"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

terça-feira, 11 de abril de 2017

substituição populacional






























































3 comentários:

N disse...

Os ditos "brancos" não são 30% da população global...

Vários estudos dizem ser entre 8 a 12%.
E atenção que nos ditos "brancos" estão incluídos brancos semitas e brancos judeus asquenazes. Fora Arianos biológicos mas convertidos ao judaísmo, o que de maneira nenhuma contam como se fossem dos "nossos".

Thor disse...

se leres com atenção, ali diz que os 30% eram no século 20(XX), portanto, passado. não diz que os 30% é actualmente. depois diz que em 2060 podem chegar a 8%, mas uns dizem que já são 8% no presente, enfim...

vocês desculpem lá se por vezes lêm aqui respostas minhas no vazio, mas é que anda aqui um fdp brasileiro pseudo-nacionalista constantemente a irritar, chatear, insultar e sempre a procurar pseudo-pretextos para me chamar judeu ou sionista. ou porque ataquei o islão, ou porque na minha lista de blogues havia adeptos do Trump ou porque supostamente sou adepto do Anglin (lol) etc e assim sucessivamente. é um chavalo estúpido amargurado porque foi banido daqui há tempos atrás.

N disse...

Caga no gajo.

O que interessa é que como grupo racial no panorama global, somos factualmente e irrefutavelmente um grupo minoritário. Apesar disso, somos chamados de "maioria" e/ou "privilegiada maioria" de forma a no subconsciente do gado Ariano(crentes na merdocracia) estes ganharem sentimos de culpa e serem patologicamente altruístas e xenófilos ao ponto de acharem "normal" ver os seus filho a emigrar FORÇADOS para fora da Nação, enquanto os filhos dos outros recebem subsídios mensais por parte do zog; subsídios esses que obviamente não vêm do bolso dos partidos, mas sim do confisco/roubo do rendimento dos nativos via impostos/carga fiscal pornográfica/terrorista feita pelo governo anti-nacional e até anti-nativo.