"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

sobre Charlottesville

não pretendo, de forma alguma, fazer o papel de "velho do restelo" que vê defeitos em tudo, que acha que todos, todos os caminhos e estradas estão controlados pelo inimigo e que não há solução. nada disso. temos tido bons grupos resistentes na Europa, mais a Leste que a Oeste, infelizmente. e nem todos controlados. mas no caso deste grupo de Charlottesville, parece apenas mais uma óbvia operação para associar os nacionalistas ao terrorismo e afectar a sua imagem e credibilidade. uma espécie de Breivik 2.0. ou então Klu Klux Klan. e também para criar uma guerra civil que dê ainda mais poderes ao zog e pretextos para apertar ainda mais o garrote.

FONTE


a escumalha "antifa" paga pelo Soros esteve bem? claro que não. mas um terrorismo não justifica o outro. todas as pessoas deste movimento e da Alt-Right são terroristas e gente mal-intencionada? claro que não, muita gente inocente caiu na armadilha. mas os organizadores deste evento são-no. refiro-me sobretudo ao judeu Mike "Enoch" e ao seu amiguinho Richard Spencer pró-homossexual que tentam ocupar o espaço dos Nacional-Socialistas com esta Alt-Right "neo-nazi" defensora do ridículo conceito "Sharia branca".

17 comentários:

Maria disse...

Thor, estive a ver um dia destes o vídeo de Charlottsville e o subsequente vídeo de David Duke dando a sua versão sobre o que lá se passou. Os distúrbios provocados pela contra-manifestação da esquerda comunista/mundialista foram uma vergonha pela apatia da polícia perante uma manisfestação da direita que tinha autorização legal para o fazer. Como afirmou há muito tempo David Duke com toda a razão, as democracias são dirigidas por um governo mundial não eleito - comunista-sionista, como se sabe - e enquanto este não for derrotado de uma maneira qualquer, desde que o seja, não haverá paz na Terra, independentemente de serem democracias ou não.

Foi a partir de ter visto aqui a ligação para o tema "Charlettosville" que fui ver os dois vídeos. Parabéns por tê-la colocado.
Maria

Thor disse...

Maria, independentemente do que tenha acontecido, e há indícios de que a "história oficial" não "bate certo" digamos assim, não apoio o lado da manifestação do grupo "Unite The Right", nem isso faz qualquer sentido...em primeiro lugar esse grupelho é dirigido pelo judeu Mike "Enoch" Peinovich e pelo seu amigo Richard Spencer, que se não é judeu, é tralha na mesma.

não ponho em causa que o grupo "Antifa" do Soros tenha tido a maior parte da culpa, mas os da direita foram levados para uma armadilha e uma emboscada, da qual até a polícia fazia parte. o grupo da direita tinha ainda elementos do Klux Klux Klan, mesmo que em minoria. e o resto é "Alt-Rights" e "neonazis" de Hollywood que pouco ou nada têm a ver com os NS.

ora, o David Duke sabendo disso tudo, apoia o judeu Mike "Enoch"?? até o Mike Delaney "malhou" nele em Janeiro por causa disso, e o Duke inventou uma desculpa ridícula "ah ele é apenas 1/4 judeu", que não é, mas mesmo que fosse, enfim...e faz algum sentido, a esta altura do campeonato, o David Duke ainda apoiar a "peça" do Donald Trump? há uns meses ainda podia ter desculpa, mas agora??? quando no Verão de 2015 até lhe chamava "cuck" e dizia que era igual aos outros? porque mudou?? gostava de descobrir isso.

ora, se o Duke apoia o Trump e ainda apoia o judeu que organizou essa "manif", então agora não se queixe. aguente as consequências daquilo que apoia. esse grupo "Unite The Right" deve ser um grupo proxy para dar mau nome aos nacionalistas todos (bons ou maus) um pouco como com o maluco do Breivik (que nem nacionalista é ou era). claro que a maioria dos elementos nem devem saber nada, são "idiotas úteis", mas nos níveis de cima, os Enochs, os Heimbachs e os Spencers sabem de certeza o que se está a passar e fizeram de propósito, levando esses coitados para uma emboscada que já sabiam que ia ter lugar.

quanto à versão oficial, vamos aguardar. vamos esperar a poeira assentar e depois conversamos. mas que há duvidas, há.

Thor disse...

"as democracias são dirigidas por um governo mundial não eleito - comunista-sionista, como se sabe"


o problema do governo mundial não é ser "eleito" ou não. o António Costa foi "eleito" e não é por isso que tem legitimidade alguma. pelo menos, para mim não tem. se os gajos que dirigem "isto" fossem eleitos, passavam a ser bons ou a terem legitimidade para ti? pois para mim, não. mas, pronto, isso que disseste agora, só comprova que a democracia nem sequer existe, pois quem comanda nas sombras, não são os politicos actores de palco, e sim outros por trás dos bastidores. não se pode dizer que faz alguma diferença "eleger" ou não, votar ou não.

Maria disse...

Thor, não sei nada quem são o Mike Enoch nem o Richard Spencer. Se eles são judeus e o Thor diz que são, então das duas uma, ou David Duke acredita que eles são sinceros ao se juntarem ao seu movimento nesta luta dificílima mas tremendamente patriótica que ele está a travar ou não o sendo - e Duke não me parece ser nada parvo nem uma pessoa que acredite à primeira em patranhas de gente duvidosa que se queira aproximar dele fingindo ser alguém polìticamente diferente daquilo que é na realidade, isto é, um tubarão de águas turvas - estão a fazê-lo por oportunismo e pura velhaquice para tentar influenciar Duke a alterar a sua ideologia e filosofia políticas com intuitos obscuros e outros fins menos perceptíveis mas igualmente graves, não deixando de ser todos eles muito perigosos tanto para Duke como para o movimento que ele lidera.

Mas hei-de tentar ir ver quem são estes dois. Se é que eles têm dados pessoais publicados na internete.
Maria

Thor disse...

eu não disse que o Spencer fosse judeu. acho que não é, só o Mike "Enoch" é que é.
se bem que há fanáticos que dizem que até o Spencer é judeu...como o autor desse artigo do "Renegade Tribune" que deixei neste tópico, mas não se deve levar a sério, pois para alguns "NS" americanos, tudo e todos são judeus.
seja como for, Spencer apoia o homossexualismo, é amigo da familia Bush e tenta desvirtuar o NS, logo não presta.
http://forward.com/fast-forward/380235/richard-spencer-touts-himself-as-white-zionist-in-israeli-interview/

do grupo "Unite The Right" faz parte o Klu Klux Klan e eis o que diz o líder:
http://noticias.r7.com/internacional/lider-da-kkk-ameaca-queimar-jornalista-latina-afrodescendente-e-a-chama-de-negra-18082017

eu nunca vou apoiar este tipo de coisas, e não é por causa do que os outros vão dizer ou pensar, mas por convicção ideológica mesmo. eu sou contra este tipo de racismo estúpido e idiota. logo, o grupo "Unite The Right" só pode ser um grupo proxy para banalizar e deturpar o nacionalismo como se fosse racismo primário e apenas racismo primário.
por isso é que eu não sou de "extrema-direita", entre muitas outras razões.

quanto ao Duke não sei...diz que o Enoch é só "1/4 judeu" para "aligeirar" a coisa, mas então sabe que ele tem ascendência judia. eu não sei o que vai pela cabeça dele, mas é estranho. ou é ingénuo, ou então começo a duvidar dele também. para quem em Agosto de 2015 chamava "cuck" ao Donald Trump e agora o apoia, mesmo depois do que ele já fez na Síria, acho no mínimo estranho. ah espera a culpa é do Kushner e dos judeus, nunca dele, pois o Trump é bonzinho. yeah right...

Maria disse...

Thor, estive ontem a ler a biografia destes três da Alt-Right. O Enoch cujo verdadeiro apelido me parece russo, deixou a alcunha e passou a usar o verdadeiro quando começou a participar num blogo do grupo. Nos dados sobre a sua pessoa não diz que ele é judeu mas sim que é a agora sua ex-mulher de quem se divorciou quando se juntou ao movimento.

O Duke está a trilhar um caminho que lhe pode sair caro, eu acho. Não se percebe bem qual o motivo de o estar a fazer, mas ele lá saberá. Talvez tenha uma justificação que nos é difícil de entender.

Sobre o Trump, ainda há que esperar bastante para ver no que vai dar a sua presidência e principalmente qual é o seu verdadeiro pensamento político. O facto da sua filha ser casada com um judeu ortodoxo e que ainda por cima é seu conselheiro ou braço direito quanto à política do Médio Oriente, é que me parece muito subjectivo, além de não favorecer a sua credibiliade como presidente. Mas digo o mesmo que disse em relação ao Duke, ele lá saberá as linhas com que se coze. E tal como Duke, não parece ser nada parvo.

Obrigada Thor pela sua resposta. Vou dar uma olhadela às ligações que deixou.
Maria

Thor disse...

Maria, Mike "Enoch" é judeu. obviamente que ele não anda aí a dizer isso, mas já deixou escapar uma vez ou outra e também foi "investigado":
https://www.youtube.com/watch?v=vEv672uRhLQ
https://www.youtube.com/watch?v=6j7f--AlBrs
https://3.bp.blogspot.com/-1Z1RP18nVVk/WUh-r4x-eLI/AAAAAAAANUM/_EYlQVBXMuYv-QuC2zsp33J2yfV_ZerrwCEwYBhgL/s1600/%2521%2B%2521%2B%2521%2B%2Benoch911.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-xJup80xTfh0/WUiALhp3FVI/AAAAAAAANUg/PVGTEE-7x64ueOkIBVg8s_E79BCnoTgXgCEwYBhgL/s1600/1484548728941.jpg



"Sobre o Trump, ainda há que esperar bastante para ver no que vai dar a sua presidência e principalmente qual é o seu verdadeiro pensamento político."


como assim? pensei que já estava tudo clarinho e que já só praticamente os neocons é que o apoiavam. esperar o quê? o homem é um criminoso! já matou milhares na Síria. é um capitalista e sionista puro. anda envolvido com máfias de casinos, de droga, de pedofilia, etc agora anda armado em "campeão" na questão da Coreia do Norte e a querer arrastar o Mundo para o desastre, como eu já tinha avisado que ia acontecer bem antes da "eleição". (sem esquecer o Irão). ele não tem, nunca teve, nunca terá qualquer "pensamento político" a não ser e$$$te. dá-se com todos ao mesmo tempo, e hoje diz uma coisa mas amanhã outra, como é apanágio de todos, mas todos os "neocons".

em relação ao Duke, só ontem reparei num erro que cometeste, Maria. o Duke não "deixou" o Mike "Enoch" e o Spencer "juntarem-se" ao seu movimento. o Duke é que se juntou ao movimento deles, pois a "Alt-Right" e "Unite The Right" não são do Duke, e sim dos dois - Enoch e Spencer. e o Duke sabe bem que Mike "Enoch" tem ascendência judaica, até já o disse ("he is only a quarter jew").

Thor disse...

esqueci-me ainda de dizer que o David Duke tem coisas muito esquisitas e contraditórias. não apenas mudou de opinião sobre o Donald Trump, como já mudou varias vezes de opinião, por exemplo, sobre o 9/11 e andou (anda?) a saltar de uma versão para outra. exemplo: em 2008 promoveu o documentario "missing links" do Mike Delaney no seu site, mais tarde apagou esse post do seu site. depois em 2009 dizia que foram os àrabes que atacaram o wtc como "vingança" pelos eua apoiarem israel. depois em 2011, já falava outra vez na conspiração, no wtc7 e nos 5 israelitas...depois em 2013, dizia outra vez que foram os àrabes, depois mais tarde falou outra vez na participação de israel, houve outras vezes em que ele deixou passar em claro, sem corrigir, quando lhe falaram no "atentado islâmico ao wtc"...será que ele anda a dançar e jogar em dois tabuleiros??

em relação ao "holocausto" não me lembro de alguma vez ele o ter negado.
ele evita falar sobre isso...houve uma vez numa entrevista que foi apertado para responder "sim" ou "não" à pergunta se acreditava no "holocausto" e ele respondeu: "acredito que houve atrocidades contra os judeus na Alemanha nazi"

tem também a mania de usar a retórica do "judeu bom vs judeu mau/sionista" e é um reaccionário cristão. por isso te disse no outro dia que ele tem virtudes, mas é inferior a outros.

Maria disse...

"... e é um reaccionário cristão. por isso te disse no outro dia que ele tem virtudes, mas é inferior a outros."

Thor, porquê que diz que ele é um reaccionário cristão? É mau ser-se cristão?

E se ele é inferior a outros, quais são esses outros que lhe são superiores? David Icke, por exemplo? Ou o (parece que) dúbio e de voz insuportável Alex Jones, embora diga algumas coisas acertadas?

E tem razão sobre Spencer. Nos dados biográficos que li sobre Spencer, de facto não diz lá que ele é judeu, afirmei-o por distracção.

O apelido de Enoch, o russo, o verdadeiro, revela quase de certeza a sua origem. Conheço muito mal os apelidos judaicos russos, conheço bastante melhor os ingleses, alemães, franceses, espanhóis e claro, os portugueses.

Estive ontem a ler no VOX POPOLI, blogo que desconhecia, os princípios doutrinários pelos quais se rege a Alt-Right. O que acha o Thor daquele blogo? Pareceu-me acertado o que lá é afirmado. E ainda que eu já tenha lido a sua opinião sobre a Alt-Right - e se o entendi mal peço desculpa - pareceu-me que esta Alternativa da direita não é do seu inteiro agrado. E se sim, porquê?

Sobre o Duke, de quem sou de certo modo admiradora, atendendo aos seus pontos fracos e que o Thor fez bem em salientar, desilude-me o ele parecer estar a tergiversar nalguns dos valores humanos que tem vindo a defender e, segundo o próprio, desde há muitos anos, facto que só o desacredita e à sua luta por esses mesmos valores e é muita pena.
Maria


Thor disse...

não, o Alex Jones e o David Icke são bem piores.
superiores são, por exemplo, o Scott Roberts, o Mike Delaney (que até é cristão), o David Irving, o falecido William Pierce (que morreu mas deixou muita obra boa), o tipo do canal Thule Productions cujo nome nem sei e nem ele revela, o Axe of Perun e o Mike Walsh (ambos do Renegade Tribune), etc e já tinha escrito isto no outro dia. ah ainda temos o Kevin McDonald...

nada tenho contra alguém ser cristão só por ser cristão, mas na prática tendem a ser fundamentalistas e intolerantes com os não-cristãos. muitas vezes, só passado algum ou muito tempo, deixam cair a mascara de "tolerância". e tendem a ser reaccionários, quando não "cucks". agora, se alguém for cristão, guardar isso para si, não impôr nada a ninguém e relegar isso para uma escolha estritamente pessoal e para algo completamente separado e extra-ideologia, por mim nada tenho a opôr. só que infelizmente isso é raro de encontrar.

já tive aqui um cromo que se fazia passar por "agnóstico" mas depois vinha sempre defender o cristianismo com unhas e dentes (e Putins e muitas outras coisas). outro, do Brasil, um tal Cobalto, um fanático tal que continua a vir aqui chatear com paleio proselitista cristão, a defender os cavaleiros cristãos, a insultar os pagãos e a chamar-me "pagão", como se isso fosse mau. nem vale a pena ligar. depois ainda outro, um tal Ervilha, que mandou para o lixo 95%, ou mais, de concordância ideológica porque não tolera não-cristãos, acha que não-cristãos estão ao serviço dos judeus e por ele eram todos metidos num pelourinho por falarem mal do cristianismo. só malucos, que põem máscaras de "tolerância" e depois revelam a verdadeira natureza.

porque não gosto da Alt-Right? simples, porque pouco ou nada tem de nacionalista. é essencialmente direita neo-conservadora judaica com uma "capa" de alternativa. pode lá ter uma ou outra pessoa de valor, não digo que não. mas como dizia o "N" há uns tempos atrás, é um cesto de maçãs podres com uma ou outra maçã boa. basta olhar para as figuras que andam ali, como o tal Milo Yiannopoulos, um judeu homossexual (assumido) e pedófilo cuja grande preocupação é a defesa da democracia e do "mercado livre".

não estou a falar mal por falar mal, e porque nada nem ninguém me serve. não! isto é uma coisa mesmo gritante e escandalosa. se alguém acha que judeus homossexuais e pedófilos neocons é que nos vão "salvar" então algo está muito errado. podia ainda falar do site de gozo e paródia, o Daily Stormer, muitas vezes confundido erradamente com um site sério...mas não vou bater mais em mortos, pois acho cobardia. do Spencer e do Mike Enoch, ambos da Alt-Right já falei. há ainda o Paul Joseph Watson, o empregado do Alex Jones e cachorro dos judeus...mais um vendido, que até há 5/6 anos atrás, criticava os judeus, não com muita violência, mas criticava. (basta ver videos dele antigos) e depois passou a ser o animalzinho de estimação dos kikes. depois esses canaizinhos que andam aí com a coleira judaica, como o Breitbart, Rebel Media e outros, também são da "Alt-Right". o único canal da "Alt-Right" que ainda se aproveita qualquer coisinha é o "Red Ice". pronto, apontei uma coisa positiva, para não dizerem que só falo mal. ;)

Vox Popoli não conheço, sinceramente.

Thor disse...

https://www.youtube.com/watch?v=IKGBWNGiGMU

estes são da "Alt-Right" e até ver, merecem respeito. se me enganar, ou algum dia vier a descobrir que são outros vendidos, serei o primeiro a admitir o erro e não terei receio de retirar o que disse. mas até ver, esses são bons e nem entendo porque razão se deixam misturar na mesma plataforma "ideológica" que os Milos e afins. só para calar alguns que possam vir dizer "ah este fala mal de tudo e todos que não sejam o Hitler"

Thor disse...

quanto a eu chamar o David Duke de reaccionário cristão:

http://www.rawstory.com/wp-content/uploads/2015/11/david_duke_-screenshot-800x430.jpg

aqui está ele, quando era do Klu Klux Klan nos anos 70...e ainda hoje, pelos vistos, ele não renega totalmente as raízes (vide Charlottesville). não vou bater demasiado nele, pois não é do meu interesse nem no de ninguém, mas ele não é NS, nem sequer anti-democrata. ele faz parte de uma direita ou extrema-direita cristã mais à direita que os neocons. além de ligações ao KKK, já apoiou o Tea Party (partido democrático adepto do "mercado-livre") e tem ligações ao próprio partido republicano e ao Trump. não quero ofender nem desiludir a Maria. se a Maria é admiradora dele, eu respeito isso. e respeito o David Duke, mas não sou admirador dele. gosto de muita coisa nele, mas não sou seu admirador.

Maria disse...

Thor, desses nomes que cita só conheço o David Duke, o David Icke, o Alex Jones, o falecido e admirado E. Zündel, o David Irving e poucos mais. Li bastante do que todos estes têm vindo a escrever e a denunciar em vídeos, especialmente David Irving (creio que este tem estado afastado de cena e é pena) um corajoso e destemido lutador que durante anos tem vindo a tentar repôr a verdade dos factos sobre o pseudo-holocausto, tendo tido como consequência a sua prisão por mais do que uma vez e outras humilhações como a destruição do seu património literário de grande valor.

Ontem estive a ver um vídeo do Red Ice pela primeira vez. Nele aparece o autor do blogo e uma rapariga que penso que seja sua colaboradora, ambos a referirem-se o tempo todo ao tal Milos P.(?) e às suas particulariedades pessoais e preferências políticas o tempo todo, não me interessou pràticamente nada. Fiquei portanto como uma ideia sobre o que pensa e faz esse tal Milos, personalidade que desconhecia por completo. Logo de seguida aparece-me outro vídeo do mesmo autor e esse, sim, interessou-me logo d'início pelos assuntos debatidos entre o autor e David Icke, este como convidado num debate levado a efeito através da estação de rádio de que é dono o entrevistador.

