"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Putin compara NS a terrorismo e narcotráfico

Colleagues, this period of unipolar domination has convincingly demonstrated that having only one power centre does not make global processes more manageable. On the contrary, this kind of unstable construction has shown its inability to fight the real threats such as regional conflicts, terrorism, drug trafficking, religious fanaticism, chauvinism and neo-Nazism. [...]

 ______________________________________________________

 [...]According to Putin, a unipolar world set-up has clearly demonstrated that the emergence of one dominating power center has not made global processes more manageable. “Moreover, such an unstable set-up has proven to be ineffective in dealing with real threats such as regional conflicts, terrorism, drug trafficking, religious fanaticism, chauvinism and neo-Nazism,” Putin told a meeting of the Valdai international discussion club.[...]

FONTE


filho da puta e psicopata Putin volta à carga, desta vez com demagogia a roçar o rídiculo e o nojo. comparar neo-nazismo com terrorismo e tráfico de droga, quando é sobretudo o nazismo e o fascismo que combatem a merda da droga, e não a laia democrática e semi-bolchevique dele, antes pelo contrário.
quanto a terrorismo, terrorismo é apoiar radicais islâmicos ou meter nacionalistas na prisão. isso sim é terrorismo. os 'conflitos regionais' que ele vê como 'ameaça' são simplesmente nacionalismos sufocados ou então problemas do islamismo que ele não conseguiu resolver.
tudo é ameaça, o nazismo, o terrorismo, a droga, o regionalismo, o fanatismo religioso...enfim, só a merda bolchevique não é ameaça, vá-se lá entender porquê!:




quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Nacional-Socialismo contra tirania




sangue, terra, honra, lar, tradição, família, respeito, hierarquia, civismo, civilização, liberdade, disciplina, homogeneidade racial, homogeneidade étnica, monoculturalismo, nacionalismo, solidariedade, honestidade, justiça, segurança, coesão, união, camaradagem, arianismo, nobreza, orgulho, trabalho, lealdade, espírito de grupo, humanismo, socialismo, heroísmo, bravura, Natureza, ambientalismo, respeito pelos animais, arte, criatividade, natalidade, racialismo, anti-racismo genuíno, tribalismo, laços, raízes, militarismo, esteticismo, virilidade, classe média, heterossexualismo, espiritualidade, masculinidade, feminilidade, qualitatividade, decência, eugenia, excelência, meritocracia, privacidade, liderança, desporto, atletismo, saúde, renascimento, sabedoria, estudo, conhecimento, evolucionismo, etc, etc




















crack, heroína, coca, casinos, cosmopolitismo, arranha-céus, boates, alcool, assaltos, violência e criminalidade constantes, violações, restaurantes e lojas de todos os lados do Mundo, mcdonalds, coca-cola, multiculturalismo, multirracialismo, miscigenação, homossexualismo, travestismo, prostituição em massa nas ruas, sado-masoquismo nas ruas, cinema gay, degeneração, doenças, liberalismo, feminismo, oligopólios chineses, indianos, àrabes, africanos e judeus, trânsito caótico, barulho infernal, lixo nas ruas, poluição ambiental, poluição sonora, drones, câmaras de vigilância, sociedade policial e securitária orwelliana, impessoalidade desumana, terrorismo de bandeira falsa, guerras raciais, tiroteios contra a polícia, carjacking, mtv, rap, hip-hop, sexo e a cidade, racismo anti-branco, tráfico de orgãos e de seres humanos por gangues chineses, hispânicos, islâmicos, judeus, etc, favelas, helicópteros, etc, etc

mocidade e hitler jugend em Dresden



















ano de 1936. no meio, de casaco preto, Nobre Guedes. e embaixo, sentados no chão, vários elementos da mocidade.
ver também:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/06/mocidade-e-hitlerjugend.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/03/ligacoes-ns-fascismos-mediterranicos.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2011/06/o-racismo-nazi-contra-o-sul-europeu.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2011/05/apesar-de-tudo.html

