"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

segunda-feira, 24 de julho de 2017

quem começou a II guerra?






20 comentários:

WOLF disse...

"Hitler era racista! Tinha soldados SS Negros em África? Os Japoneses eram seus aliados? Isso não interessa, era racista porque sim!

Que tipo de racismo? Ah, e tal, um racismo Nórdico-Germânico que só aceitava homens altos, loiros e de olhos azuis. Hitler tinha cabelo castanho e olhos azuis? Goebbels era baixo, cabelo preto e olhos pretos, e não era propriamente um "exemplar" biológico Germânico, mas ainda assim era não só aceite pelos Nazis, como tinha posição altamente importante no partido? Isso não interessa, Hitler era um malvado racista porque sim!

Mas perá la! Então os Ingleses biologicamente não são um misto de Celtas-Bretões e de Saxões, sendo estes últimos uma antiga tribo Germânica? E a maior parte dos Americanos na altura não eram de ascendência Saxónica e Escandinava? Então o racista do Hitler queria guerra contra elementos da mesma família biológica(Germânico-Nórdica)? Isso não interessa, Hitler queria guerra por causa do racismo...

Mas para lá da questão do racismo, Hitler era um tirano. Mas tirano para quem? Para o seu próprio povo? Ou para com quem fazia mal contra o seu povo? Isso não interessa, Hitler era tirano...

Mas Estaline não era tirano? Então porque nos vamos aliar a ele? Isso não interessa... Estaline é tirano mas é dos "bons"; oprime e mata o seu próprio povo, e oprime, rouba, viola, tortura e mata milhões de Eslavos na Europa, só na Ucrânia foram entre 7 a 10 milhões...

Ah, e a questão da Polónia? Temos que libertar a Polónia, e por libertar entende-se entregar a mesma numa bandeja ao Estaline. Mas nós somos a favor da liberdade...

Mas então os aliados do Ocidente estão a lutar pelo quê exactamente, e por quem? Epah, estão a fazer de idiotas úteis dos judeus, mas não digas a ninguém! Quando a guerra acabar vamos fazer de todos escravos da usura, vamos destruir os seus países e nações do ponto de vista moral, económico, cultural, e por fim biológico."



Isto se não fosse tão sério, teria a sua piada.

Thor disse...

é isso...e ainda falta dizer que a Alemanha matou 26.6 milhões de russos (arredondado para 27 milhões), porque disseram isso no "credível" blogue "darússia", que por sua vez se baseou numa declaração qualquer de um general russo (credível e isento)...e não são marxistas ou democratas a usar fontes dessas, são "nacionalistas".
entretanto, o Estaline, esse, era bonzinho e patriota que apenas queria salvar a mãe-Rússia dos maus e nunca matou um russo que fosse.

e o Hitler odiava os negros e o Jesse Owens, ficou doido de raiva por ele ganhar...mesmo que o próprio Owens tenha desmentido essa merda e mesmo que o próprio Michael Jackson tenha expressado admiração pelo Hitler.

o Hitler queria matar todos os não-nórdicos e era pela supremacia nórdica, mas depois nas principais figuras da Alemanha NS, não há um nórdico para amostra. nem um. Hitler, Goebbels, Himmler, Hess, etc
http://zog-buster.blogspot.pt/2016/04/ns.html

e o Hitler que, além de aliado do Hirohito e dos soldados SS negros, ainda era aliado do mufti Husseini da Palestina e encontrou-se com ele, mas era um bicho de sete cabeças racista.

os Polacos tinham todo o direito de massacrar e matar quantos Alemães quisessem, o Hitler é que era imperialista e não respeitava isso. os que em 1918 roubaram as terras da Alemanha para as dar à Polonia, já esses são...enfim. e viu-se depois eles a atacar a URSS quando ela entrou na Polónia (com todo o direito de o fazer). tão anti-imperialistas que eles eram...
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/09/acerca-de-imperialismos.html

a guerra foi pela raça, e pelo fanatismo chauvinista, imperialista, expansionista e supremacista Alemão. se diz nos livros e na tv, é verdade. não foi nada por causa do sistema económico de que a Alemanha se libertou.
e a manchete de 1933 "judea declares war on germany" nunca existiu, é uma invenção ou uma montagem de revisionistas, nazionaliztaz e anti-semitas primários.

Maria disse...

Thor, estou a ler "Adolf Hitler's Espape is More than..." com bastante interesse tendo em conta os testemunhos, certamente credíveis, de colaboradores e outros que com ele se relacionaram de perto, verdadeiramente extraordinários.

Tenho igualmente lido outros textos cujos tópicos o Thor publica na lista à direita, quase todos imperdíveis.

Mas o que estou para lhe perguntar há várias semanas é isto: por que motivo não acredita no que David Icke anda a publicar e a denunciar sobre as tramas secretamente congeminadas pelo mundialismo sionista e que na minha modesta opinião são verdades indesmentíveis, porque todos os crimes e outros incidentes gravíssimos acontecidos por todo mundo (revoluções, guerras, atentados terroristas, etc., e até o famigerado aquecimento global), principalmente nos países pretensamente democráticos e até nos que o não são, a mando do governo mundial, têm-se vindo a verificar tal e qual, factos que Icke, tanto em palestras ao vivo, como em textos escritos que vêm pelo menos desde há três décadas, têm-se vindo a verificar um a um. E no entanto e apesar disso o Thor diz que ele é mais um em quem não se deve acreditar (tal como Alex Jones - e aqui concordo consigo - este sim parece-me um bocado falso, além de ser demasiado show-off para o meu género e de ter uma voz absolutamente insuportável de se ouvir) nem dar crédito por estar a soldo do sionismo mundial?!?! Mas como?, se ele começou estas suas denúncias gravíssimas, que se traduziram em factos reais, muito antes do mundo se ter inteirado dos crimes que, a um ritmo cada vez mais alarmante, se têm vindo a verificar sobretudo nas últimas décadas e nos quais, já é do conhecimento geral e já nem os próprios se dignam negar, o governo mundial está neles implicado até à raíz dos cabelos?!?

Em que factos se baseia o Thor para não acreditar nos acontecimentos e culpas gravíssimas que Icke atribui aos governos sobretudo dos Estados Unidos e do Reino Unido, sem deixar de fora os governos europeus, que ele diz estarem por detrás daqueles porque mais não fazem do que executar as ordens do governo mundial? Bem como as suas terríveis previsões que a curto ou médio prazo, que, salvo melhor opinião e em face das tragédias que têm vindo a acontecer por todo o mundo nas últimas décadas e que têm coincidido ponto por ponto com as previsões de Icke e, somando a estas, as que ele continua a prever e que a mando dos mesmos ir-se-ão realizar? Pessoalmente tendo a acreditar no que ele afirma, mais que não seja tendo em conta as catástrofes que se sucedem diàriamente perante os nossos olhos, sabendo nós perfeitamente quem as manda despoletar. E senão, basta estarmos atentos às tragédias mundiais que se irão desenrolar nos próximos tempos e ver-se-á se a razão está ou não do seu lado.
Maria

Thor disse...

boa pergunta Maria. não me importo nada de responder.
é simples. os crimes que o David Icke denuncia são praticamente todos verdade...o problema dele não é esse. eu até já meti um video dele sobre a fraude do dinheiro, de uma palestra bem antiga de 1996...não neste blog, mas no outro.
o problema dele é a desinformação que ele faz, ao dizer que não são os judeus, mas sim uma pequeníssima minoria de sionistas. até inventou um termo ridículo para descrever a máfia: "Rothschild zionism". e defende o judaísmo como algo "bom", quando todos, ou, ao menos os honestos, sabem bem o que vale o tal judaísmo, seja em qual livro for. ainda por cima, quase todos os judeus são sionistas, mas ele põe slides de meia-dúzia de judeus que são anti-israel, para dizer que judeus e judaísmo é uma maravilha, que o problema é só a "elite sionista" malvada. e ainda apoia a "teoria khazar" que diz que os judeus descendem dos khazares e não dos semitas.

pior que isso, e como se não fosse o suficiente, ainda mistura isso com teorias de "iluminatis", "reptilianos" e "anunakis"...sinceramente, não sei como ele é levado a sério por tanta gente ingénua.
vá, certo que os judeus têm os seus colaboradores e os seus ajudantes maçons ou cristãos e etc, mas essa de "reptilianos", "anunakis" e "iluminatis" é de rir! e dizer que o judaísmo é bom e o problema é só a elite, apenas pode ser má-fé.

eu tenho raiva e ódio a esses gajos, porque sei o que é ser enganado por eles, com muita verdade à mistura.
dou o exemplo do Loose Change que passou na rtp em 2006, embora já tinha visto ou o 1 ou o 2, pelo menos em parte, numa aplicação extinta chamada Google Video na viragem de ano 2005/06. sempre achei que havia algo errado com aquele documentário, basicamente eles diziam que o Bush e o Cheney derrubaram as torres sozinhos. aquilo era tão surreal que até a versão oficial fazia e faz mais sentido e, de facto, na dúvida continuei na versão oficial mais algum tempo, quando em 2003/04/05 nem sequer acreditava na versão oficial (e se aquilo fosse mesmo verdade, não fazia qualquer sentido passar na tv!)
nessa série fizeram 4 edições onde não mencionaram as palavras judeus, israel ou mossad, uma só vez que fosse, nem apontaram nenhum culpado ou autor especifico, ou o modo como foi feito, o que fez "aquilo" não fazer qualquer espécie de sentido, e no entanto só dizia verdades, mas ao mesmo tempo não fazia nenhum sentido. zero!
fui ver aquilo em 2006 na esperança de saber quem fez aquilo, e afinal...
e depois vi e revi, na tv e no youtube, pensei e repensei, mas nada!
e eles ainda tiveram a distinta lata e hipocrisia de mencionar o Chris Bollyn nos créditos, quando ele diz desde sempre que foi israel e a mossad.
é um pouco como ser sionista mas defender o William Pierce ou o Gustavo Barroso e outros.
mas eu não percebia nada disso na época. nem sabia o que era a mossad, excepto de ouvir falar uma ou outra vez.

pode-se mentir muito, dizendo apenas ou quase só a verdade, Maria. esse é o problema do David Icke e outros.

é um pouco como um homem que põe uma luva para matar alguém e depois o investigador do crime dizer que quem disparou o tiro foi a luva. ou culpar as "corporações" pelos crimes económico-financeiros e não os homens que as dirigem. são subterfúgios, eufemismos, escapatórias. é a "elite", foi o presidente ou o governo, etc são os "bilderberg", ou pior ainda. não foi ninguém, não sabemos, são fantasmas, anunakis ou iluminatis.

Thor disse...

mais sobre o lunático David Icke que até já disse que acreditava ser "o filho de deus"(lool):
https://www.youtube.com/watch?v=YTAS3XQbhXk

diz que a "elite global" são reptilianos disfarçados de humanos e que a Rainha de Inglaterra se transforma ao entrar dentro do palácio (loool palhação) e há gente a acreditar nele! se lhes falares em judeus, se calhar, chamam-te louco e anti-semita, mas acreditar em "elite reptiliana" já é "normal".
critica (e bem) o Alex Jones por alimentar medo nas pessoas e fazer sensacionalismo barato, mas ele próprio apoiava a ridícula ideia do "Doomsday" de 2012, e também faz sensacionalismo. teorias de extraterrestres, anunakis, iluminatis, reptilianos, etc

Maria disse...

Mas Thor, quando nesse tal documentário de 2006 que refere, se afirma que o derrube das Torres Gémeas teve como autores Bush e Cheaney, mas é ou não verdade que estas duas criaturas maquiavélicas (e mais algumas da entourage de Bush com estes coniventes) estão mais do ligadas aos judeus sionistas/governo mundial, tanto aqueles que governam os Estados Unidos na sombra, como os que governam Israel às claras, sendo a mossad e Israel pràticamente sinónimos? Claro que sim, depois de tudo o que se sabe sobre os actos criminosos perpetrados por uma com a benção da outra.

Só me irrita Icke mencionar em muitos dos seus vídeos (agora menos) os reptilianos e os hanunakis e os iluminatis e etc. A minha compreensão não consegue abranger tais conceitos e menos ainda semelhantes comparações. Mas o defeito será certamente meu, já que muita da gente que escreve no forum dele dá-lhe razão.

Quanto aos khazares. Mas então não está mais do que provado que essa tribo que vivia no reino khazer no Leste da Europa, a instâncias do seu imperador teve que escolher entre converter-se ao islamismo ou ao judaismo e ela optou por esta última religião?
O próprio David Duke cujas opiniões abalizadas leio e respeito, foi o próprio a ter abordado este tema há uns tempos e exactamente nos termos em que Icke o descreve. E eu sei que o Thor aceita e respeita as opiniões de David Duke. Em que ficamos?
Maria

Thor disse...

o Bush, o Cheney e restante administração dessa época são todos cúmplices e, por mim, eram executados. mas não foram eles os verdadeiros autores do crime. não foram eles a meter os explosivos nas 3 (três!) torres, por exemplo.
eles falam no Bush, mas não falam dos judeus/sionistas nesse documentário uma só vez. nem nesse, nem no Zeitgeist, no Zero e muito menos no Fahrenheit do alucinado Michael Moore.
no máximo, falam do Larry Silverstein durante 20 segundos, e sem dizerem que é judeu. foi apenas mais um envolvido...
acho que foi o único judeu de que falaram no Loose Change e sem dizerem que era judeu...quando houve centenas, aliás, milhares deles envolvidos.
apenas em inícios de 2008 (se não for antes) comecei a perceber que alguns diziam que os judeus tinham feito o atentado. mas eram menos que os dedos das minhas mãos...
eu pensava que a mossad era uma agência arabe ou egípcia, e não estou no gozo!
alias, a palavra mossad é àrabe, nada tem de hebraico.

o David Duke desmentiu a teoria khazar, Maria.
https://www.youtube.com/watch?v=tUNmgaUAcms
mesmo que não desmentisse...é humano e pode falhar, tal como eu falho e já cheguei a dar algum crédito a isso (estupidamente).

a ter existido essa conversão, foi mais pequena do que se diz e nunca a ponto de alterar grandemente o povo judeu.



"Mas o defeito será certamente meu, já que muita da gente que escreve no forum dele dá-lhe razão."

existe um judeu lunático chamado Simon Shack que fez um documentário em 2007 chamado "September Clues" onde diz que ninguém morreu no 9/11 e criou um fórum onde além disso, ainda diz que não existem bombas nucleares e que Hiroshima/Nagasaki foi tudo falso!!!
cria contas diferentes e responde-se a ele mesmo, para parecer que concordam com ele e que o fórum tem muito movimento. há malucos para tudo, Maria!!!

isso chama-se dispersão e contaminação, é manipular, inventar tretas e pôr as pessoas a discutir isso, em vez de discutirem o essencial, e que é: a participação judaica no atentado que matou quase 3000 pessoas. ora, se não morreu ninguém, não houve crime judeu! simples e conveniente.

Anónimo disse...

Thor, há muita coisa nublosa no meio destes dramas todos. E será que morreram efectivamente quase 3000 pessoas na implosão das Torres Gémeas? Porque de implosões se tratou, já está mais do que provado e duplamente afirmado por peritos independentes, que as Torres só podem ter ido abaixo do modo como foram, através de implosões. O Silverstein era o dono de uma delas (ou das duas) e segundo as notícias, ele fez um seguro de centenas de milhões uns dias antes delas terem ido abaixo. Ele próprio afirmou numa entrevista que lhe tinha parecido uma implosão e não pelo impacto de um avião, o modo como uma das Torres tinha sido derrubada. Ele a dizer a verdade dos factos e pelos vistos conscientemente. Que grande lata!

O suposto avião que chocou contra o Pentágono, não pode ter sido um avião coisíssima nenhuma porque o diâmetro do círculo desenhado na parede do edifício não podia ter nele espaço suficiente para por ele ter penetrado um Boing 707 cuja envergadura das asas, duma ponta à outra, é da ordem das centenas de metros, não se coadunando de modo algum com a dimensão do orifício na parede, mais se ajustando com a penetração de um míssil. Os poucos traseuntes que por lá passavam na altura não se aperceberam de aviões a sobrevoar aquele espaço, mas sim de um forte ruído que mal conseguiram distinguir donde vinha, só se apercebendo de algo que embateu fortemente no edifício sem terem tido tempo de verem exactamente o quê. Das peças da fuselagem ou de outras do interior, pertencentes a um avião com uma tal envergadura e que tinham que ficar forçosamente espalhadas em redor aos milhares..., nem uma apareceu. Muito estranho, para dizer o mínimo.

Por outro lado a mulher dum senador telefonou-lhe do interior deste avião e teve com ele uma breve conversa mas do mais calmo que pode haver e o aviso muito calmo de uma assistente de bordo aos passageiros sobre o que se estava a passar... idem, aspas, isto quando toda a gente dentro do avião já tinha sido supostamente ameaçada por pretensos terroristas que supostamente já estavam no cockpit e aos comandos do avião..., mas sem saberem pilotar decentemente sequer um pequeno Cessna sem cometer erros graves na condução dos ditos (segundo afirmou o piloto que deu instrução a alguns deles uns meses antes desta suposta tragédia...) Pois é, há naqueles "acidentes aéreos" muita coisa ainda por explicar ou porventura escondida do povo americano e que urge ser trazida à luz do dia.

Uma actriz judia (não me ocorre o nome dela neste momento, qualquer coisa Barenson(?), ela entrou com Ryan O'Neal no filme Barry Lyndon), irmã de uma rapariga casada com o actor Anthony Perkins, homossexual e doente de sida, falecido há bastantes anos, que ía no avião com pelo menos uma filha, parece que foi "recuada" ou escondida, como se queira, para aquele espaço militar rigorosamente interdito ao público (onde se diz serem feitos testes nucleares) algures no Estado do Nevada, que a terá contactado pelo menos uma vez secretamente. Se ela está lá, então no mesmo sítio estarão os restantes passageiros de todos os supostos aviões supostamente desviados por supostos terroristas. Curiosamente depois destes dezanove terem sido dados como mortos nos aviões que se despenharam (notícias estas transmitidas pelos serviços secretos norte-americanos e reproduzidas nos jornais), alguns deles vieram dizer que estavam vivos e de boa saúde, uns a viver no Egipto e outros a viver em países da mesma região...

Que diz o Thor sobre estas brutas mentiras propaladas pela CIA e pelos governantes norte-americanos da altura? Tudo isto sem terem a mínima vergonha de terem mentido ao povo americano e nenhum receio de irem ser, como ainda continuam a sê-lo, fortemente ridicularizados por aquele povo e pelo resto do mundo? Os próprios norte-americanos na sua imensa maioria já não acreditam em nada do que os seus governantes dizem, prometem ou fazem.

Thor disse...

Maria, se és tu, convém assinares porque não ando a aceitar anónimos e detesto ter que abrir excepções.

se morreram 3000, 2000 ou 1000 pessoas é irrelevante. mas afirmar que ninguém morreu é ridículo, e não faz o menor sentido. é tão irreal que mesmo a versão oficial faz mais sentido.
se tivesse sido tudo encenado, então para quê a "Operação Odigo" de avisar os judeus para saírem do wtc e deixar ficar apenas os gentios? por exemplo!
e as pessoas que são apanhadas pelas poeiras tóxicas? também foi "manipulação de imagens"??
e as pessoas que saltam do prédio? são todas "dummies"?? não havia ninguém no wtc e foi tudo evacuado? ninguém ficou nos escombros?? Maria, isso não passa de desinformação e alienação para "safar" os judeus.
a única coisa onde o Simon Shack acerta é quando diz que não houve aviões. mas quando faz disso uma grande questão e acrescenta depois uma série de mentiras e coisas impossíveis, acaba por descredibilizar e ridicularizar tudo.



"Ele próprio afirmou numa entrevista que lhe tinha parecido uma implosão"

o que o Silverstein disse não foi isso. o que ele disse foi que DEU A ORDEM para implodir o 3º prédio, o wtc que caiu sozinho sem levar com nada. (Pull It)
até admito que ele tenha querido dizer outra coisa e que possa ter sido mal interpretado, mas que se meteu a jeito, meteu e nem precisamos dessa frase dele, para comprovar que esteve envolvido e que sabia de antemão o que ia acontecer.



"O suposto avião que chocou contra o Pentágono, não pode ter sido um avião coisíssima nenhuma "

aqui sim, tem razão.



"Que diz o Thor sobre estas brutas mentiras propaladas pela CIA e pelos governantes norte-americanos da altura?"

quase todos acreditaram, incluindo eu.

Thor disse...

lê aqui, para perceberes porque a teoria de que foi tudo "fake" não faz nenhum sentido:
https://expeltheparasite.com/2013/10/31/thoughts-on-the-9-11-no-plane-theory-everythings-completely-fake-idea/

ignora apenas a parte onde ele diz que houve "aviões". agora, lá por não ter havido "aviões", não se pode saltar daí para "foi tudo fake" e "não morreu ninguém"...
as torres estavam cheias de explosivos lá dentro.

o que eles querem dizer com isso, é tipo "linguagem codificada", não morreu "ninguém" quer dizer que não morreram judeus, pois só os judeus são gente.

a Operação Odigo, por si mesma, prova a absurdidade e impossibilidade da teoria de que foi tudo fake. e ainda a compensação dada às familias das vitimas que nunca aconteceria se tudo fosse teatro.
eu analisei há uns 3 anos, um dos videos do Simon Shack onde ele diz que as vitimas são todas falsas, apontando incoerências fisicas entre as pessoas reais e as imagens dadas das vítimas, e a impressão que tive foi que ele é maluco e doente mental...e mais doente mental é quem o levar a sério. não havia qualquer diferença e as pessoas são idênticas.

Maria disse...

Thor, desculpe eu não ter assinado o comentário por completa distracção. É por uma questão de habituação. Tenho sempre a ideia de que o meu nome vai encimar o comentário, como acontece n'alguns blogos em que comento.

Sobre as Torres tudo bem, mas então por que motivo não se viu um único corpo a sair dos escombros das Torres, se nelas supostamente terão morrido três milhares de pessoas?!? Que me lembre só vi um caixão a sair dos escombros muitos dias depois, houve quem dissesse que foi uma encenação. Não é este facto muito estranho? Nem os corpos dos que supostamente saltaram dos últimos andares para o vácuo estatelando-se no solo, foram vistos a serem transportados pelos bombeiros... Os familiares dos supostos desaparecidos naquela tragédia quiseram saber onde estavam os restos mortais dos seus entes queridos e até hoje os responsáveis não os apresentaram nem lhes comunicaram o que quer que seja sobre os mesmos. Que é tudo muito estranho, lá isso é. Se calhar só se saberá toda a verdade deste verdadeiro horror (se é que de horror se tratou) daqui a cinquanta anos. Como aconteceu no caso do complot que levou ao assassinato de John Kennedy.

Não sei nada quem é esse Simon Schack, mas vou pesquisar. Porém há algo que me surpreende sobre as suas denúncias. Segundo se depreende pelo nome e apelido, ele é judeu, não é verdade? E sendo-o, como é que ele desmente tudo o que aconteceu naquela suposta tragédia, se são da sua mesma raça os principais cérebros que congeminaram a trama que levou ao derrube das Torres, ao ataque ao Pentágono e ao suposto avião que ía cometer outro ataque e que se despenhou nos campos da Pensilvania?... Neste caso - mais um... - no buraco aberto no terreno onde o avião supostamente terá caído (e em cujo terreno não se detectou o desenho que forçosamente teria sido deixado no solo por um tão grande aparelho ao nele embater com uma violência extrema, pelo contrário o buraco era de dimensão média e arredondado!) jamais tenha sido encontrada uma única peça do dito avião... Todas estas coincidências, que não deixam de ser estranhíssimas, querem dizer exactamente o quê?!? Enfim.
Maria

Thor disse...

"Sobre as Torres tudo bem, mas então por que motivo não se viu um único corpo a sair dos escombros das Torres, se nelas supostamente terão morrido três milhares de pessoas?!?"


eu por acaso vi...aliás, vi até vivos a serem resgatados nos escombros e ruínas do wtc, por exemplo em 2015 num documentário a assinalar os 14 anos da data. agora não me lembro o nome do doc, mas que vi, vi. e se resgataram um ou outro vivo preso nos escombros, é claro que morreu muita gente. o número exacto não interessa. se foram 3000 ou 2500, ou 1500...pouco importa.



"ele é judeu, não é verdade? E sendo-o, como é que ele desmente tudo o que aconteceu naquela suposta tragédia, se são da sua mesma raça os principais cérebros que congeminaram a trama que levou ao derrube das Torres,"


porque eles têm que controlar os dois lados da discussão. têm que controlar a maioria que defende a versão oficial, mas também têm que controlar o resto que defende as versões alternativas, para fazer o que se chama "controlo de danos" ou atenuar os estragos.
porque achas que o Loose Change não fala em judeus uma vez que seja? os produtores daquilo são judeus! porque achas que o We Are Change não fala em judeus e só ataca o governo? porque aquilo tem judeus, como o Luke Rudkowski. porque achas que o Alex Jones não fala em judeus e diz que o papel de israel foi irrelevante e secundário, ao lado de eua, sauditas, uk?? porque ele está controlado por judeus. chama-se a isso oposição controlada.

e esse judeu Simon Shack tenta fazer isso, tenta aligeirar e atenuar esse crime judeu. "ah estes malandros dos judeus, encenaram 3000 mortes que nunca aconteceram e enganaram o Mundo. que marotos, mereciam um tau-tau no rabinho". é mais ou menos isto. quando eles mereciam era a execução sumária e que israel levasse uma bomba nuclear em cima.

há sempre judeus para tudo e mais alguma coisa. em qualquer posição, vai sempre haver um ou outro judeu a defendê-la. ou pró-armas, ou racistas anti-negros, ou anti-feministas, ou anti-sionistas, o que seja...
há judeus a defender que a cnn é "fake news". e é mesmo. mas calam-se bem caladinhos sobre a fox news e outras.
há judeus anti-israel, mas que cospem em mulheres, violam crianças e mal-tratam animais, ou consideram os goy abaixo de cão. enfim.

sobre o pentágono, o que bateu nele foi um missil "granit" russo, roubado por israel e eua. não foi nenhum avião, como bem dizes. mas isso é outra historia, esse Shack defende que não morreu ninguém e que não havia ninguém nas torres, que aquilo foi tudo uma produção de Hollywood a 100%, algo completamente ridículo e impossível.

Thor disse...

esse Shack fala alguma vez na Operação com o nome de Odigo, que é uma empresa israelita de mensagens instantâneas que ficava a 2 quarteirões do wtc? não!

esse Shack fala alguma vez nos célebres "dançarinos" israelitas disfarçados de àrabes que foram apanhados a celebrar em cima de uma carrinha enquanto a 1ª torre ardia? não!

esse Shack fala alguma vez no resto das carrinhas israelitas brancas apanhadas na zona, pelo menos uma delas com uma pintura de um avião preto a voar em Nova Iorque, confirmado por imagens reais e relatos de rádio? claro que não!

ele limita-se a dizer: tudo foi uma farsa, tudo foi simulado pelos judeus, os média forjaram tudo, foi uma produção de Hollywood e não morreu ninguém!

e já agora, se foi tudo simulado, todas as imagens, então como explicar a queda do wtc7?
qual a necessidade de "simular" a queda de uma 3ª torre?
e as próprias torres gémeas...se tudo foi uma simulação de imagens, então porque as torres desapareceram? não deveriam estar lá ainda? se todas as imagens foram simuladas...

esse Shack é uma farsa judaica, mas quem vai na conversa dele é pior ainda.

Maria disse...

"é mais ou menos isto. quando eles mereciam era a execução sumária e que israel levasse uma bomba nuclear em cima."(Thor)

Isso, isso.

"e já agora, se foi tudo simulado, todas as imagens, então como explicar a queda do wtc7?
qual a necessidade de "simular" a queda de uma 3ª torre?
e as próprias torres gémeas...se tudo foi uma simulação de imagens, então porque as torres desapareceram? não deveriam estar lá ainda? se todas as imagens foram simuladas...e já agora, se foi tudo simulado, todas as imagens, então como explicar a queda do wtc7?
qual a necessidade de "simular" a queda de uma 3ª torre?" (Thor)

Thor, que as Torres caíram e o WTC7 também implodiu, isso é seguro. Que "eles" queriam que elas e ele caíssem também já está mais do que provado. Porquê e para quê? O Thor não leu nada sobre a guerra travada entre as imobiliárias para a aprovação de um dos projectos apresentados para a reconstrução do espaço deixado por aquelas?

"e as próprias torres gémeas...se tudo foi uma simulação de imagens, então porque as torres desapareceram? não deveriam estar lá ainda? se todas as imagens foram simuladas."(Thor)

Claro que não houve simulação alguma nas imagens, as Torres foram efectivamente deitadas abaixo. Era isso mesmo que estava na agenda. Só resta saber quem ganhou o projecto final para a reconstrução dos edifícios erguidos naqueles espaços e pode-se imaginar o retorno em muitos milhões do aluguer ou venda dos respectivos andares dado o preço astronómico do m2 do terreno naquela zona central de Nova Iorque.

Não tenho pachorra para ir verificar quem ganhou o projecto mas era bem interessante saber-se quem foi. Cá por coisas. Há muito judeu dono de importantes imobiliárias naquele país, só para citar um, o pai do Jared Kushner (marido da Ivanka Trump) é um deles... O Trump é outro que herdou uma importante imobiliária e que andou por aqueles espaços vazios a ver o que poderia ser feito por ali, antes de ter sido escolhido o projecto ganhador, nos quais ele não terá participado.

Thor disse...

pode haver uma ou outra imagem falsa das torres. isso é facil de manipular e realmente há algumas imagens que não batem...qualquer um pode simular imagens anos depois.
mas dizer que todas as imagens foram simuladas, enfim, é ridículo.
90% delas são verdadeiras e depois algumas podem ser falsas...

os "aviões" é que, na minha opinião, são falsos. mas o resto, 90% não é falso.
eles executaram o crime, o crime foi real. mataram mesmo milhares. só não usaram aviões!
foi com bombas dentro (e abaixo) das torres. fogo, até temos provas (imagens) dos "estudantes de arte" israelitas a colocar as bombas ali, com meses de antecedência.
se foi tudo "simulado", para quê colocarem ali bombas? e depois vem um judeu dizer "foi tudo falso" e "não morreu ninguém"?? que "conveniente". acho que até estamos a falar de um doente mental sem importância nenhuma.



"Porquê e para quê? O Thor não leu nada sobre a guerra travada entre as imobiliárias para a aprovação de um dos projectos apresentados para a reconstrução do espaço deixado por aquelas?"

sim, o Silverstein saiu a ganhar com esse negócio. li qualquer coisa sobre isso.
mas acho que eles também tinham provas do crime escondidas no wtc7 e, por isso, derrubaram-no também para as destruirem...

Maria disse...

As toneladas de barras d'ouro que estavam guardadas nos subterrâneos da Torre 2(?) foram retiradas dias antes do derrube das Torres, segundo revelaram alguns sseguranças que viram camionetas a saírem desses substerrâneos nesses tais dias anteriores à tragédia. Isto quer dizer o quê?

E concordo consigo, claro que inúmeras bombas foram colocadas em todos os pisos daqueles três edifícios. Parece que o WC7 estava vazio. Certamente que morreram pessoas nos outros dois, mas onde estão/estavam os cadáveres? Ninguém os viu saírem dos escombros. Por muito queimados que estivessem não se podiam ter evaporado como o éter...

E sim, faltou-me citar o Silverstein que sendo dono de um dos edifícios que ruíram (e tendo ele tendo feito um seguro astronómico dias antes daquele de que era dono, soube de antemão que esse mesmo ía abaixo...) veio a ficar dono de outro entretanto construído... Que olho para o seguro e que olho para o bruto negócio que se seguiu!
Maria

Thor disse...

isso do ouro na parte subterrânea das torres, é do Loose Change e pode muito bem ser desinformação ou mesmo mentira pura e simples. mas não sei.

o Silverstein era dono do complexo todo, das 2 torres e do wtc7 também, não apenas de uma torre. fez um seguro contra terrorismo em Julho de 2001, 6 semanas antes do sucedido e pediu indemnização a dobrar porque foram 2 "aviões", 2 actos de terrorismo.

tendo em conta que podem muito bem ter usado mini-bombas nucleares no subsolo, como defendido por alguns autores como Khalezov, não surpreende que não haja cadáveres e tudo se tenha convertido em pó. não foi só os corpos que desapareceram. foi tudo, mesas, cadeiras, computadores, objectos, tudo! bem...tudo menos o passaporte dos "terroristas" àrabes hahaha

Thor disse...

o cadáver de um "jumper" da torre:
http://goodspeedupdate.com/wtc/images/091201_aftermath_02.jpg

mas segundo o "credível" judeu Simon Shack era um "dummie" manipulado em computador hahaha
existe mesmo gente que não sabe a diferença entre o Mundo real e a alucinação.

mesmo o site "nodisinfo" que é todo coisinho com essas coisas de falsos atentados, não diz que não morreu ninguém no 9/11, pelo contrário. mas o judeu é mais credível lol

outro cadáver, desta vez assado:
http://www.vaed.uscourts.gov/notablecases/moussaoui/exhibits/prosecution/P200045.jpg

basta pesquisar no google com "9/11 corpses".

Maria disse...

não foi só os corpos que desapareceram. foi tudo, mesas, cadeiras, computadores, objectos, tudo! bem...tudo menos o passaporte dos "terroristas" àrabes hahaha (Thor)

Já viu essa do passaporte do terrorista ter aparecido todo direitinho, impecável... depois de tudo o resto, aço, ferro, etc., ter volatilizado?!? E eles ainda tiveram a lata de o mostrarem... ahahahaha! Esta é do melhor e merece de facto uma gargalhada mas de verdadeiro gozo.

Vou dar uma olhadela aos linques que deixou, que muito agradeço.
Maria

Thor disse...

David Icke também é um desinformador que difama o NS com mentiras, como a de que foi financiado pelos sionistas, a da "veracidade" do "holocau$to" e que Soros era um "colaborador nazi":
https://www.davidicke.com/article/393652/george-soros-interview-admitted-nazi-collaborator

claro que não era nada "colaborador nazi". claro que isso é mentira...como um chavalo judeu de 13 anos, podia ser um "colaborador nazi" e andar a confiscar a propriedade de outros judeus??
mas, pronto, o Alex Jones e o David Icke, entre outros, adoram repetir esse mantra. como dizia Goebbels, referindo-se à táctica do inimigo: "uma mentira repetida 1000 vezes torna-se verdade."

o que não falta (sobretudo nos eua) são falsos anti-sionistas "patriotas" que apesar de criticarem o sionismo, não apresentam alternativa nem solução nenhuma, pois difamam a única alternativa (NS e Fascismo) ora com o "holocau$to", ora com suposta ligação ao sionismo e a única coisa que apresentam como "alternativa" são liberalismos democráticos e conservadorismos cristãos, como se estes e só estes (LOL) não estivessem controlados pelo sionismo (gargalhada!) mas o Nacional-Socialismo já estivesse. e acreditam realmente nisso!
no Brasil também há muitos assim (por arrasto), embora não tanto como nos eua.
é loucura mesmo. doença mental pura e simples. já têm o cérebro todo devastado e a noção da realidade completamente invertida e trocada. azul para eles é vermelho e vice-versa.

quanto ao David Icke, a juntar às histórias de iluminatis/reptilianos e às histórias de judeus bons vs "elite" má, ainda temos anti-nazismo primário, calúnia e difamação contra o mesmo, quando quase só esse é alternativa a sério. ah e ainda há quem lhe chame "anti-semita" e mesmo "nazi". não é piada...