"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

influência armenóide na Europa




















AUTOR: Bertil Lundman, 1956

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

o «anti-semitismo» na URSS sionista

alguns revisionistas e vigaristas da história têm tentado fazer crer que na URSS sionista-marxista, havia muito anti-semitismo e perseguições a judeus.
até o judeu Bronstein (Trotsky) foi morto e tudo (por motivos de divergência política e lutas de poder, mas isso não lhes interessa, claro).
pois bem, o camarada Djugachvilli (filho de judeu) ou Koshba (herói judeu) para os amigos, e que foi casado com 3 judias, dizia isto:

"National and racial chauvinism is a vestige of the misanthropic customs characteristic of the period of cannibalism. Anti-semitism, as an extreme form of racial chauvinism, is the most dangerous vestige of cannibalism...under USSR law active anti-Semites are liable to the death penalty." (Stalin, Collected Works, vol. 13, p. 30).


outro judeu (semi-judeu, com contributos asiáticos e Europeus) , o camarada Lénine, fazia discursos contra o anti-semitismo e os pogroms contra os judeus.

Lenin speaks against Anti-Jewish Pogroms, О погромной травле евреев
video