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

prisioneiro político























o seu crime é não deixar morrer o seu povo, alimentá-lo, defendê-lo, não ser corrupto nem filho da puta e andar de espinha direita nesta vida.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

anti-negacionismo...selectivo




















anti-negacionismo sim...mas só para alguns.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Gorla - mais um genocídio dos «bons»
















ataque à bomba dos aliados no dia 20 de Outubro de 1944 a uma escola básica de Milão no bairro de Gorla, Escola Elementar Francesco Crispi, causando a morte de 184 crianças e dos professores todos. o ataque foi feito por 103 bombardeiros B-24 norte-americanos.























um cartaz da R.S.I. (Républica Social Italiana - metade norte da Itália livre da ocupação aliada, ver aqui) que diz: "os 'libertadores' passaram".
porque, de facto, libertações é com eles:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/09/eisenhower-o-genocida-plano-morgenthau.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/09/libertacao-aliada-em-franca.html
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2011/07/libertacao-paz.html  

aliados, 'democratas' e marxistas, simplesmente a maior escumalha da face da terra.

ver em FONTE e FONTE

domingo, 26 de outubro de 2014

mais uma vantagem da imigração - VIH/Sida

Imigrantes representam 20% dos novos casos de VIH

A maior parte destes casos ocorreram nos imigrantes provenientes de países de África subsariana, na sua maioria dos PALOP.

Cerca de 20% dos novos casos de infeção por VIH/sida notificados em Portugal em 2013 ocorreram em imigrantes provenientes de países da África subsariana (três em cada quatro dos infectados), nomeadamente de países de língua portuguesa, incluindo o Brasil e Timor.
"Em relação aos emigrantes que vivem em Portugal, o que sabemos é que o número de novos casos nesta população tem diminuído, a partir de 2010, altura em que atingiu o pico máximo", disse António Diniz, diretor nacional do VIH/sida em Portugal.

A grande maioria dos imigrantes vive em Portugal há mais de cinco anos, residindo 29,3% na Margem Sul e 21,5% no concelho da Amadora. O responsável defendeu a adopção de melhores estratégias para prevenir que a infecção se transmita dentro da comunidade, referindo que "há que desenvolver uma atenção particular à população imigrante em Portugal e, particularmente, em relação à população proveniente de países de língua portuguesa, porque as taxas de infecção destas pessoas nas suas comunidades são elevadas".

Desde o lançamento do projecto "Vamos Ganhar Defesas", em 2010, a Liga Portuguesa contra a Sida tem vindo a divulgar informação a grupos específicos e vulneráveis de imigrantes oriundos da CPLP sobre boas práticas de saúde, nomeadamente sobre a alimentação adequada e equilibrada, manutenção dos cuidados de higiene e prevenção das doenças infecciosas.


FONTE

antifascista = sub-humano















é isso mesmo. às vezes vale mais um negro fascista que goste do seu país, do seu povo e da sua nação, que não seja piegas, antirracista(anti-branco) e nem se arme em vítima do que um filho da puta anti-fascista que está sempre contra o seu próprio povo, contra os que o defendem e querem preservar, mas nem sabe muito bem explicar porquê.
embora sabemos que isso dos cérebros serem iguais é mentira, mas no caso pouco importa. serviu só para ilustrar o que disse acima.

sábado, 25 de outubro de 2014

foi sem querer...era para os curdos









FONTE


esta devia ir directamente para a etiqueta "humor".
a turcaria até devia estar agradecida, já que também ela apoia o Estado Islâmico e tem um problema grave com os Curdos.
não sei quem é que eles pensam que enganam. só se enganarem lá as manadas deles que acreditam em tudo, e mesmo assim uma boa parte está despertada já.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

«rebeldes sírios»




























estes são os rebeldes 'sírios' que o queniano Soetoro andou a financiar aqui há tempos:
http://hyperborea-land.blogspot.pt/2013/07/queniano-quer-desarmar-eua-mas-arma.html

lol sírios mesmo, nenhuns ou praticamente nenhuns. aquilo é uma mescla de nacionalidades, etnias e raças.
mas segundo a propaganda dos mérdia e do queniano, eles são uns coitadinhos oprimidos pelo Assad.
eles nem sírios são, mas andam a ser 'oprimidos' pelo Assad, é de rir.

