"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

portugal vendido a capital angolano e judeu



Governo aprova admissão da Synergy Aerospace na privatização da TAP

«O Conselho de Ministros aprovou uma resolução que determina a admissão da Synergy Aerospace, como “potencial investidor de referência, a participar no momento subsequente do processo de alienação das acções objecto da venda directa no âmbito da 3.ª fase do processo de reprivatização da TAP - Transportes Aéreos Portugueses, S.A”....»

FONTE




Oliveira vende Controlinveste a grupo angolano

 «Joaquim Oliveira já formalizou a venda do grupo de media que detém os títulos Diário de Notícias, Jornal de Notícias, O Jogo e TSF.

O negócio foi confirmado ao Económico por fonte oficial do grupo. O comprador é um grupo angolano, desconhecendo-se o seu nome e os valores envolvidos.

O Económico sabe também que a participação de 33% na VASP também está incluída na transacção.

Joaquim Oliveira fica assim com o seu negócio centrado na área dos direitos televisivos e desportivos. Mantém-se também a sua participação na Sport tv.

Esta notícia será desenvolvida na edição impressa de amanhã do Diário Económico.»

FONTE



para quem não sabe, o dono da Synergy Aerospace (e Synergy Group) é o judeu brasileiro de origem «polaca» Gérman Efromovich, que vemos na imagem de cima.
já quanto à Controlinveste, de Joaquim Oliveira, ficamos sem saber o nome do grupo ou do investidor, mas a participação de capital terceiro-mundista angolano, não é coisa nova em Portugal, como a participação da Sonangol na Galp ou no BCP, por exemplo...
enfim, mais empresas para mãos estrangeiras e terceiro-mundistas. é o descalabro. a alta finança internacional a mandar em países.

Sem comentários: