"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

domingo, 19 de abril de 2015

Coon e o noroeste ibérico

“Rufosity is rare in Spain except in the Asturias and Galicia. During the Ruffian war it was a common saying among the Ruffian soldiers, "The ordinary Spaniards are as nothing, but watch out for the small red-headed men, the Gallegos. They are shaitans, and do not know fear.”

“(…)we find that the upper facial index, the mean of which is 54.3 for the entire nation, shows regional differences, being consistently higher in the north and lower in the south. Two peaks at 49 and 54 are clearly differentiated, and the former is the larger. In most of Portugal the leptene tendency is associated with relatively great dolichocephaly, but in the coastal regions of the north, in Entre Douro and Minho, a leptene face is associated with brachycephaly and tall stature, indicating that in this region there is evidence of a submerged Dinaric element which may, presumably, be attributed to the early metal age invasions.”

“the Keltic invasions affected only the north, as did the inroads of the Germans."

“Blue eyes run to 13 per cent in the north, and as low as 1 and 2 per cent in the south”

“The most dolichocephalic local groups live in the northwestern part of the country.”

2 comentários:

newworldsoldier81 disse...

perdao por meu portugues,sou espanhol,eu quero dizer que nao e verdade que no norte da peninsula iberica tem mais gente loira que no centro o sul o leste,eu conheço mais de 100 pessoas famosas galegas e vascas e neuma e loira o tem olhos claros.en espanha galegos e vascos tenem fama de ser de cabelo preto e nariz grande,nao e fama nao mereçida.Eu moro no leste de espanha,conheço barcelona,valencia madrid,ademais tenho familia no andalucia e posso afirmar de que uma de cada cinco pessoas que voce pode ver na rua,son loiros,olhos claros o cabelo vermelho,eu mesmo sou loiro e no meu bairro eu posso conhecer a umas 200 pessoas,delas,seguro,mais de 50 som loiras de diferente tonalidade.Penso que el celtanismo e el hipotetico loirismo das gentes do norte e eso,uma hipotesis,por que si voce conhece a realidade dos gallegos,vascos,astures,cantabros se pode ver que nao e verdade isso,saludos!

Thor disse...

ok, na boa amigo. mas sabes que o teu universo de pessoas será sempre bastante limitado e também as localidades não são todas iguais umas às outras.

aqui não foi dito que os asturianos, galegos e vascos são 'loiros', mas sim que o fenómeno, não sendo maioritário de forma alguma, ainda assim acontece com mais frequência que noutras paragens.

e, aliás, o texto nem fala em 'loiros', mas sim ruivos (rufosity).