por 'coincidência', aqui há poucos meses atrás, esses mesmos 'rebeldes sírios' ofereceram os montes Golã a israel em troca de armamento israelita:
http://www.nationell.nu/2014/08/12/muslimska-rebeller-erbjuder-israel-golanhojderna/
http://www.ynetnews.com/articles/0,7340,L-4499296,00.html

isto, quando o território já é israelita, embora continue sob disputa. claro que os 'rebeldes' ofereceram, pois eles nem sírios são, logo aquilo não lhes diz nada.  e aqui há cerca de 1 mês atrás, israel abateu um caça Sírio, mas desta vez mesmo Sírio a sério, nos montes Golã:
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=4140158

caças Sírios não podem sobrevoar os montes Golã ocupados, mas 'rebeldes' supostamente 'sírios', já os podem atravessar lol

de lembrar que já em 2008 e doutras vezes, israel tinha 'prometido' ou 'ameaçado' abandonar e entregar os montes Golã à Síria, o que logo despertou uma comovente reacção da corja filo-sionista. olha como eles são bonzinhos, vão já entregar os montes Golã e tudo lol...claro que, para variar, não cumpriram coisa nenhuma do que prometeram e lá continuam de pedra e cal.





muslos prometem legalizar violação de Arianas


concurso miss Hitler na Rússia




























estas são algumas das candidatas. pessoalmente de 0 a 10, nota 10 para a sua beleza.
os critérios de participação são:
- ser mulher
- ser nazi
- ser uma mulher nazi
- ser uma mulher que odeia judeus
- ser membro do grupo "Adolf Hitler"
- publicar uma foto nazi sexy 
- conseguir outros nazis para gostar da sua foto
- não insultar fotos de outras concorrentes

o nome oficial do concurso é Miss Ostland 2014, Ostland foi o nome dado pelos Nacionais-Socialistas ao regime de libert...ahan, de ocupação nos Países Bálticos a partir de 1941. e perguntem aos Eslavos do Báltico se gostaram ou não gostaram de serem ocupados pelos Nacional-Socialistas.

não meto aqui o link para nenhuma notícia, porque todos eles são intelectualmente desonestos, falam de supostas 'atrocidades nazis', mas nada de atrocidades dos Eslavos (como violações e etc), tal como do resto dos Aliados. farto desta hipocrisia intelectual.  e se fosse 'Miss Churchill', já podia ser? e 'Miss Estaline'? 'Miss Roosevelt'? 'Miss Eisenhower'? 'Miss Truman'? 'Miss Bush'? 'Miss Mandela'? podia ser?   não houve já um 'Prémio Lénine da Paz'? tendo inclusivamente sido ganho por pilhas de criminosos como Ehrenburg, Cunhal ou o próprio Mandela?
então qual é o escândalo de haver um concurso 'Miss Hitler'? algum desses mencionados acima deixou de matar muito mais gente e, sobretudo, mais inocentes do que Hitler?

e como sempre usam a velha táctica de tentar virar Arianos contra Arianos, táctica já usada contra o Sul da Europa, algo assim "como podem vocês apoiar os Nacionais-Socialistas? eles iam exterminar os sul-europeus!".  a táctica também é usada contra os Eslavos NS, para que não se diga que é só contra Portugal, Espanha, Itália e etc
esquecem várias coisas, Nacional-Socialismo não é uma ideologia só para Alemães, mas para todos os países e nações.
pessoalmente acho que Hitler errou ao depreciar os Eslavos e nalgumas afirmações sem nexo que terá feito, mas também não é tanto assim como dizem, de que Hitler "odiava" os Eslavos.
os Eslavos também não eram uns "santos", como se prova pelo tratamento que muitos alemães étnicos recebiam de Polacos(Eslavos) naqueles territórios, onde inclusivamente muitos milhares foram mortos, o que depois terá precipitado algumas atitudes infelizes de Hitler, como por exemplo, querer facilitar o aborto de Polacos. o que importa ter em conta é que houve erros de parte a parte e Hitler reagiu emotivamente, mas erradamente. não se pode julgar só por um lado sem ver o outro.

