"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sábado, 4 de fevereiro de 2017

o grande obstáculo


6 comentários:

N disse...

Os judeus de base(os menos espertos) manifestam o ódio ao cristianismo porque há lá uma mensagem que vai contra os interesses deles: quando cristo corre com os vendilhões do tempo.
Ora isto vai directamente ao assunto da usura, e os judeus vivem da usura, daí estes judeus odiarem cristo.

Porém os judeus de topo(os mais espertos), percebem que essa mensagem é um mal menor dentro de toda a narrativa cristã e toda a psique que ela provoca nos goyims:

Cristo apesar de tudo é um judeu, logo os goyims(nomeadamente os Arianos) acabam sempre por venerar uma divindade judia.

Cristo diz para dar a outra face ao inimigo; o que é óptimo para os judeus que os goyims não se vinguem, mas que sejam sim cornos-mansos.

O cristianismo é igualitário; o que favorece imenso a agenda dos supremacistas racistas judaicos; visto que o melhor parasita é aquele que passa mais despercebido aos olhos da vítima. A partir do momento em que a sociedade passa a ser igualitária, multicultural e multirracial, o judeu é mais dificilmente detectado e até mesmo mais aceite pelo povo que está a parasitar.


Daí os judeus mais espertos não serem contra o cristianismo, mas sim doutrinarem-nos para os goyims. Porque a divindade semito-asiática(e não Ariana e Europeia) de nome Jesus Cristo, é anti-heroica e submissa. O arquétipo de um gajo que optou por desistir, e que optou pela não-violência sobre quem o massacra, é a psique ideal para contaminar os Arianos.
Muito mais perigoso para os judeus o paganismo Ariano, já que nestes os Deuses têm machados, espadas, facas, lanças nas mãos; sendo claramente arquétipos guerreiros.


Já para não falar que numa religião nacional, automaticamente a questão biológica está em cima da mesa, e quanto mais homogéneo for um povo do ponto de vista biológico mais facilmente o judeu é excluído.
Mesmo já a contar com o "hijacking" genético do nossos genes que os judeus andam a fazer nas últimas décadas de modo a terem vantagem evolutiva(maior média de QI e maior média de níveis de testosterona) e sobretudo melhor passarem despercebidos entre nós; a verdade é que mesmo que um judeu tenha 99%, até mesmo 100% sangue Ariano, a verdade é que a psique dele é totalmente diferente da nossa, o que faz dele ETERNAMENTE um corpo e alma ESTRANHA e FORASTEIRA em relação ao povo nativo da nação onde ele habita/parasita.

Thor disse...

sim, e também o cristianismo dá jeito aos judeus, na medida em que permite estabelecer uma confusão em que ser judeu é só uma questão de "religião" e tal. por isso é que existem judeus a passar por gentios - graças ao cristianismo, que é usado como "disfarce" por alguns judeus (ei eu não sou judeu! sou católico, ou protestante ou ortodoxo!). e não são só os judeus mais importantes, mas também alguns da "base".
e o cristianismo também dá jeito aos judeus por causa disto:
https://crushzion.k0nsl.org/dr-pierce-explains-why-reactionaries-always-lose-territory-and-are-defeated-by-jews/
http://4.bp.blogspot.com/-O7OiwB48uiw/TdKdsIAnDgI/AAAAAAAALi4/QG5H35J8k0w/s1600/Christians-support-Israel.jpg

a cena da usura...na prática, o próprio cristianismo usou e abusou da usura ao longo dos tempos. portanto, a cena dos vendilhões é mais simbólico que outra coisa.

Thor disse...

"a verdade é que mesmo que um judeu tenha 99%, até mesmo 100% sangue Ariano"


aqui já não concordo. não existe isso de "judeus com 100% ou 99% de sangue Ariano".
judeu é uma raça, não uma religião.
o que há ou pode haver, é Arianos convertidos ao judaísmo...poderão ser diferentes de nós espiritualmente e mentalmente, poderão ser traidores, degenerados, e tudo o mais...mas judeus não são, nem nunca serão.

N disse...

Os judeus originais são uma raça, mas cada vez menos existem esses judeus "puros"; ou seja, de raiz semita.

Depois tens que contar com os judeus asquenazes; esses sim que começaram a fazer o "hijacking" genético, e têm bastante sangue Ariano, ainda que mantenham traços biológicos judaicos como a forma/tamanho das orelhas e a forma/tamanho do nariz.


