"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

quarta-feira, 22 de maio de 2013

FN marioneta do ZOG

A União Judaica Europeia começou um diálogo com Marine Le Pen, líder da Frente Nacional de França.


A União Judaica Europeia começou um diálogo com Marine Le Pen, líder da Frente Nacional de França.

Funcionários da União Judaica Europeia, reuniram-se há uns meses com a líder da FN em París e discutiram uma série de questões e problemas que afectam a comunidade judaica europeia. Le Pen, deu as boas-vindas à oportunidade de entrar num diálogo com a União Judaica Europeia e reafirmou o seu compromisso de apoiar Israel dentro das estruturas da União Europeia. Também confirmou que todos os membros do seu partido, a Frente Nacional, que expressem opiniões que questionem aspectos contraditórios do Holocausto, enfrentarão a expulsão imediata do partido.

Apesar de terminar em terceiro nas últimas eleições presidenciais francesas com mais de 17% dos votos, Marine Le Pen continua a ser uma política polémica com a qual muitos outros políticos do país, tentam evitar envolver-se. Todavia, os líderes da União Judaica Europeia argumentam que uma Europa sólida, só pode atingir-se mediante a realização de um diálogo com os partidos de todo o espectro político.

Alexander Zanzer, membro da União Judaica Europeia:

“Não há nenhuma organização judaica, nem obviamente a União Judaica Europeia ou qualquer meio de comunicação judaico, que apoie qualquer tipo de extremista, mas temos que aplicar as mesmas normas à extrema direita e à extrema esquerda. Porque neste momento a Europa está dividida em duas. No Leste da Europa, a extrema direita tornou-se extremadamente anti-semita. No Oeste de Europa, é a extrema esquerda. Portanto há culpados em ambos os lados.”

“Se o partido de Marine Le Pen, a Frente Nacional finalmente purgar o seu partido da retórica anti-semita e conseguir eliminar todos aqueles que não seguem a línha do partido, significará uma mudança radical para um partido de extrema direita, que está a tratar de aproximar-se da maior comunidade judaica da Europa.”

FONTE



não há paciência para este jogo e este teatro sionista. a parte que pus em negrito é significativa.
que a FN é um partido kosher há muito controlado pelos sionistas, isso não é novidade nenhuma. não percebo porque alguns ainda ficam surpreendidos ou escandalizados.
o que verdadeiramente chateia é a prepotência desta escumalha, a sua pretensão de se ingerirem nos partidos europeus, nos assuntos europeus, de dizer quais partidos podem ou não podem ser "aceites" e mediante que condições.
quando se diz que se deve dar o mesmo tratamento à extrema-esquerda e à "extrema-direita", estão, obviamente a referir-se à "extrema-direita" controlada...por eles.
do género: "vá, porta-te bem. e se fizeres o que nós mandamos, damos-te alguma liberdade e deixamos-te existir, para enganares os otários do eleitorado", uma espécie de osso dado ao cãozinho obediente.
que legitimidade tem esta escumalha asiática para ditar aos partidos que expulsem militantes só porque põem em causa dogmas religiosos (como o do holoconto) ou porque não têem o comportamento "correcto"?
quanto ao "anti-semitismo" da extrema-esquerda no Oeste Europeu, faz parte do teatrinho sionista, e é um assunto já tão gasto e escalpelizado (inclusive neste blogue), que não me dou, por agora, ao trabalho de refutar essa pretensão.

29 comentários:

Anónimo disse...

e ano apos ano a mistura agrava-se e na politica nao se vislumbra mudanças.
Caminhamos a passos grandes para a extinção

Pedro Lopes disse...

Na França existe um partido Anti-Sionista.

http://www.partiantisioniste.com/

É onde milita o Alan Soral.

Mas acho que tiveram menos de 1% nas ultimas eleições.
Esta merda é complicada.

O melhor a fazer é segui o modelo do Aurora Dourada. Eles estão literalmente a criar um governo paralelo só para gregos.
Até tem linhas telefónicas equivalente ao 112 para quem necessitar de ajuda ou mesmo for assaltado.

Anónimo disse...

Pedro Lopes disse...
"Na França existe um partido Anti-Sionista.

http://www.partiantisioniste.com/"


o anti sionismo deles é em relação ao danos que o mesmo causa no oriente médio.não pense que eles são contra o multirracialismo e a substituição populacional que afeta a europeus porque eles não são não.

