"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

quarta-feira, 9 de abril de 2014

mais deseducativa


































o que vemos acima é um excerto da revista gratuita "mais (des)educativa" e é um exemplo da lavagem cerebral desonesta, mentirosa e propagandística que fazem com os mais novos a roçar o rídiculo e o mais completo delírio.
vejamos, sim que maravilha as "sociedades heterogéneas" tão "livres" e "democráticas". só quem nunca experimentou o privilégio de viver ao lado de ciganos ou negros é que pode pensar o contrário. só retrógados pensam o contrário. e quanto mais heterogénea a sociedade, mais livre.  homogeneidade é coisa de fascistas e retrógados.
antes do 25 de Abril, a malvada da PIDE e da repressão impedia o aparecimento de grupos como negros (nem havia negros em Portugal. enfim, esta...), ciganos, hippies, homossexuais e punks.
passa de simples estupidez para níveis de rídiculo e desonestidade inacreditáveis.
ciganos, toda a gente sabe que viviam cá no Estado Novo, que vieram para cá há muitos séculos e que não foi com o 25 de Abril que eles entraram.
hippies, segue aqui uma imagem do festival de Vilar de Mouros em 1971, com vários hippies nacionais e estrangeiros, mas o Estado Novo e a repressão são culpados de tudo.
homossexuais, apareceram milagrosamente no 25 de Abril, porque antes disso todos sabem que não havia homossexuais, enfim...propaganda a quanto obrigas. não havia era palhaçadas de paradas, movimentos ou casamentos gay, querem eles talvez dizer.
punks, esta então é o cúmulo do ridículo, os punks surgem nos EUA em meados da década de 70, mas o Estado Novo também tem a culpa de não ter havido punks em Portugal antes do 25-A. isto é o cúmulo da palhaçada e do non-sense.

a mulher vivia na dependência do homem, revisionismo a quanto obrigas. obrigação de cuidar do lar e dos filhos, que horror! cuidar dos filhos, isso é coisa machista, ditatorial e opressora. aliás, nem sei porque é que a mãe do autor deste texto não pensou assim. se calhar, se tivesse pensado assim, não teria que estar agora a ler certas barbaridades.
a mulher deve fazer filhos e depois abortar quando e como quiser, ou então deve cagar nos filhos, deixá-los morrer à fome, deixá-los 24 horas com babysitters para se dedicar à "carreira" ou entregá-los a orfanatos. isso é que é liberdade. maternidade é coisa de retrógados, fascistas e machistas.

com a democracia o povo ganhou poder. sim, basicamente ganhou o poder de escolher entre a merda laranja e a merda rosa. o poder de decidir se quer ser enrabado por uma pila côr-de-laranja ou por uma pila côr-de-rosa.
a democracia impulsionou a criação de leis para direitos reclamados pelas pessoas, como divórcio, aborto ou nudismo. uau que maravilha. isso é que é importante!  aliás, a gente só não ouviu o lobby dos nudistas a reclamar direitos antes do 25-A porque a PIDE e a "repressão" não deixavam.
o divórcio e o aborto, também são coisas importantíssimas. é mesmo isso que é imprescindível na sociedade, liberalizar totalmente divórcio e aborto, para as taxas de natalidade continuarem em alta e a subir como têm estado. é mesmo uma maravilha!.
afinal a democracia é boa porque deu direitos aos nudistas, ao aborto e ao divórcio. espectáculo! isso é que é fundamental. (isso e os punks, ciganos, etc)  ainda há uns anos atrás, houve uma mega manifestação pelo divórcio. passou foi um bocado desapercebida, por isso é que vocês não a viram.
a democracia é que permitiu que não tivesse que ir à tropa! que maravilha, não ir à tropa! exército para quê? tropa para quê? isso é coisa de fascistas e retrógados. não é aqui o espaço indicado para isso, mas se contasse aqui o quanto já fui prejudicado por essa escumalha com essa palhaçada de "não ter que ir para a tropa"...enfim, mas isso é outro assunto.

resumindo, o texto é todo um chorrilho de delírios, mentiras, distorções, revisionismo, propaganda ideológica e formatação de mentes jovens, formatação nos valores liberais-marxistas da III républica democrática, nem mais nem menos. isto tem apenas um nome e chama-se controlo mental. não há outra definição para esta aberração.
daqui a uns anos, há-de ser verdade em todos os manuais, que o Estado Novo impediu negros, ciganos, hippies, gays e até punks de existirem. isto será a "verdade oficial" e a cartilha daqui a uns anos ou décadas.

15 comentários:

N disse...

Só falta aí referir os direitos dos pedófilos.
Se calhar acham que ainda não estamos numa "democracia madura" para percebermos que a pedofilia é uma escolha sexual.

A impunidade leva à insolência.
Esse é que é o grande drama nacional.
Os traidores ainda não pagaram por suas traições diárias.
E como não há ainda quem os castigue, eles destroem a nação diariamente porque compensa ser traidor.
Quando deixar de compensar ser traidor em Portugal,isto melhora.
É preciso sangue derramado e o resto é letra....

Pedro Lopes disse...

Fosga-se, que chorrilho de disparates.
Até fiquei agoniado.

É pá de facto o povo estava sedento de conviver com negros, ciganos, hippies, drogados, paneleirios e de ir mostrar a peida para praias de nudismo etc.

É simplesmente agoniativo.

E essa de "o povo ganhou poder" é de cair a rir.
É ver o poder que o povo tem quando aumentam os impostos, quando aumentam o IVA, os preços da energia etc.

Pedro Lopes disse...


Pois é, o povo agora tem mais poder....

“634 mil euros em carros de luxo no Banco de Portugal”

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/exclusivo-cm/634-mil-euros-em-carros-de-luxo-no-banco-de-portugal

Afonso de Portugal disse...

Confesso que nunca tinha visto/lido uma campanha tão descaradamente mentirosa e deturpadora acerca do 25-A. É verdadeiramente surreal, parece um panfleto saído de uma daquelas universidades americanas onde existem cursos sobre "Estudos de Género" e onde se ensina, entre muitas outras obscenidades, a simular orgasmos em grupo.

Enfim, é como o Pedro diz: sugerir que o povo português ganhou poder nas últimas décadas quando o povo tem actualmente que pagar uma dívida que a corja abrilina contraíu em seu nome é, no mínimo dos mínimos, de cair a rir.

N disse...

O pessoal do Norte é mais puro a nível genético e espiritual e pouco dado ao vírus liberal, e daí ser mais rijo.
Mas depois temos as maçãs podres como a corja cripto-judia e separatista mais concentrada na cidade do Porto.

Lá em baixo é a mesma coisa,temos o 8 e o 80.
Há lá pessoal hardcore de grande valor mas mais por outro tipo de razões.
Como a merda marxista lá tem mais peso,os que remam contra a maré fazem-no sendo menos e contra um inimigo maior,logo tal situação endurece-os.

Os seres humanos são sempre condicionados(uns mais que outros obviamente) pelo meio social onde estão inseridos.

Uma religião nacional étnica consegue quebrar as barreiras materiais e ideológicas criadas pelo demiurgo(jeová/grande arquitecto maçom/grande enganador) e assim pelo menos mentalmente e espiritualmente as pessoas deixam de ser escravas e ao mesmo tempo garante um espírito de unidade por toda a etnia.

"Eu fiz serviço militar há cerca de 12 anos(por opção) na zona do Porto. No meu batalhão de recrutamento eram quase todos transmontanos e posso dizer que a experiência foi fantástica.
A ligação entre camaradas, que eu encarava como irmãos incluindo o momento solene de juramento de bandeira foram momentos de grande emoção, acho que não são superáveis em mais nada da vida.
Tenho pena que muitos camaradas não tenham passado por este privilégio.

Antigamente, sobretudo no norte, devido à grande pobreza e iliteracia, o exercito era aonde se faziam os homens e o exercito era fundamental para a formação dessas gentes.

Com o fim do serviço militar o país perdeu muito. O exercito é o coração e a alma de um povo, o corpo do exercito Português não está em conformidade com as chefias militares que são corruptas e traidoras."

Atenção que há forças que não pertencem ao Exercito,como os Fuzileiros que pertencem à Marinha.
E estes além de terem gente de grande valor,têm uma mística muito sua por direito próprio(devido aos feitos dos nossos antepassados).

Aquilo que referes como espírito de camaradagem é devido a que é nas situações mais duras da vida e de conflicto que se forjam os maiores laços.
A minha formação em jovem foi muito mais de rua e algo Nacional-Anarquista do que militarizada e disciplinada(neste aspecto da indisciplina errei porque podia ter-me potenciado muito mais),mas a substância foi a mesma.

Foi nos confrontos,nas emboscadas,no sangue derramado(nosso e do inimigo,mas muito mais do inimigo) que forjávamos grandes laços.
Quem leva uma vida pacifica nunca irá conseguir crescer espiritualmente.

Thor disse...

N, não achas que te contradizes um bocado?
reconheces que o pessoal do Norte é mais puro a nível genético, mas depois criticas o "separatismo", e ainda por cima, relaciona-lo com "cripto-judaísmo"??
se são mais puros a nível genético, é normal haver mais regionalismo, separatismo ou o que te apetecer chamar. é uma consequência lógica.

N disse...

Thor,eu sei do que falo.
Sei bem das máfias cripto-judias que trazem branca da Colômbia e do Brazil e controlam grande parte da cidade.

E teres orgulho na tua zona não é igual a odiares o resto de Portugal.
Eu NUNCA sou pela divisão dos nativos,sou sempre pela UNIDADE.

E muita da retórica separatista não é por quaisquer motivos nobres,mas apenas por quererem dominar tráficos de todo o tipo sem uma autoridade central à perna.
Os idiotas úteis é que acham que é por causa dos "mouros" ou da corrupção de Lisboa(pois claro,porque o valentim loureiro,o gomes,o avelino ferreira torres,e o menezes,etc são políticos exemplares e nem são ladrões e traidores).

Eu sou nacionalista,logo não sou regionalista.
Autonomia sim, separatismo ou populismo demagógicos divisionistas NUNCA.

Eu amo genuinamente o Porto como cidade.
Não uso o nome da cidade para proveitos próprios indignos.

Divisionismo nacional só favorece os castelhanos numa menor escala, e numa grande escala o judaísmo internacional.




Thor disse...

e o que é que as máfias cripto-judias traficantes da Colômbia ou do Brasil, têm a ver com "separatismo"??

não sei onde foste buscar essa do judaísmo.
já ouvi foi uma vez o cripto-judeu Rebelo de Sousa (que é bracarense nortenho) na TVI a gozar com os regionalistas/independentistas nortenhos.
eles são meia-dúzia, insignificantes, etc, dizia ele.
Portanto, se isso beneficia o judaísmo...
JACOBinismo é de origem "francesa" judaico-maçónica e é contrária ao regionalismo, quanto mais ao regionalismo identitário.

Qual odiar o resto de Portugal!
Ou tu quando queres o separatismo dos pretos, também odeias os pretos?

Valentim Loureiro é corrupto, e esse, além de me parecer que é meio-judeu, também é de Viseu, não é do Porto como alguns julgam.

os outros que dizes também me parecem corruptos, mas não têm nada a ver com "separatismo", tirando talvez o Menezes, mas só porque foi presidente do Eixo Atlântico, mais nada.

se alguns não têm motivos nobres, problema deles.
agora condenar o regionalismo em si, só porque algumas pessoas de topo são corruptas, parece-me um argumento sem base.

Thor disse...

a democracia é que fez esses políticos que dizes serem corruptos, não foi o "regionalismo", nem a ligação com a Galiza.
não é o "regionalismo" que se deve abater. é isso sim, os políticos corruptos, democratas, a merda da maçonaria e do judaísmo. isso é que deve ser varrido.

N disse...

"Ou tu quando queres o separatismo dos pretos, também odeias os pretos?"

Já te disse que não tenho nada contra o preto como indivíduo(desde que este não seja racista anti-Ariano).

Sou contra é o excessivo e incomportável número deles em Portugal e contra aqueles que não nos respeitam.
E não admito que eles(e qualquer não-nativo) tenham mais direitos que os nativos na nossa nação.

Um Nórdico não vai para a China ditar as suas regras e costumes.
Um Lusitano não vai para um país Árabe ditar as suas regras e costumes.
Um Eslavo não vai para a Índia ditar as suas regras e costumes.

Aqui tem que ser igual.
Em terra Lusitana tem que ser Lusitano a mandar.
Isto não é racismo,mas sim racialismo.

N disse...

Thor, tu que és inteligente e claramente muito acima da média(eu não elogio à toa).

Ainda não percebeste que aquilo que Hitler fez brilhantemente com a Swastica e com a união de todos os povos de ascendência Germânica é o que eu quero fazer com a espiral Celta/Lusitana?

http://3.bp.blogspot.com/-M40WuAZOzAI/T_IpUMjnfcI/AAAAAAAAAQ0/gsfXJib14L0/s400/4%25C2%25AA+REPUBLICA+NACIONALISTA.PNG

"Passado,presente e futuro."
"Vida,morte e renascimento."

http://2.bp.blogspot.com/-8HcNYOHCcyI/UzsHv1o3W9I/AAAAAAAAGmM/Mretw5wMQjA/s1600/NS+vs+democracia+41.PNG

Percebes agora a mensagem esotérica do "3"?.

UNIDADE.
Luta pela UNIDADE Thor.
https://www.youtube.com/watch?v=oXFTFidOtjs&hd=1

Pedro Lopes disse...

Mudando de assunto.

Isto também é importante.
A arte como era:

http://37.media.tumblr.com/76109e5928a3d9ee071d98ce690b9f57/tumblr_n3omjkesGM1rq01f1o1_500.png

E no que se transformou:

http://24.media.tumblr.com/fc051ec75a9169f02e0c140f2571e1c0/tumblr_n3omjkesGM1rq01f1o6_500.jpg

http://24.media.tumblr.com/e57b5f6062908f2eaab1134ae253729e/tumblr_n3omjkesGM1rq01f1o5_500.jpg

Simplesmente inenarrável.

Pedro Lopes disse...


Já nem disfarçam nem nada....


http://www.telegraph.co.uk/news/politics/ed-miliband/10761625/Ed-Milibands-hope-to-be-Britains-first-Jewish-PM.html

Thor disse...

mas essa notícia está errada e desactualizadíssima.
o judeu Disraeli já foi primeiro-ministro britânico.

Pedro Lopes disse...

Secretária de estado do obonha decora a casa com posters de propaganda soviética.

http://theweek.com/article/index/259887/speedreads-obamas-press-secretary-decorates-home-with-soviet-propaganda

Pode não significar nada mas é no mínimo de maus gosto. Independentemente da merda que é a América um alto funcionário do estado colocar poster de um pais que foi seu "inimigo"(Supostamente), é no mínimo estupidez.