"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

domingo, 29 de março de 2015

os nórdicos e o cristianismo

Que as raças fortes do Norte da Europa não tenham rejeitado o deus cristão é coisa que, na verdade, não honra os seus dotes religiosos, para já não falar do seu gosto. Deveriam ter acabado com este produto da decadência, maléfico e débil. É por isso que sobre elas repousa uma maldição: absorveram, em todos os seus instintos, a doença, a velhice, a contradição - depois disso, nunca mais criaram um deus! Quase dois mil anos, e nem um único novo deus! Ai de nós!, o que continua a subsistir como última palavra, como máximo da força criadora do divino, do creator spiritus no homem, é esse miserável deus do monoteísmo cristão! Esse híbrido edíficio de escombros, nascido do zero, duma ideia e duma contradição, onde todos os instintos de decadência, todas as cobardias e todas as fadigas da alma encontram a sua sanção!

Nietzsche - O Anticristo

quarta-feira, 25 de março de 2015

recuperação financeira

Dívida pública ultrapassa 231 mil milhões de euros














A dívida pública na óptica de Maastricht subiu mais de 6.600 milhões de euros em janeiro face a dezembro do ano passado. Totaliza agora 231.083 milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

FONTE













terça-feira, 24 de março de 2015

segunda-feira, 23 de março de 2015

sábado, 21 de março de 2015

população estrangeira em Portugal (1960-2011)


















tenho perfeita noção de que já existiam estrangeiros e imigrantes africanos em Portugal antes do 25 de Abril, coisa que até disse aqui. contudo, é indisfarçável que o fenómeno só cresceu e só se descontrolou depois do 25 de Abril, isto é, com a democracia abrilesca. e conforme eu também já tinha dito aqui, a população estrangeira está bastante sub-avaliada, devido às naturalizações artificiais e burocráticas.

sexta-feira, 20 de março de 2015

o que é o Labour?






































o Labour é um grupelho anti-branco de marxismo suave.  não que os partidos do Cameron ou do Farage sejam muito diferentes, mas pronto...estes são só um bocadinho mais descarados e assumidos.

quinta-feira, 19 de março de 2015

toponímia céltica


segunda-feira, 16 de março de 2015

miúdo sueco agredido por ter olhos azuis

Sweden: Arab Immigrant Beats Indigenous Boy because of his Blue Eyes

«A 15-year-old boy in Helsingborg has now been convicted now for assaulting and threatening another boy because of his blue eyes.

According to the district court, the 15-year-old asked a Swedish boy about his eye colour, to which the Swede is said to have replied “bluish-green”, an answer that the 15-year-old Arab for an unknown reason found provocative. “Big man are you?” asked the 15-year-old Arab, then leaned over the table and gave the Swede boy a slap.

Two witnesses say they saw the 15-year-old deliver a blow to the Swedish boy and said he continued to beat him during a school break. The 15-year-old was convicted of illegal threats and petty assault and battery.

The 15-year-old himself denies the crime and claims that he was misunderstood because of language difficulties, as his first language is Arabic.

The case has not been classified as a hate crime. 

FONTE

domingo, 15 de março de 2015

psicopata ameaça Irão e Alemanha























FONTE 1
FONTE 2

e depois o Irão é que é mauzinho, terrorista e perigoso. os que ameaçam destruir o Irão e a Alemanha com 20 a 30 bombas atómicas devem ser os 'bons' e os 'injustiçados' ou então os 'desarmados' cheios de moral para ditarem aos outros que armas podem ou não ter.

isto não é a primeira, nem segunda vez que acontece:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2012/02/bondade-dos-nossos-aliados-israelitas.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2013/07/quem-e-pamella-geller.html

e importa também lembrar que já em 1938, estes psicopatas falavam em matar todos os Alemães e até Arianos, como o único meio de conseguir a paz na terra. paz essa, que ironicamente talvez só venha mesmo com o aniquilamento destas bestas sionistas e racistas da face da terra.








sábado, 14 de março de 2015

no-go zone



















dinamarqueses não são bem-vindos na...Dinamarca.

o que é um capitalista?

Capitalismo não é uma coisa, mas sim uma relação para com ela. Não são as minas, fábricas, imóveis e terrenos, instalações ferroviárias, dinheiro e acções, as causas da nossa necessidade social, mas sim o abuso destes bens do povo. O capitalismo não é nada mais que a usurpação do capital do povo e, de facto, esta definição não encontra a sua definição na limitação da pura economia. Ela tem a sua validade ampla em todas as áreas da vida pública. Ela representa um princípio. Capitalismo é, sobretudo, o uso abusivo dos bens comuns, e a pessoa, que comete este abuso, é um capitalista."

Uma mina existe para fornecer carvão ao povo, para que ele tenha luz e calor. Fábricas, casas, propriedades e terrenos, dinheiro e acções, existem para estar ao serviço do povo, e não para tornar escravo um povo. A posse destes bens não proporciona somente direitos, mas deveres. Propriedade significa responsabilidade, e não apenas com o seu próprio bolso, mas perante o povo e seu bem-estar. No início, as minas estavam lá para servir à produção, e a produção existe para servir ao povo. Não foi o dinheiro que descobriu as pessoas, mas sim as pessoas que inventaram o dinheiro, e para que ele lhes sirva, não para que as subjugue.

Se eu abuso dos bens económicos para torturar e fazer sofrer o meu povo, então eu não sou digno da posse destes bens. Então eu inverto o sentido da vida no seu oposto, eu sou um capitalista da economia. Se eu promovo abuso de bens culturais, por exemplo, se eu me aproveito da religião para motivos económicos ou políticos, então eu sou um mau administrador do bem a mim confiado, um capitalista cultural. O capitalismo se transforma num instante nas mais intragáveis formas, onde os motivos pessoais, os quais ele serve, se sobrepõem ao interesse de todo o povo. Parte-se então das coisas e não das pessoas. O dinheiro torna-se então o eixo, em torno do qual tudo gira. (...) 

Joseph Goebbels, 15 de julho de 1929



ser capitalista ou acumular dinheiro, não é, nunca foi a mesma coisa. só quem comete abusos é que é um capitalista. gostei especialmente da expressão 'capitalista cultural', acho-a particularmente feliz. é um facto que o capitalismo usa alienações como desporto, religião (sobretudo cristã) e outros entretenimentos para as pessoas se esquecerem das suas desgraças ou aceitarem-nas e serem escravas. se o marxismo cultural é uma realidade inegável, também é verdade que há um certo capitalismo cultural.

sexta-feira, 13 de março de 2015

a invasão é também chinesa

































eu nada tenho contra os chineses. até os admiro. mas o lugar deles não é aqui. e estas fotos, são apenas a ponta do icebergue. porque os chineses não só invadem eles mesmos, como criam mais invasão uma vez cá dentro...

imigrantes chineses são os que têm mais crianças
chinês trouxe para Portugal mais de 1000 ilegais

economia é pseudo-ciência