concordo que os Alemães e Germânicos no geral sejam estruturalmente superiores aos Eslavos, mas isso não significa que os Eslavos sejam "porcaria". os Eslavos são um grande grupo étnico, com o qual simpatizo e sempre simpatizei, seja com Russos, Ucranianos, Bálticos, Polacos, Checos ou mesmo Sérvios, Croatas, etc, etc
digamos que Germânicos e Eslavos são dois excelentes grupos étnicos Arianos, em que um é estruturalmente melhor que o outro, só isto.
é correcto dizer que Hitler não tinha grande simpatia pelos Eslavos. mas não os "odiava". quem odiava os Eslavos realmente, era a pseudo-elite bolchevista-talmudista.
se Hitler odiasse os Eslavos, não tinha libertado o Báltico nem pelo menos temporariamente a Hungria e outros países de Leste das garras do bolchevismo criminoso e sanguinário (já sei que a origem étnica da Hungria é discutível, mas pelo menos magiares não os considero)

quanto à teoria que Hitler queria germanizar os Eslavos, é falsa. para sustentar essa teoria, muitos referem o Lebensraum (espaço vital). o Lebensraum não retirava assim tanto território aos Eslavos e nem implicava sequer a sua "germanização" mas sim a sua deslocação mais para Leste. e o Lebensraum, ao contrário do que pensam alguns ignorantes ou do que dizem historiadores "mainstream" politicamente correctos, não teve um c****** a ver com a invasão da Rússia. a invasão da Rússia foi decidida de rompante e foi um ataque preventivo contra uma invasão bolchevista já no virar da esquina.
um dos vários objectivos do Lebensraum era precisamente servir de tampão e conter a expansão bolchevista, que poderia ameaçar e ficar próximo do coração e do centro da Alemanha



























Lebensraum jamais iria até à Rússia como pensam muitos ignorantes. no máximo apanhava a Polónia e ficaria mais ou menos na fronteira da Polónia com a Ucrânia (mais coisa, menos coisa) e apanhava ainda parte da Checoslováquia (protectorado da Bohémia e da Morávia), mais ou menos o território que hoje corresponde à Rep.Checa. apenas isto.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