Tudo quanto foram dizendo até ao ponto onde fiquei, aos 34 minutos, era do mais realista e verdadeiro que pode haver. Era o segundo vídeo e vou finalizá-lo hoje e tentar ver mais alguns do mesmo autor. Neste vídeo o autor (creio que o seja, porém o nome dele não aparece em nenhum lado, mas é o que o Thor mencionou e que respeita, não é assim?) entrevista David Icke e tudo quanto ouvi da boca deste, tendo a total concordância do entrevistador, está certíssimo e basta ver o inferno em que o mundo se encontra para através das palavras de ambos, sobretudo de Icke, que é quem expõe os factos como eles se apresentam na actualidade, a demonstração exacta do que a humanidade pode esperar dos diabos que controlam o mundo pondo e dispondo da vida das populações consoante a sua diabólica vontade, com um único desejo, destruir a pouco e pouco a humanidade, mesmo se para isso tenham que provocar catástrofes artificiais gigantescas por todo o Globo que vão matando diàriamente milhares de inocentes, com o intuito de obter, sem guerras mundiais que são muito dispendiosas e optando por um método bem mais barato mas igualmente eficiente e rápido, a tal redução em 50% da população mundial - agora que já passaram vinte desde que começaram a verdadeira e óbvia matança - em menos de 30 anos.
Maria

Maria disse...

Não Milos P, mas sim Milo Y. O resto do nome é comlicado.
Maria

Thor disse...

sim, um erro sem importância.
estou-me borrifando para as particularidades pessoais do tipo, mas incomoda-me que ele possa estar altamente envolvido num movimento DITO "alternativo" e de "salvação".
o vírus judaico-sionista não se pode apresentar como a "solução" quando é o problema!
sejamos claros. se alguém não gosta do islão e o critica, eu acho normal.
agora, se alguém critica o islão (e somente o islão) apenas porque é homossexual e quer conservar a "liberdade" de apanhar no pacote, enquanto aprova a chegada de invasores não-islâmicos e também quer conservar o dito "mercado-livre", a democracia ou a "liberdade" de violar miúdos, então acho isso aberrante. mais aberrante, por essa visão ser considerada "anti-sistema" quando é do mais pró-sistema que pode existir e também por aqueles que mais berram e esperneiam "contra o islão" serem precisamente aqueles que o introduziram cá.
o problema nunca pode ser a "solução", mas os (((porcos))) invertem tudo.

ainda não tenho uma opinião muito definitiva sobre a Red Ice TV e não sei se estão secretamente alinhados com os (((porcos))), mas já vi sinais bem positivos. dizem-se anti-democratas, anti-capitalistas e anti-libertários, não apenas anti-marxistas, como esses grupelhos de direita pseudo-anti-sistema. agora, não podemos avaliar as coisas somente por aquilo que as pessoas dizem, pois isso muitas vezes vale o que vale. e já vi uma ou outra coisa que não gostei.

em relação ao David Icke, esqueça-o Maria. é um demagogo e vigarista intelectual. ele só quer atenção e audiências. além do David Irving, havia ainda o Michael Collins Piper, mas morreu em 2015, provavelmente assassinado pelos (((porcos)))

Maria disse...

Obrigada Thor. Não faço ideia quem era o Michael Collins Piper, mas vou investigar. Deve haver trabalho dele publicado na internete, presumo eu.
Maria

Thor disse...

claro que há e ainda há muitos outros como o Jeff Rense, só não referi este porque apesar de ser "simpatizante nazi" é uma personagem esquisita que promove teorias esquisitas como a dos "UFOs" e andou anos metido com judeus como Henry Makow apesar de depois se ter chateado com ele. acho que também é ou foi amigo do judeu Mike Rivero do What Really Happened.