"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sábado, 27 de junho de 2015

«um dia não haverá portugueses»


Numa conferência organizada pelo Jornal de Notícias, o eurodeputado social-democrata, Paulo Rangel comentou a situação portuguesa considerando que “vai haver um dia em que não vai haver portugueses”, afirmou, acrescentando que o papel dos Estados-nação tem de se transformar.

“Os governos, os parlamentos, já não têm capacidade de resposta para os problemas, que agora têm uma dimensão transterritorial”, referiu Rangel, citado pelo semanário Expresso.

Para o eurodeputado, “os votos valem hoje menos do que valiam no passado”.

Desta forma, “as fórmulas políticas podem morrer e há de chegar o dia em que não vai haver Portugal. Isto pode parecer dramático, mas é real”.

FONTE


















outros contributos do PSD para os valores e identidade do país:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2011/05/passos-coelho-o-africano.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2011/05/nobre-o-africano-ii-nao-quer-ser-so.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2012/01/governo-quer-travar-saida-de-imigrantes.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2012/02/por-que-no-te-callas.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/05/ppd-40-anos-mentir-roubar-e-miscigenar.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2015/05/ue-quer-quotas-para-imigrantes.html
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/as_varias_declaracoes_de_apelo_a_emigracao.html

1 comentário:

Pedro Lopes disse...

O Filho da puta diz isto

"Os governos, os parlamentos, já não têm capacidade de resposta para os problemas, que agora têm uma dimensão transterritorial”

como que se fosse(e passa para a mente das massas) uma coisa natural e inevitável. Algo que faz parte da evolução natural da humanidade, e claro nada que tenha sido planificado para que assim fosse.
Tal como os casamentos de paneleiros, é a evolução da humidade rumo a algo....

Toda a gente que me rodeia come tudo isto sem pestanejar.

Todo o parolo democrático come palha, é preciso é saber dar-lha.

Esse filho da puta do rangel é muito apreciado pela malta do "centro-direita". Um sucessor natural do pedro passos porco.