"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sábado, 31 de janeiro de 2015

naturalidade


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

libertação NS da Ucrânia - 1941

video

pois é...afinal Hitler, o tal que 'odiava os eslavos', fez afinal mais pelos eslavos do que muitos...eslavos. Hitler não 'odiava os eslavos' coisa nenhuma, e sim o bolchevismo que dominava os países eslavos, que, esse sim, os odiava. pode ter havido algum atrito com polacos, mas não especificamente por serem eslavos, e sim pelo que faziam aos Alemães étnicos.
mas o que interessa é andar a fazer documentários sobre a Aurora Dourada e sobre os SS 'alemães' que supostamente mataram e massacraram na Grécia. as atrocidades aliadas, bolcheviques e etc, não interessam nada.
ver também: hyperborea-land.blogspot.com/2011/11/opressao-e-barbarie-nazi.html

domingo, 25 de janeiro de 2015

50 anos sem um monstro...











































se defender a supremacia das raças Arianas até poderia ser um argumento 'bom' para um nacionalista Ariano, já fazê-lo apenas por oportunismo de circunstância e para manter as colónias, é deplorável.
ele gostava tanto dos Arianos, que até achava que os Boers sofriam 'pouco' nos campos de concentração.
mesmo a ideia de supremacia não é aconselhável para o nacionalismo étnico. claro que se fosse Hitler, haveria um terramoto.
colónias essas, onde o genocida de massas Churchill matou, no minimo, 22 milhões de pessoas. a maioria delas com fomes artificiais, entre as quais 6 a 7 milhões de indianos. e tudo para, no final das contas, perder esse mesmo império...























em 1921, utilizou também gás-veneno contra o Iraque, onde matou 500 mil (meio milhão) pessoas. receita que quis utilizar mais tarde também contra os Alemães...


algumas pérolas do criminoso de guerra e genocida Churchill:
'Ou a Alemanha volta ao padrão-ouro ou haverá uma guerra dentro de 5 anos, independentemente de quem der o primeiro tiro' - 1933
'O político que não mente é um irresponsável'.
'A história será gentil para mim, pois pretendo escrevê-la.'
 'A guerra não foi apenas para abolir o fascismo, mas também para conquistar os mercados. Nós poderíamos ter evitado a guerra, se fosse essa a nossa intenção, mas não era isso que queríamos.' - para Truman em 1946

'O crime imperdoável da Alemanha, antes da 2ª Guerra Mundial, foi a sua tentativa de libertar a sua economia do sistema mundial de comércio e construir um sistema de troca independente onde o mundo das finanças não conseguiria ter mais lucro.'. - 1960.

numa das poucas coisas de jeito que lhe terá saído pela boca suja fora, e num ataque de sinceridade, terá dito:
















pior que Churchill, o lacaio dos Rothschilds-Baruchs, só mesmo Estaline e Mao, só esses dois devem ter morto mais gente na história da humanidade conhecida. além de Churchill ser responsável por Dresden, a maior tragédia de sempre na história universal, que matou mais que Hiroshima e Nagasaki juntos (mais de meio-milhão em 14 horas), e ainda de ter bombardeado compulsivamente outras 60 cidades Alemãs, bombardeamentos esses que começaram logo em 1940 no início do seu mandato não-elegido, e não com Dresden 'como vingança' como diz certa propaganda. Churchill que aprovou a bomba atómica no Japão e quis exterminar todos os Alemães, com recurso a gás-veneno e não só.
muita gente o defende por ser um democrata e acha que era tudo uma questão de democracia, mas no final das contas, quem foi eleito não foi ele e sim Hitler (inclusive em 1936)
e muito mais poderia ser dito sobre a criatura que inclusivamente carregava algum sangue judeu nas veias por via materna (não que isso seja muito relevante, se não tivesse nenhum sangue judeu continuava a ser o mesmo monstro). isto é apenas uma resenha. irá sempre existir muita gente a idolatrar este verme e filho da puta, porque o sistema está minado e a história é escrita pelos vencedores...