Pedro Lopes disse...


Olha!!

http://mondoweiss.net/2009/09/the-enemy-of-my-enemy-is-my.html

Tá tudo infectado....
Fosga

Thor disse...

"o anti sionismo deles é em relação ao danos que o mesmo causa no oriente médio.não pense que eles são contra o multirracialismo e a substituição populacional que afeta a europeus porque eles não são não."


óbvio.
o Pedro Lopes foi superficial nisto.
um partido dizer-se anti-sionista, não quer dizer que vá realmente combater ou sequer criticar todos os malefícios efectivos do sionismo.

o anti-sionismo deles é apenas anti-israelixo e nada mais.

Pedro Lopes disse...

Thor,

Tirando talvez o Aurora, não é fácil encontrar um que agrade em tudo.

Há que ir aproveitando algumas partes que nos agradam.


Thor disse...

pois, Pedro Lopes, mas não podendo juntar muitas características boas num partido, então não serve.

esse partido nem sequer tem nada de bom.
ser anti-israel não serve para nada, nem resolve problema nenhum.

eu, por exemplo, sou anti-sionista.
mas não sou anti-israel.
aquilo que sou, é contra israel não se sustentar e subsidiar a si própria, mas não sou contra a existência de israel em si.

mas também devo dizer que não sou contra a palestina em si.
acho que tudo isso é questionável.

pronto, para ficar melhor explicado, o que eu quis dizer é que não sou contra a existência de uma pátria sionista em si, seja na patagónia ou no pólo sul.

Pedro Lopes disse...

Thor,

Mas o Soral propõe acabar com a influencia do Sionismo em França.

http://www.partiantisioniste.com/programme

Não é só Anti-Israel. E tens bons videos dele sobre o Sionismo em que refere muitas vezes outros intervenientes da história anti-sionistas como por exemplo o General Patton, que foi depois liquidado.
Acho-o bastante esclarecido, mas obviamente há sempre uma outra coisa que não agrada.

Eu também são sou contra o estado de Israel. Deviam era ir para lá todos.


Anónimo disse...

Thor,

Tirando talvez o Aurora, não é fácil encontrar um que agrade em tudo.

Há que ir aproveitando algumas partes que nos agradam.

mas nem o jobbik?

Thor disse...

certo, ok, não é só anti-israel e até fala em acabar com a ingerência sionista nos assuntos franceses e outras coisas...
mas nada diz do marxismo cultural, da maçonaria, do multirracialismo e de outras formas subtis de controlo e destruição sionista, que não passam pela ingerência directa de políticos judeus em assuntos nacionais.

Pedro Lopes disse...

"mas nada diz do marxismo cultural, da maçonaria, do multirracialismo e de outras formas subtis de controlo e destruição sionista, que não passam pela ingerência directa de políticos judeus em assuntos nacionais."

Fala, fala, e não é pouco.

Quando tiveres disponibilidade explora melhor o que ele diz neste canal do youtube.

http://www.youtube.com/user/NovaDireitaCultural?feature=watch

Maçonaria, Femem, pussy riot, Banca pedofilia nas elites e mais um par de botas.

Há uma coisa que não entendi bem o que quis dizer. Diz ele que não é anti-globalista mas é anti-mundialista. Eu não percebi bem a diferença, mas pronto.



Pedro Lopes disse...


Alguns exemplos.

http://www.youtube.com/watch?v=OcCFimm9p90

http://www.youtube.com/watch?v=wDhbypAM0pQ

http://www.youtube.com/watch?v=3De_u-NmzYY

http://www.youtube.com/watch?v=yw8Ylpzh_qU

http://www.youtube.com/watch?v=OcCFimm9p90

http://www.youtube.com/watch?v=3t--yfMJdKQ

Pedro Lopes disse...

"mas nem o jobbik?"

Não tenho acompanhado esse partido, portanto não tenho opinião formada sobre ele. Mas irei fazê-lo certamente.

Thor disse...

"Maçonaria, Femem, pussy riot, Banca pedofilia nas elites e mais um par de botas."