capitalismo é subversão


sim, é exactamente isso. é um processo que eu já descrevi mais ou menos aqui: http://hyperborea-land.blogspot.pt/2010/03/os-extremos-tocam-se.html
mas o capitalismo não é apenas subversivo porque quer subordinar toda e qualquer discussão ao economicismo cego, tal como a política.  o capitalismo é também subversivo porque vira autêntica e deliberadamente irmãos contra irmãos, porque cria uma cultura de corrupção, de passar a perna, de vale-tudo, de "deixa fazer", de individualismo e egoísmo feroz e selvagem. mais até do que propriamente "materialista", o capitalismo (tal como o marxismo) é, isso sim, economicista e dinheirista.
pobres dos que acreditam que iniciativa privada e capitalismo é a mesma coisa. não é a mesma coisa, nem pouco mais ou menos. iniciativa privada, competição saudável e meritocracia é algo que qualquer gajo com dois dedinhos de testa defende.  capitalismo é simplesmente um crime organizado de especuladores e banqueiros que acumulam obscenamente e enriquecem sem se esforçarem nem fazerem um cú, a não ser f**** os outros...normalmente toda a gente! não tem nada a ver com mérito e sim corrupção e roubo.
o capitalismo até asfixia e mesmo destrói a iniciativa privada quando lhe convém e nos casos em que convém.
o capitalismo destrói alguma iniciativa privada e comércio por ganância de corruptos e grandes capitalistas de empresas monopolistas por mais e mais lucro. o capitalismo marimba-se na identidade dos povos (que para ele nem existe) e introduz imigração em massa do 3ºmundo como mão-de-obra barata por sede de mais lucro imediato.
o capitalismo trata esses imigrantes como animais e mercadoria quase escrava, mas quando confrontado com os problemas dessa imigração desregrada, responde que os imigrantes não são números, o que é de uma hipocrisia e cara de pau atroz.
falar de raças, etnias, nações, tradições ou até mesmo humanidade no geral com um típico liberal-capitalista, é a mesma coisa que falar para uma parede. a resposta típica de um liberal é: "a chave está na economia estúpido!". só que a economia não surge do nada, ela é dirigida pelo homem ou pelos homens, e o homem é, antes de mais nada, um ser. um ser com raízes, com história, tradições, passado e etnia e portanto a economia não existe separada da Natureza e muito menos anteposta a esta. e portanto a visão capitalista-liberal que antepõe a economia em relação a tudo, é anti-natural, logo subversiva.
mas o capitalismo vai também ao ponto de criar uma linguagem técnica ou tecnocrática, quase hermética para o cidadão comum, uma linguagem complexa, obscura, aborrecida e pesada que domina praticamente todos os debates políticos, para o cidadão comum não se aperceber que, no fundo, tudo se resume em tirar-lhe o seu dinheiro com austeridade e depois justificá-la com discursos muito "sérios" e "realistas" na televisão.
e essa linguagem tecnocrática, além de esconder ou "justificar" o roubo, tem também a finalidade de afastar do debate qualquer outro tema que não o economicismo puro e duro, pois parece não haver nada mais importante e sério a debater, pelo tom da linguagem tecnocrática e pretensamente "séria" e "grave" que intimida os incautos.
o capitalismo subverte a noção de que o dinheiro serve apenas para trocas comerciais e para medir o valor das coisas ou do trabalho. para o capitalismo, o dinheiro é um fim em si mesmo, mais importante que os homens e acima destes...quanto mais dos países!
mas ninguém seja parvo ao ponto de pensar que os capitalistas de topo não estão atentos aos países ou não ligam a história, tradições e etc, etc...sim, ligam a isso tudo, mas normalmente com intenção de destruir essas tradições, essa história, esses países e até as etnias.
como expliquei no tópico já antigo de 2010, o capitalismo venceu o marxismo porque se adaptou melhor. ele foi "escolhido" como o sistema ideal pela pseudo-elite globalista depois de esses dois sistemas terem competido e rivalizado entre si durante a chamada "guerra fria". essa "guerra" mais não foi do que uma fase de teste onde a corja globalista pôde analisar e estudar calmamente qual dos dois sistemas lhe serviria melhor e qual o mais adequado.

rectificação
















2 tópicos abaixo deste, publiquei uma foto polémica de Portas com o ex-papa Ratzinger (mais conhecido como Bento XVI) e tinha prometido de que se visse evidências que era falsa, cá estaria para dar a mão à palmatória e assim será. pois bem, a imagem era mesmo falsa, embora muito bem manipulada.
a versão real é esta, o papa Ratzinger com Safwad Hagazi, o imã do Cairo.
mas só o "submarinos" sai um pouco menos queimado da situação, embora continue a ser um homossexual dentro do armário (mas não exibido) e um pedófilo que usa perucas para violar miúdos (segundo processos pouco divulgados e conhecidos do grande público).
já relativamente quer ao Ratzinger, quer aos comentários que fiz da igreja, pelos vistos mantém-se tudo de pé, ponto por ponto, sem faltar vírgula.
agora, desta feita, em vez de saírem mal tratadas 2 entidades, saem assim 3. o cds e Portas continuam a ser tudo aquilo que eu disse 2 tópicos abaixo deste. o cristianismo, o vaticano e a igreja idem aspas, e agora até o islão fica queimado e comprometido, pois uma autoridade religiosa de um credo que tem fama de perseguir e castigar duramente homossexuais ser apanhado numa figura destas, retira alguma credibilidade e coerência ao mesmo. será talvez um vírus semita do deserto.

