"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

quarta-feira, 2 de abril de 2014

itália fascista vs itália «moderna»




























cabeça erguida vs submissão

9 comentários:

N disse...

Só mesmo um idiota pode achar isto aceitável.
Mas o maior problema da Itália são mesmo a merda das máfias que sabotam constantemente a saúde econômica e espiritual da Itália e ao mesmo tempo fomentam o separatismo em tudo o que é lado.

Mas tenho para mim que a Itália é um vulcão adormecido.
Há lá gente de valor com grande sabedoria política,juventude corajosa e irreverente,passado glorioso que serve não só de inspiração mas também como fonte de sabedoria,gente muito mas mesmo muito criativa, e demais características necessárias para uma Nação renascer.

Quando os melhores a pensar se juntarem aos melhores a lutar com a rectaguarda de novos artistas emergentes no campo nacionalista que ajudarão com propaganda e inspiração sobre as massas e tudo isso estiver bem maduro,eles levantam-se novamente.

Pedro Lopes disse...

Fosga-se, mais um tiroteio nos EUA.

Já não passam sem tiroteios.
É em escolas, agora pegou moda os tiroteios em bases militares.

É uma sociedade mesmo doente.
Há dias li que 22 veteranos suicidam-de em média por dia.

É algo que nunca aconteceu na história, apesar de todas as guerras que houve e muitos militares ficam traumatizados, mas nunca se viu um fenómeno deste tipo com tanto suicídio.
Será das drogas que lhes ministram durante o tempo que estão de serviço?

Algo estranho se passa.

E os que mandam(cujo nome começa por j) estão-se completamente a cagar para eles. São carne para canhão e mais nada.

Pedro Lopes disse...


Esta foi de mestre.

http://xaameriki.wordpress.com/2014/04/02/cabinet-secretary-baltakos-confesses-conspiracy-against-golden-dawn-samaras-must-resign/

Pedro Lopes disse...


O Paneleirismo ataca novamente.

http://www.publico.pt/tecnologia/noticia/director-do-mozilla-demitido-por-ter-financiado-opositores-do-casamento-gay-1630955

N disse...

Pedro Lopes,para haver o pretexto de tentar tirar as armas aos cidadãos é preciso atentados false-flags para lançar o debate sobre as armas e os merdia lavaram o cérebro às massas.
Mas é óbvio que aquilo é também uma sociedade muito muito muito doente mesmo.

A Suíça é dos Países mais armados a nível de população e dos mais seguros do mundo.

Por ideologia,convicção e religiosidade serei SEMPRE a favor de uma população NATIVA armada.
Se a mesma tiver consciência étnica suportada por uma religião nacional as armas não serão usadas para fazerem merda mas sim como garante de liberdade e como defesa contra escumalha social.

Um grande problema é o demasiado papel que se dá à segurança de uma Nação a forças policiais sem formação militar e/ou serem recrutados excessivamente elementos não-nativos.

Exemplo:A GNR é uma força militarizada,a PSP não.
Um GNR jura pela pátria, um psp não.
Além do mais, eles já puseram de propósito a estrela de israel como símbolo da psp para no subconsciente dos agentes eles ganharem estima e lealdade por tal simbologia para dessa forma serem psicologicamente manipulados no futuro para agirem contra os nativos(Lusitanos) em favor do sionismo.

Ou seja, é muito mais fácil a GNR virar-se contra um regime ilegítimo(como é o caso) em prol da Nação e dos nativos.


A segurança de uma nação na minha óptica deve ser dada a uma força militarizada e esta ser OBRIGATORIAMENTE liderada por nativos com consciência étnica e não ser permitido infiltrações da maçonaria,opus dei,ou outras forças contrárias aos interesses nacionais.

Numa 4ªRepública a mandar daria mais poder e meios à GNR e a PSP seria alvo de uma reforma e transformada numa policia nacional com simbologia nacional ao estilo das SS.

Eu não aceito,nem nunca aceitarei viver numa Nação onde a policia usa simbologia inimiga à Nação num claro sinal de ocupação e submissão da nossa Pátria ao judaísmo internacional.

Pedro Lopes disse...

N,

Eu concordo com tudo que escreveste relativamente ao armamento da população e em relação á GNR e PSP idem.

Mas para já e dadas as circunstancias reais de hoje não seria bom permitir o uso de arma a todo o cidadão de uma momento para o outro.

Sem fazer mais nada isso só iria agradar aos gangues das drogas e outros bandos criminosos.

Teríamos de recuar umas décadas em termos de identidade racial e ao mesmo tempo resolver os problemas económicos.

Só uma nação estável e racialmente mais homogénea é que é seguro permitir o uso de armas. E se estas condições forem satisfeitas concordo em absoluto.

Na minha terra todo o homem adulto tinha(e ainda tem) caçadeiras. Elas podiam ser usadas para matar um vizinho, mas era uma coisa muito rara, mas muito rara.

Mesmo em caso de haver desavenças e porrada ninguém iria recorrer á arma, pois isso iria marcá-lo negativamente para toda a vida.

E antigamente ainda havia o conceito de honra e reputação a defender perante a comunidade.

Pedro Lopes disse...

Não sei onde se passa esta cena.
Presumo que seja nos JEUA.

http://i.imgur.com/bZwBNMU.jpg

Reparem nas crianças, especialmente a 3ª imagem.

Como é que isto pode ser admissível?Como?

Inacreditável.

N disse...

"Por ideologia,convicção e religiosidade serei SEMPRE a favor de uma população NATIVA armada."

Não leste bem o que eu escrevi...

Thor disse...

exacto. o N tem razão.
é verdade que na Alemanha NS, Hitler até tirou armas aos judeus, mas e depois? qual é o problema?
judeus não são nativos.
se Hitler deixou os alemães nativos ter armas e desarmou os judeus, fez ele muitíssimo bem.
é mesmo isso que se deve fazer.