Pedro, a pedofilia sendo uma coisa muito grave, também não é o principal problema da Europa.
o mesmo se passa com as FEMEN.
o que está a destruir e a ameaçar seriamente a Europa, é a imigração multirracial e a extinção dos Europeus enquanto raça.
isso é que nos deve preocupar sobretudo.

o resto pode e deve ser falado, mas será sempre secundário.

e só o facto desse partido dizer que não é anti-globalista, já é motivo para não confiar nele.

Pedro Lopes disse...


É melhor verem bem os vídeos.
Ele na maioria dos aspectos é anti-globalismo, eu é que posso não ter percebido bem o sentido da frase.

O único aspecto que ele não me parece ser é racialista. E parece que que é católico, mas não faz grande propaganda disso.
E num dos vídeos assume-se de forma clara e inequívoca como anti-semita.

E qual é o principal inimigo do Nacionalismo?


Thor disse...

se não é racialista, tudo o resto que possa ser ou ter de bom, vale pouco mais que zero.

Thor disse...

sem racialismo, pura e simplesmente não há oposição decente ao sionismo. não há.

o sionismo é um movimento racial, etnocêntrico, genocida e anti-branco.
ponto final.

é a mesma coisa que tentar ir combater comunistas com "rosas" ou com conversas de "economia de mercado".
isso é rídiculo.

Pedro Lopes disse...

Mudando de assunto, uma boa noticia.
O Aurora já é a segunda força politica da Grécia:

http://www.xryshaygh.com/index.php/enimerosi/view/deutero-komma-h-chrush-augh-sarwtikh-epelash-tou-ethnikistikou-kinhmatos#.UZ-Q3aLVDfU

Os marretas do Siriza caíram a pique. E os Socialistas já são um partido marginal.

Em breve o Aurora passa para nº1.

Estou morto por ver a canalha sionista globalista, capangas da EU, porcos da banca, esquizofrénicos de esquerda, os mass média tudo a vomitar fel pela boca.

Thor disse...

não vai ser assim tão fácil.
preparem-se.

Thor disse...

"Cuidado com este jobbik .eles não são WN e já agora andam de conversa intimas com o anti-branco sionista Dugin"


isso do Dugin não sabia.
mas sabia que eles não são nacionalistas brancos, porque eles consideram-se "asiáticos", o que é rídiculo, e como tal comportam-se como nacionalistas, mas não nacionalistas brancos, e sim nacionalistas "magiares" anti-europeus.

mas em comparação com outros, são muito melhores, porque ao menos não se curvam aos judeus.

Pedro Lopes disse...

"Cuidado com este jobbik"

Isto é uma merda que me entristece.

Se formos a fazer bem as contas nenhum partido nacionalista actual serve. Até o Aurora Dourada pode ser criticado porque alguns dos seus elementos são católicos(Ortodoxos) ou porque alguns deles já tem genes turcos.

Assim não dá.
Os nacionalistas são uma minoria e dentro da mesma haver tamanhas divisões é suicídio. É mortal. Abram os olhos caralho!!!

O que resta?
Um líder e mais 2 ou 3 acompanhantes contra todo o exercito mediático, económico e militar dos sionistas?

Não. O Nacionalismo tem de ganhar massa humana. E para isso deve ser mais abrangente. Ou querem continuar debaixo dos judeus da Troika?
Mesmo a Marine, não é pior que o Sarkozy ou o Hollande, de certeza.
O PNR(Fracote) não é pior que o PSD, ou o PS.

O Aurora Dourada!!!! Olhem bem na sua estratégia. Deixem as futilidades. Pelo menos nesta fase tão delicada.

Pedro Lopes disse...

"isso do Dugin não sabia."

Thor, e resto da audiência.

Tenham calma. Ouçam com atenção e pensem. Esta merda não é como ser adepto de um clube. Se é verde não presta, se é castanho também não.

O Dugin. Vocês não tem de concordar ou não com ele. Tem de o tentar perceber. Na minha primeira analise ás suas ideias é que ele apenas e só preconiza um espaço de segurança para a Rússia. Mais nada. O Euroasianismo do Dugin é meramente uma proposta de forrar as fronteiras da Rússia com estados leais a Moscovo. Não vale a pena ir mais a fundo porque é basicamente a intenção do Dugin. E não a acho ilegítima. Os EUA gostariam de ter um aliado Russo nas suas fronteiras?

O Dugin, não é nacionalista, mas não é globalista, mas defende muitas coisas que nós também defendemos.

Thor disse...

"Thor, e resto da audiência.

