cruzavam com os nativos em grande escala. Com este exemplo apenas, podemos clara e distintamente reconhecer o efeito da mistura racial. O habitante germânico do continente americano, que permaneceu racialmente puro e sem mistura, ergueu-se para ser senhor do continente; irá continuar a ser o senhor enquanto não cair vitimado pela conspurcação do sangue."

Adolf Hitler

FONTE: "A Biblioteca Privada de Hitler"



enfim...bons velhos tempos. Se Hitler imaginasse o grau de decaimento dos Estados Unidos, menos de 100 anos depois destas palavras, seguramente não teria escrito estas linhas, que devem ser entendidas e contextualizadas à altura em que foram escritas (anos 20 do séc.XX)

Sem comentários: