"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

ateísmo vs religião






















há muito tempo mesmo que não fazia um tópico sobre ateísmo, mas isto não é um ataque à 'religião'. isto é simplesmente uma resposta aos que dizem que o ateísmo é que é sempre mau e que a religião é que preserva as culturas e a Natureza, etc em termos de ambiente poucos países serão mais respeitadores do mesmo que a ateísta Coreia do Norte. mas há vários outros aspectos em que este regime ateu é fantástico, apesar de ser demasiado opressor noutros aspectos.












nacionalismo, racialismo, coesão, disciplina, anti-sionismo, determinação, militarismo, etc, etc
não creio que seja um regime Nacional-Socialista, mas também não é puramente comunista e a distância não será demasiada. se entretanto, adoptassem integralmente a ideologia + estrutura Nacional-Socialista e abandonassem alguns dogmas marxistas, seriam o regime perfeito e o verdadeiro bastião da resistência anti-sionista.

4 comentários:

Pedro Lopes disse...

Não há dúvida de que a Coreia do Norte é um pais etnicamente puro ou quase.

Mas não sei se o será pela natureza do seu regime ou se é meramente por obra do acaso geopolítico. O regime pode até não ter qualquer politica racialista ou qualquer preocupação com a questão racial, mas devido pelo facto de ser um regime fechado e totalitário não existe quase imigração e emigração.

É um regime misterioso. Não acredito na propaganda dos mérdia do ocidente contra a Coreia do Norte, mas também não acredito que seja um paraíso na terra.

A propaganda diz que o povo passa fome severa e outras restrições graves.
Mas há muitas reportagens de turistas, que se podem ver na net e nunca vi assim nada que me chocasse em relação a essa alegada pobreza e condições precárias em geral.

A Capital tem poucos carros, tem pouco movimento, mas isso só por só não é mau. As maiores cidades do Ocidente são um horror em termos de ruido, stress, transito, caos etc.

Não tenho uma opinião muito formada sobre esse pais, pois não temos a informação toda.

Agora o motivo porque as Coreias continuam separadas parece-me óbvio. Impedir o eventual surgimento de uma grande potência económica naquela zona.
Quem é responsável por essa situação são os EUA, a China e Rússia. Julgo que nenhum destes países quererá a reunificação.

Thor disse...

óbvio que nem é um paraíso, nem é o inferno que os sionistas Ocidentais descrevem. a verdade é obviamente um meio-termo.
eu também não tenho a informação toda, e até acho que do ponto de vista das liberdades, culto da personalidade e etc, é um regime mau e repressor.
mas no resto, pode não ser um regime mau como a propaganda sionista pinta.

e olha que lá na Coreia do Norte, têm uns videos de propaganda muito bons contra a decadência (pseudo)Ocidental, nomeadamente 'americana'.
mas, claro, para certos parolos isto soa a anti-americanismo, só que não é anti-americanismo, é só anti-capitalismo e anti-degeneração mesmo.
e eles metem o dedo na ferida em relação às guerras, invasões e atentados yankee-sionistas, e vão ao ponto de dizer que eles são praticamente a única resistência a esse poderio todo.

N disse...

Partes de uma lógica errada.

O kim para eles é um deus, a ideologia uma religião.
Não há nada de ateísmo nisto...

A religião é boa ou má, consoante aquilo que veneramos.


A Coreia do Norte é importante como contrapoder, mas apenas só por isso.
É um regime tirano onde as pessoas sofrem uma tamanha lavagem cerebral em muito pior da que sofrem os Europeus.
E liberdade lá não existe quase a todos os níveis, já que a liberdade de pensamento não se pode proibir, mas se formos a ver bem, até essa é extremamente limitada, já que eles na Coreia do Norte não têm acesso a qualquer informação alternativa, logo não há espaço para pensamento crítico e alternativo.

O potencial criativo lá é esmagado de uma forma absolutamente desumana.

A Koreia do Norte actual é um mal (não muito)menor cuja existência se justifica para resistir a outro mal maior, o judaísmo internacional.


E o seu líder é um palhaço. Um gordo seboso que prega contra o capitalismo e decadência Ocidental, e depois tem salas de cinema privadas onde passam os filmes americo-sionistas, usa e abusa de prostituição forçada(que na práctica é violação), e vive uma vida de absoluto luxo.

E se for preciso, até tem um mc donalds privado para ele sem ninguém saber.


Um Estadista não é obrigatório ser pobre, mas tem que ser algo ascético.
Os líderes comunistas são todos uns burgueses do caralho. O outro em Cuba até seguranças privados tinha para mergulharem na água primeiro para ver se havia tubarões na zona.
É a "camaradagem" comunista.

O comunismo apenas e só se diz ateísta para se substituir às outras religiões existentes, e tornar-se então ele(comunismo) na religião oficial do estado.


E não posso confirmar isto a 100%, mas já vi elementos dos serviços secretos de 3 Nações diferentes e não alinhadas com o sionismo, dizerem que a Coreia do Norte é a maior produtora mundial de ecstasy.
O que não me admirava nada. Se for preciso até de graça trabalham os gajos que produzem isso, quiçá forçados com espingardas apontadas, e depois o regime exporta garantindo máximo lucro.

As policias e tribunais estão controlados, média também.
Ninguém investiga. É o cenário perfeito para produzir drogas sintéticas em grande escala.

Thor disse...

"... a ideologia uma religião.
Não há nada de ateísmo nisto..."


mas tirando o culto da personalidade ao Kim, que já critiquei aqui mesmo, não há nada de errado no facto da ideologia ser uma religião.
o meu ateísmo é só não acreditar em deuses, mas nada tenho contra o fazer do NS ou da suástica uma religião no bom sentido.
agora, depende é da ideologia, claro. a da Coreia do Norte obviamente não é a melhor, mas também tem aspectos positivos (exemplo: racialismo)
o racialista Nacional-Socialista Ben Klassen, também era ateu, mas criou uma religião chamada 'criatividade', só que obviamente sem deuses. era apenas para fortalecer os laços entre os Arianos e fomentar o espírito criativo e comunitário, não é preciso deuses para nada.

eu não defendi propriamente a Coreia, só realcei alguns pontos positivos, como preservação do Ambiente, racialismo, disciplina, etc
obviamente terão os seus podres.



"Os líderes comunistas são todos uns burgueses do caralho. O outro em Cuba até seguranças privados tinha para mergulharem na água primeiro para ver se havia tubarões na zona."

e eu já vi o Chavez a ir às compras com a família em Nova Iorque ou lá onde era, e carregavam todos enormes sacos cheios de cenas luxuosas e etc, logo ele que falava tão mal dos yankees...
tu é que interpretaste mal, não está aqui nenhuma defesa do comunismo, mas mais do ateísmo. aliás, eu até nem considero a Coreia do Norte um regime 100% comunista, até porque tem sucessão dinástica e no comunismo não costuma haver disso.
parece uma mescla de estrutura comunista, com monarquia e algum racialismo identitário.