Tenham calma. Ouçam com atenção e pensem. Esta merda não é como ser adepto de um clube. Se é verde não presta, se é castanho também não.

O Dugin. Vocês não tem de concordar ou não com ele. Tem de o tentar perceber. Na minha primeira analise ás suas ideias é que ele apenas e só preconiza um espaço de segurança para a Rússia. Mais nada. O Euroasianismo do Dugin é meramente uma proposta de forrar as fronteiras da Rússia com estados leais a Moscovo. Não vale a pena ir mais a fundo porque é basicamente a intenção do Dugin. E não a acho ilegítima. Os EUA gostariam de ter um aliado Russo nas suas fronteiras?

O Dugin, não é nacionalista, mas não é globalista, mas defende muitas coisas que nós também defendemos."


Pedro, isto é muito simples.
não há meios-termos. quem é do "meio-termo" é do sistema e ajuda o sistema.
sei muito bem quem é o Dugin.
Dugin é um sionista, tal como Putin.
o projecto do Dugin é globalista. isso de forrar as fronteiras com outros estados é um pretexto como outro qualquer.
todos os cabrões que fazem merda nunca dizem ao que vão, inventam sempre pretextos.

agora, quando as pessoas se iludem e confiam, como é o teu caso, depois é díficil, aceitar a realidade.
quem é fã de Putin e Dugin, quando confrontado com a realidade desses crápulas sionistas, prefere justificar em vez de aceitar a realidade. é díficil deixar de ser fã, eu sei isso muito bem e nem estou a condenar. sei que leva tempo.

se Dugin não é nacionalista, então não presta, porque quem fica em cima do muro, ajuda o sistema. aliás, É do sistema.

Thor disse...

"Isto é uma merda que me entristece.

Se formos a fazer bem as contas nenhum partido nacionalista actual serve. Até o Aurora Dourada pode ser criticado porque alguns dos seus elementos são católicos(Ortodoxos) ou porque alguns deles já tem genes turcos.

Assim não dá.
Os nacionalistas são uma minoria e dentro da mesma haver tamanhas divisões é suicídio. É mortal. Abram os olhos caralho!!!"



não fui eu que critiquei o Jobbik, aliás até fiz um post a elogiar esse partido.
mas também é verdade que esse partido já disse que é contra a Europa e que a identidade da Hungria é "asiática".
isto não são opiniões, são factos.

mas eu já elogiei a coragem do partido em fazer frente ao polvo judaico.

Thor disse...

"O Euroasianismo do Dugin é meramente uma proposta de forrar as fronteiras da Rússia com estados leais a Moscovo."


isso é uma tentativa de ressuscitar a URSS, nada mais.
quem apoia uma coisa dessas que não se diga identitário e racialista.

Thor disse...

quem é dugin?


Dugin: Russian nationalism is a treat for the state, destructive and dangerous phenomenon Google Translate

Dugin is against "disgusting racism of the West" Google Translate

Dugin about the anti-white policy of R.Mugabe in Zimbabwe:


Quote:
I am a supporter of blacks. White civilization - their cultural values​​, false, dehumanizing model of the world, built by them - did not pay off. Everything goes to the beginning of the anti-white pogroms on a planetary scale. Russia saved only by the fact that we are not pure white. Predatory multinational corporations, oppression and suppression of all others, MTV, gays and lesbians - this is the fruit of white civilization, from which it is necessary to get rid of. So I am for reds, yellows, greens, blacks - but not for whites. I wholeheartedly on the side of the people of Zimbabwe.

Thor disse...

espero que depois disto, haja vergonha em não vir defender esse Dugin.

Pedro Lopes disse...

"haja vergonha em não vir defender esse Dugin"

Eu não defendi, apenas tentei fazer uma interpretação das suas intenções.

Thor disse...

qualquer movimento que se diga "anti-sistema", anti isto e mais aquilo, que diga que vai combater o marxismo cultural, sionismo, maçonaria e etc, mas que não diga uma palavra em defesa da raça...esse movimento é na realidade SISTEMA!
não importa o muito que se diga anti-marxista, anti-MC, anti-FEMEN, anti-sionismo, anti-pedofilia, anti-corrupção.
isso não interessa. é uma táctica deles para enganar papalvos.

um movimento que não diga nada sobre a defesa da raça, é do sistema.