Os judeus puros, digamos assim, são aqueles que se topam às claras:
Paulo Macedo.
A Maya.
Rui Pereira.
Nuno Magalhães.
Ulrich.
Etc...


Depois tens aqueles já algo misturados(porque o judeu deliberadamente sempre se miscigenou para adquirir biologia superior).
Balsemão.
Soares.
Paulo Portas.
Etc...

Estes têm traços judaicos, mas não tão óbvios como os judeus puros.


Depois vêm os asquenazes, que são os mais perigosos, pois são mais difíceis de detectar fruto de décadas/séculos de "hijacking" genético.
Barbra Streisand por exemplo:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/9a/52/da/9a52da0e87b49e4a8a4669846cb66b1c.jpg

Estes já são maioritariamente Arianos do ponto de vista biológico, sendo que normalmente são denunciados pelo formato/tamanho do nariz.
Mas com o acesso cada vez mais fácil e barato de operações plásticas, é muito mais fácil a subversão/terrorismo judaico singrar nas nações que habitam/parasitam/subvertem/roubam/endividam/genocidiam/ocupam.


Lembra-te que o judeu é um parasita por natureza, o parasitismo na psique judaica é a regra e não a excepção. Como disse, o melhor parasita é aquele que passa mais despercebido.
Quanto mais o judeu se parecer connosco, mais ele tem sucesso nas acções terroristas que practica nas nações Arianas principalmente.
O judeu sabe disso, e daí não se poder falar numa só categoria racial quando se fala no judeu. Isso era dantes, quando a esmagadora maioria deles eram semitas; hoje não é o caso.

O parasita evoluiu entretanto.
Ao mesmo tempo que faz involuir a sociedade onde parasita, nomeadamente através da propaganda multicultural, pró-miscigenação, plano kalergi, etc...
O judeu não quer exterminar TODOS os Arianos, ele quer(e está a faze-lo) é exterminar os Arianos originais/puros, para depois ele próprio se tornar o novo Ariano.

Do ponto de vista biológico, só os East Asians(Japoneses,Chineses,Koreanos,etc..) significam um "upgrade racial", e isto falando só de média de QI, visto que eles são inferiores a nível de média de testosterona.
Porque se somarmos o pacote todo(média de QI+média de níveis de testosterona+beleza) os Arianos são o topo na escala evolutiva no que diz respeito a raças.

Porque razão os Arianos iriam se querer miscigenar com biológia inferior na Europa e EUA, se estão no topo?
Obviamente que tal comportamento é anti-natural, anti-racional, e é apenas fruto de subversão ideológica com que os judeus contaminam os crentes na merdocracia.

Já o judeu sendo racista, supremacista e parasita; obviamente interessa-lhe tornar-se a nova "raça mestre".
Daí que o judeu dos tempos de hoje, é minoritariamente semita. E por isso mesmo mais perigoso, pois o terrorista judeu passa assim mais despercebido aos olhos das autoridades leais à nação, à sociedade em geral, às mulheres Arianas com quem ele quer se reproduzir.


N disse...

http://omsilanoican.blogspot.pt/2016/02/pensamentoimagens-do-dia.html

Thor disse...

a Barbara Streisand é precisamente uma das mais FÁCEIS de detectar...e até o David Duke já falou nisso. aqui:
http://davidduke.com/rethinking-khazar-theory/
http://davidduke.com/wp-content/uploads/2014/04/barbara-streisand-Jew-from-Egypt.jpg

vê melhor a gaja. olha bem para ela aí representada, sem plásticas nem nada dessas tretas.

e depois a teoria dos "khazares" ou é falsa, ou então é muito exagerada e sobrevalorizada.
fala disso nesse link que deixei, mas aqui também:
https://www.youtube.com/watch?v=tUNmgaUAcms

e aqui:
https://crushzion.k0nsl.org/jews-its-not-the-jews-its-the-turkic-khazar-mongolians/
https://crushzion.k0nsl.org/its-the-jews-not-the-khazars-dr-duke-and-prof-macdonald/
https://crushzion.k0nsl.org/its-not-the-jews-its-the-khazars/

mas pronto, não interessa muito prolongar o assunto, eu também em momento algum disse que os judeus fossem puros, mas há algumas tentativas de desinformação para tentar "des-racializar" a questão judaica.