sábado, 24 de janeiro de 2015

não ao nacional-tropicalismo











































...e sim ao nacionalismo étnico. até porque o tropicalismo também gera situações catastróficas como a do tópico imediatamente anterior.
não é preciso defender racismos histéricos anti-negros para se perceber a inevitabilidade da desgraça quando duas raças diferentes cohabitam no mesmo solo.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

massacre de 61 em Angola











































...e ainda hoje há portugueses a serem mortos em Angola.


terça-feira, 20 de janeiro de 2015

multirracialismo em imagens




























ver também:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/05/genocidio-ariano-pela-violencia-negroide.html

que mais será preciso para as mulheres meterem na cabeça que o resultado das sociedades multirraciais é este?

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

domingo, 18 de janeiro de 2015

islâmicos querem mesquita no Porto...























nem mesmo sendo acusados de atentados, estes gajos refreiam um bocado os ímpetos e a arrogância.
já disse que não sou contra estes invasores terem a sua própria religião, mas mesquitas não é aqui em Portugal e na Europa. mesquitas é lá no caralho do médio-oriente e etc

sábado, 17 de janeiro de 2015

encerrar capítulo Hebdo




























o pasquim Charlie Hebdo ria-se de atentados em Espanha por parte da organização terrorista ETA, que partilha a mesma côr política do dito jornaleco. é por isso que, mesmo que os ataques tivessem sido genuínos, eu não sentiria pena nenhuma das 'vítimas'. não se deve brincar com o terrorismo na casa dos outros nem por piada, mesmo que seja terrorismo das nossas côres políticas, porque o terrorismo também pode vir bater à porta da nossa casa.























e isto não é, nunca foi, uma questão de 'liberdade de expressão'. que o diga o negro Dieudonné.
















muito menos de 'luta anti-terrorista':



Hitler um tirano do pior

 


























"A autoridade do Estado nunca pode ser um fim em si mesmo; pois, se assim fosse, qualquer tipo de tirania seria inviolável e sagrada. Se um governo usa os instrumentos do poder em mãos com o objectivo de conduzir um povo à ruína, consequentemente, a rebelião não é só o direito mas também o dever de cada cidadão."

Adolf Hitler, Mein Kampf

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

islamização não é mito, é facto

Parislão










































Londonistão




mas, independentemente disso, e isto é algo que muitos não percebem...nem tudo o que acontece de mau pode ser atríbuido aos islâmicos. e, além disso, os danos mais perigosos não são causados sobretudo pela 'religião'. até é bom que estes invasores conservem a sua religião e os seus costumes, pois assim não se integram e mesclam-se menos vezes.  pela maneira como falam alguns anti-islamistas fanáticos, até dá ideia que querem que estes invasores abandonem o islão e se integrem na cultura local.

este caso na Bélgica, por exemplo, não foi false-flag. não tem características disso:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2011/12/e-agora-o-que-vao-dizer.html
este caso, mais recente, também não foi false-flag:
hyperborea-land.blogspot.pt/2015/01/detida-por-enfrentar-assassinos-afro.html
este, também não:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2015/01/gangues-pedofilos-muculmanos.html
este, também não:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/10/muslos-prometem-legalizar-violacao-de.html
isto também não:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/02/10-das-norueguesas-foram-violadas-por.html
isto também não:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2013/07/suecia-arder.html
isto também não:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2012/11/sueca-de-87-anos-espancada-por-muslos.html
nem isto:
FONTE
nem isto:
FONTE
etc, etc, etc
só que depois, e isto parece que é difícil de entender por alguns, no meio disto tudo, há, de vez em quando, atentados de bandeira falsa, destinados a colocar a culpa nos islâmicos e poder invadir os países deles à vontade, além de outros objectivos relacionados com segurança. normalmente os casos que não são false-flag e são genuínos, não têm muito destaque nos mé(r)dia. quando são false-flags já têm muito mais cobertura, porque aí já dá jeito ao sistema que se saiba.
óbvio que se os muçulmanos fossem sempre muito bem comportados, era muito mais díficil fazer false-flags para culpá-los, porque teria menos credibilidade, menos realismo e não 'pegava'.
e as false-flag também são muito mais sofisticadas que os ataques genuinamente islâmicos.
há ainda alguns casos de atentados ao menos parcialmente false-flag que só se vêm a descobrir mais tarde, pode ter sido o caso deste:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2012/03/tenham-paciencia-nao-e-loiro-nem-nazi.html
http://www.sott.net/article/246669-Toulouse-false-flag-in-videos-Mohamed-Merah-says-he-was-betrayed-by-French-Intelligence
http://nodisinfo.com/mohammed-merah-busted-as-a-mossad-mole/

sócrates não foi o primeiro











































primeiros-ministros detidos, só mesmo em democracia. por alguma razão é, não?
e não adianta virem os detractores do Nacional-Socialismo falarem na noite das 'Facas Longas' que nem sequer entendem, como contra-argumentação, porque bem antes disso, já em Outubro de 1921, existiu em Portugal a 'noite sangrenta', e ainda antes disso, houve regicídios democráticos quer em Portugal, quer na Rússia, já que o regicídio russo não foi 'marxista' e sim democrático (Kerensky), além de banhos de sangue ininterruptos em França, provocados pelos primeiros democratas da era moderna, durante meia-dúzia de anos seguidos sem parar. e já depois do 25 de Abril, tivemos em Portugal o 'ajuste de contas' chamado Camarate, com patrocínio da cia.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

hipocrisias....
























reunião maçónica contra o terrorismo.
mas então se é contra o terrorismo, o que faz ali o terrorista Netanyahu?  é só hipocrisia ou é também falta de vergonha na cara?  isto é o mesmo que o Bush participar em reuniões contra o terrorismo...

alguém acredita mesmo que é só 'coincidência' terem ido encenar mais um bocado para um supermercado kosher num bairro judeu de Paris e agora aparecer o Netanyahu junto aos corruptos, como quem não quer a coisa?
http://nodisinfo.com/desperate-zionists-fake-kosher-market-siege-hostage-death-cover/































é que, se é apenas 'coincidência', então é uma coincidência felícissima, daquelas que vêm mesmo, mesmo a calhar, para quem anda a querer desesperadamente angariar simpatia para o estado terrorista de israel a todo o custo. os 'terroristas muçulmanos' matam cartoonistas judeus e, de seguida, escolhem precisamente um bairro judeu e um supermercado kosher para se 'refugiarem'. são supostamente 'mortos', e, de seguida, aparece em França o terrorista Netanyahu tentar aproveitar-se do sucedido como se nada fosse, isto depois de ter ameaçado a França de terrorismo, menos de dois meses antes.

mais provas da farsa:
http://nodisinfo.com/absolute-final-proof-terror-attack-france-staged/
http://nodisinfo.com/fake-muslim-terrorists-created-photoshop-french-terror-hoax/

e aqui também se pode ver que, segundo uma jornalista 'sobrevivente' do Charlie Hebdo (se é que morreu alguém), um dos terroristas tinha olhos azuis:

According to Charlie Hebdo Journalist, one of the attackers had BLUE EYES
video
e como também se percebe, nenhum dos supostos terroristas que apareceram nos média, tinha olhos azuis, o que torna impossível que a 'versão oficial' seja verdadeira e que não tenha havido 'covert operations' com falsas identidades que são deixadas nos veículos de propósito, como expliquei em tópico anterior:


domingo, 11 de janeiro de 2015

Hitler e o ódio racial

"Eu garanto-vos que estou totalmente livre de qualquer ódio racial. É indesejável, em todo o caso, que uma raça se misture com outras raças. Com excepção de alguns poucos êxitos espontâneos, que estou pronto a admitir, o cruzamento sistemático nunca produziu bons resultados. O desejo de permanecer racialmente puro é uma prova da vitalidade e salubridade de uma raça. Orgulho pela sua própria raça – e isso não implica um desprezo pelas demais – é também um sentimento normal e saudável. Eu nunca considerei os chineses ou japoneses inferiores a nós mesmos. Eles pertencem a civilizações antigas, e eu francamente admito que as suas histórias passadas são superiores à nossa própria. Eles têm o direito de se orgulhar do seu passado, assim como temos o direito de nos orgulhar da civilização a que pertencemos. De facto, creio que quanto mais resolutos os chineses e os japoneses estiverem do seu orgulho racial, mais facilmente eu deverei encontrar o sucesso junto a eles.”

Hitler - Bormann Documents (1945).



de facto...se não existe ódio racial algum em declarar que a história e civilização dos japoneses e chineses é superior à dos próprios Alemães e Arianos, então porque raio há-de existir algum ódio racial em dizer que a civilização dos brancos é superior à dos negros? ou que a civilização dos Germânicos é melhor que a dos Eslavos e por aí adiante? a verdade nunca pode ser algo racista, nem supremacista, nem algo cheio de ódio.
amar a própria raça, não implica desprezar as outras. e mesmo dizer que outras são superiores, não implica desprezar a nossa.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

je suis cia lie











pá, sou um profissional com treino militar avançado, mas 'esqueci-me' do passaporte no carro 'sem querer' (lol)...além disso, viro-me para pessoas comuns da rua, num francês perfeito e digo-lhes: 'digam aos média que somos da (CI)Al-qaeda do Yemen!'. como é que há burros que ainda acreditam nesta charada?












ainda por cima, sou também gay e quis ser rapper, o que tem tudo a ver com militância islâmica:
http://nodisinfo.com/terrorists-responsible-for-fake-attack-at-charlie-hebdo-are-zionist-agents/















uso também falsas identidades forjadas, táctica comum em 'covert operations' como no 11/9 e por aí fora...























mais provas e indícios da fraude:



http://nodisinfo.com/hard-proof-use-fake-blood-paris-terror-hoax/


























é também uma 'coincidência' que no passado 23 de Novembro, o criminoso de guerra Netanyahu tenha subtilmente ameaçado a França de terrorismo, caso votasse a favor da Palestina:
video

e que agora, depois do dito 'atentado' venha apelar a uma luta do Ocidente contra o 'terrorismo islâmico' da (CI)Al-Qaeda ou do Isis (Cia+Mossad)
http://vnnforum.com/showthread.php?t=233297

cada qual é livre de acreditar no que quiser, evidentemente, mas...je ne suis pas charlie, je suis cia lie!

detida por enfrentar assassinos afro-islâmicos


















«Woman who was dubbed the 'Angel of Woolwich' for confronting Lee Rigby's Muslim killers
is detained under Mental Health Act three days after 'race rant at Tesco pharmacist'»
(....)

FONTE


Lei de Saúde Mental? só falta porem-na numa gulag ou num campo FEMA para dissidentes. uma mulher de coragem excepcional, esta. o mais irreal é como é que ela vai detida enquanto assassinos continuam à solta.












quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

ataque de Paris pode ter sido fábula (hoax)


video


http://nodisinfo.com/hard-proof-terrorist-attack-france-absolute-hoax/

http://nodisinfo.com/french-islamophobes-fake-attack-newspaper-total-hoax-2/




























...com selo mossad, evidentemente, e Rothschild também, para fazerem as pessoas de estúpidas, palhaças e justificarem ditaduras policiais cada vez mais orwellianas, instalarem o medo, entre outras coisas.
tudo encenado à maneira de Hollywood, sem mortos nem sangue. eu acho que já chega de fazerem das pessoas atrasadas mentais, não?  até a cena das carrinhas da mossad se repete.
já tivémos cinema Isis com selo cia e mossad. já tivemos o false flag do 11/9...que se seguirá mais?