"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

70 anos de Hiroshima e Nagasaki











































































































12 comentários:

Bruno Dias disse...

Pena tambem nao falarem do que eles fizeram em Dresden e noutras cidades alemãs. Nem os alemães poderem chorar os seus mortos como fazem os japoneses publicamente.

Thor disse...

http://hyperborea-land.blogspot.pt/2015/02/70-anos-de-dresden.html

Bruno Dias disse...

Isso sim, foi o verdadeiro Holocausto. Um verdadeiro genocidio.

Pedro Lopes disse...



Nada de criticar a bomba dos bons. A Bomba democrática é legitima.
Morreram milhares de civis, velhos, mulheres e crianças que nada tinham a ver com a guerra?
E então qual é o mal? Se não tinham podia vir a ter! ora essa!

Thor disse...

calma pá. a bomba foi legítima porque os japas são os maus, anti-democratas e estavam dispostos a continuar a guerra indefinidamente, e portanto matar centenas de milhar e contaminar mais não-sei-quantos por efeito radiação foi necessário para salvar vidas.
matar para salvar vidas, percebem???

e os tripulantes do Enola Gay eram brancos, por isso tá-se bem.
matar está ok, desde que sejam judeus e democratas yankees.

e o Hitler também é mau porque é estúpido e não se rendeu logo aos judaico-yankees - isto é, os «bons».

se perguntares aos «nacionalistas»-kosher é isto que eles te vão dizer, o Hitler é burro e se lhes perguntares o que queriam que ele fizesse, respondem-te que ele se devia ter rendido aos «bons» para salvar vidas de Alemães.

para essa espécie de gente, serem os «bons» a renderem-se ou baixarem as armas está completamente fora de questão.

Pedro Lopes disse...


"que ele se devia ter rendido aos «bons» para salvar vidas de Alemães."

Sob essa sabedoria saloia, tudo pode acontecer.
Quando os mongois invadiram a Europa ou o império otomano, a lógica correcta seria a rendição total para "salvar vidas".

Se os Americanos disserem que nós temos de vender a madeira e os Açores temos de o fazer sem luta para salvar vidas.

Nunca lutar por nada para salvar o couro é o lema supremo de um democrata. Seja "nacionalista" ou algum labrego que seja simpatizante de ppds, ps, pcps etc...

Thor disse...

até parece que se o Hitler se tivesse rendido mais cedo, que as mesmas violações, torturas e mortes não iam acontecer na mesma. só loucos, estúpidos ou gente mal informada pode acreditar nisso.

então eles até mataram milhões de Alemães em campos de morte depois da guerra acabar e a Alemanha estar completamente rendida...e isto continuou vários anos depois do fim da guerra. só parou em 1953.

Anónimo disse...

"então eles até mataram milhões de Alemães em campos de morte depois da guerra acabar e a Alemanha estar completamente rendida...e isto continuou vários anos depois do fim da guerra. só parou em 1953."

nunca tinha ouvido essa!! onde foste buscar? ha provas disso?

Thor disse...

http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/09/eisenhower-o-genocida-plano-morgenthau.html

Pedro Lopes disse...


A tal escumalhinha de "direita".

Defendem o indefensável.

http://portadaloja.blogspot.pt/2015/08/samurais-e-kamikazes-etica-do-mal.html

Que pérola:

"Com as duas bombas terão morrido mais de 250 mil pessoas. Com a continuação da guerra teriam morrido certamente muitas mais.
Onde está o Mal, afinal?"

Thor disse...

Pedro Lopes, há gente que se os Americanos lhes matassem a família inteira, mesmo assim eram capazes de defendê-los e dizer que foi por uma boa causa, ou que a culpa foi dos comunas porque os obrigaram, ou que não foi bem assim...porque não...ou porque foi necessário, ou porque não interessa e criticar os 'bons' é ser comunista ou igual aos comunas, e é ser anti-americano.
há gente que é positivamente capaz de lamber os entrefolhos aos Amérdicas, façam o que fizerem. mesmo que os Amérdicas os matem a eles ou à família, tal o controlo mental a que foram sujeitos.
aliás, também há 2 ou 3 dias já vi um blogue de um brasuca a dizer que as bombas atómicas nem existiram e não há provas nenhumas disso, portanto eu já acredito em tudo e já vi tudo.

há gente que acredita mesmo que a Cia é «ocidental» e é nossa amiga, só porque fica geograficamente no Ocidente, e que nunca tem culpa de nada, nunca mente nem manipula, aliás, para essa 'gente' é praticamente como se não existisse.

para alguns a América é nossa amiga e aliada, e a luta é apenas contra marxistas e antifascistas de esquerda, por mais que a Amérdica mate, roube, destrua, espie, etc, etc

há gente que tem entraves de ordem emocional em admitir esses crimes de guerra todos, incluindo o 11-9, apenas porque isso seria reconhecer que afinal os gajos da 'direita' não são os bons. podem-lhes espetar toda a verdade na cara, mas emocionalmente é difícil para a pessoa, porque a pessoa foi formatada para só ver 'esquerda', 'esquerda', 'esquerda' e formatada para adorar sociedades 'protestantes', aborrecidas e atrasadinhas, sociedades sionistas que só vêem dinheiro à frente, etc, etc
e como adoram essa merda toda, depois cegam e ganham entraves emocionais em relação à verdade.

comem toda a propaganda e todas as mentiras da América, como essa de que as bombas foi para evitar que mais gente morresse.
ai sim? então e as radiações? então e os japoneses que continuavam a morrer 20 anos depois das bombas, apenas graças às radiações? ou que ficaram todos mutilados, queimados, desfigurados e etc?

Thor disse...

e o mais grave de tudo, é que mesmo o modelo multirracial do 'melting-pot' tem mais a ver com a América do que com a própria União Soviética.
embora, obviamente, sejam ambos culpados. mas a Urss já foi extinta, enquanto o modelo americano continua aí vivinho da silva, a matar de país em país, a miscigenar e a financiar imigração para os nossos países...

http://omsilanoican.blogspot.pt/2015/08/noticiaimagens-do-dia_16.html


nem nisso os adoradores da Amérdica podem pegar.
podem dizer: ah a Urss foi extinta mas o marxismo cultural continua. pois continua. e qual o expoente máximo desse mesmo MC??
a Amérdica, pois claro.

mas agora arranjaram um novo paladino/herói, o tal do Donald Trump, um palhaço de circo que não engana nem ao 'menino jesus', e cuja filha até é casada com um judeu.
um palhaço que já disse que fará tudo e mais alguma coisa por israel, já deixando adivinhar que será igual ou pior que um Bush.