"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

terça-feira, 10 de março de 2015

um monstro chamado corporatismo


























































































4 comentários:

Pedro Lopes disse...


É uma coisa de arrepiar.
Uma besta de proporções bíblicas.

Aquele homem do bigode que todos apelidam de tirano e maior vilão de todos os tempos é que tinha a razão toda.





Pedro Lopes disse...

Aqui há um tópico sobre o holoconto.

Não é um site de nacionalistas nem anti-sionsitas. É sobre temas em geral.

http://informacaoincorrecta.blogspot.pt/2015/03/o-holocausto-parte-i.html

Estou curioso para ver a reacção.

Anónimo disse...

Eu, Antonio Caleari, cidadão brasileiro, declaro, para todos os efeitos legais, que, caso seja aprovada uma lei que criminalize a “negação do Holocausto” no Brasil, virei a público, no primeiro dia de vigência desta norma infame, ilegítima e inconstitucional, para me autodenunciar diante das autoridades competentes, uma vez que, resoluta e deliberadamente, incorrerei neste delito de opinião.
http://malleusholoficarum.com.br/pt_BR/index.php/autodenuncia-delito-de-opiniao/
-----------------------
Não eram árabes aqueles que assassinaram Jesus, Filho de Deus, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que promoveram e mais lucraram com a 1ªGM, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que saquearam e chacinaram o povo russo no golpe bolchevique, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que causaram a "Grande Depressão" de 1929, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que promoveram e mais lucraram com a 2ª GM, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que inventaram a bomba atômica, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que lançaram duas bombas atômicas sobre o Japão, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que assassinaram o presidente JFK, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que espionaram e traficaram a bomba atômia à URSS, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que traficaram a bomba atômica á China, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que atacaram o navio USS Liberty, eram judeus.
Não eram árabes aqueles que praticaram o 9/11, eram judeus.

Alguém quer continuar? Ou quer contestar?

http://www.germanvictims.com/2014/09/23/it-wasnt-arabs/

Thor disse...

nem mais, caro amigo.
mas só umas coisinhas: não foram judeus que inventaram a bomba atómica, eles só copiaram e roubaram os planos, nada mais.
quanto a matarem jesus, caguei nisso, pois jesus era outro judeu sarnento.
independentemente de ele ter ou não lutado contra os romanos, não passou de um judeu globalista à sua época.
não é o terem morto jesus que faz os judeus serem maus.
aqui não se defende religiões semitas, atenção.

e eu acrescento a essa lista:
também não foram àrabes que fizeram o Vietname, a guerra da Coreia, Dresden, Hamburgo (Gomorra), o Iraque e etc
não foram àrabes que fizeram o genocídio Morgenthau
não foram àrabes que fizeram o Holodomor
não foram àrabes que fizeram o plano Kalergi, o plano Kaufman, o plano Hooton, o plano Nizer, etc
não foram árabes que idealizaram o Melting Pot, Pax Judaica, Paideiagate, Republica Universal Judaica, Holocausto Revolucionário, Programa Racial para o Século XX, etc
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/08/exterminar-toda-raca-alema-judeu-louis.html

não foram àrabes que disseram coisas como «Our Race is The Master Race» ou «os Arianos são racial trash», ou «Abolir a raça branca é a chave para resolver os nossos problemas» ou «os Gentios existem apenas para servir os judeus, sem isso não têm lugar no Mundo» ou «Nós judeus somos os destruidores e iremos destruir eternamente porque precisamos de um Mundo só nosso» ou «Os goyim são gado» ou «Os palestinianos não são mais do que animais e não merecem viver» e muitas outras pérolas como as que surgem no Talmud:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/07/racismo-vamos-ler-o-talmud.html

http://4.bp.blogspot.com/-BpOM_0BJIU8/VG0r8Jm_frI/AAAAAAAADAM/94wBO4uSiOc/s1600/agoRTOd.jpg


também não foram àrabes que fizeram o ataque ao Hotel David King em 1946, facto que ainda recentemente celebraram, pelo menos em 2006, tal como ainda hoje celebram a false-flag do 11/9 no Purim...

também não foram àrabes que financiaram o bolchevismo através de Wall Street e de banqueiros lacaios dos Rothschild.

também não foram àrabes que declararam guerra à Alemanha em 1933.

também não foram àrabes que mataram 66 milhões de russos, e mais alguns milhões de ucranianos, baltas, e outros eslavos.

também não foram àrabes a matar palestinianos numa base quase diária.

também não foram àrabes a fazer o Lavon Affair, o US Cole, etc, já que falaste no USS Liberty...

também não foram àrabes a fazer a I Guerra Mundial e a matar 17 milhões só para sacar a Palestina à Turquia.

também não foram àrabes a matarem o czar russo, ou a matarem milhões na revolução francesa e nos anos subsequentes.

etc, etc, isto podia continuar eternamente.

https://peterquiggins.files.wordpress.com/2013/05/zionist-guilt.jpg