Soros e israel






















não é sionista, nem praticante judeu mas tem preocupação profunda pelo sobrevimento de israel...
mas defender o sionismo ou defender israel não era a mesma coisa?
eu acho que a esmagadora maioria dos adeptos do sionismo dirá que sim.
então esta distinção entre ser sionista e ser pró-israel só tem de facto uma explicação: é parte de apenas mais uma estratégia de controlo mental com recurso a joguinhos de palavras ou semântica. a mesma táctica usada, por exemplo, em Portugal pelo pcp que consiste em dizer que uma coisa é o sionismo (terrorismo de Estado israelita, comandado pelos EUA, etc), e outra coisa é israel como nação/povo



















sim, eu sei que Soros não é propriamente marxista, mas por acaso é da esquerda liberal fabiana.
mas admitindo que israel e sionismo são coisas diferentes, então isso dá razão a quem anda a dizer que o sionismo é uma coisa muito mais abrangente do que a terra da palestina.
então o sionismo seria a "grande israel" mais os crimes/atrocidades israelitas+americanas, e pró-israelismo seria apenas o povo judeu a viver em paz na zona da palestina?
no essencial, eu penso que esta é a única "nuance" (que nem é nuance) que separa o discurso (e eu disse apenas discurso) da direita neocon extremista pró-israelita, da esquerda (liberal ou não) um pouco menos sionista. mas semânticas à parte, ambos os lados são sionistas.
a única diferença é que a direita neocon extremista acha que israel pura e simplesmente nunca comete erros ou crimes, nunca mata nem genocida ninguém, só se "defende" e jamais pode ser criticada sob pena de essa crítica, por mais justa ou moderada que seja, ser rotulada como "anti-sionismo" ou "anti-israel".
o que é tão imbecil como alguém acusar alguém de "anti-americanismo" só porque critica o Bush ou o acusa a ele e à sua administração de ter pactuado com o 11/9, por exemplo.
qualquer um que seja normal, sabe que a crítica à política de um estado em concreto, não implica ser contra esse país.



















um exemplar das FEMEN patrocinadas pelo judeu Soros "não-sionista", mas pró-israel.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

com exemplos destes...

















não é novidade para ninguém que Portas é um homossexual no armário. mas vê-lo assim escancarado e exibido é outra coisa. o partido que ele lidera é um antro de gays, pedófilos, negros, cripto-judeus, ladrões, criminosos, maçons e mafiosos da opus dei, mas armados em "gente fina" e cheia de "moral".  o cds-pp só tem proporcionalmente menos maçons que o ps e psd na exacta medida proporcional em que tem mais membros da opus dei.  é por isso que não quero nada com essa direita imunda, no caso centro-direita, muito democrática e "moderada", que de "moderada" não tem nada, excepto a posição que ocupa no espectro politico, e à qual decidi passar a chamar direitralha porque é, de facto, de tralha que estamos a falar.
acho que "direitinha" é um termo demasiado carinhoso para esta escumalha e transmite uma falsa ideia de inofensividade. falsa, porque o cds-pp é perigoso e não inofensivo.
só respeito as direitas anti-democráticas e de espinha direita, aquilo a que os experts chamam de "radicais".
as direitas que não admitem concessões ao homossexualismo, multiculturalismo nem a democracias liberais.

quanto à igreja, isto só surpreende quem andar muito distraído e desatento às notícias mais recentes:
http://www.ionline.pt/artigos/portugal/sinodo-revela-revolucao-na-forma-igreja-abordar-homossexuais
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=738126

é por isso que, ao contrário de muitos nacionalistas, eu não tenho um pingo de tolerância ou de compreensão para com a igreja católica e ao contrário deles, não me coíbo de denunciar coisas destas, uma vez que "aquilo" é encarado pelos líderes como uma negociata circunstancial.  ou seja, andam ao sabor do vento e da "mudança social". como já expliquei aqui, para eles tanto faz a manada ser heterossexual ou homossexual, branca ou castanha. eles querem é controlar e ter poder.
não encaro, de forma alguma, o cristianismo como algum aliado de jeito dos nacionalismos, mas sim como um inimigo perigoso e um cavalo de tróia interno (redundância, eu sei)

terça-feira, 21 de outubro de 2014

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Putin contra nacionalismo agressivo















FONTE


Poutine sabe perfeitamente de onde vem o perigo, daí que isto já não seja notícia em si.
ver também: http://hyperborea-land.blogspot.pt/2014/05/putin-contra-nacionalismo-militante.html

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

barbárie antidemocrática vs democracia

 "ditadura":



democracia:






uns libertam a sua própria população e também a dos outros países. 
já outros...enfim, prendem gente do seu próprio povo, como na imagem da "desegregação" de Little Rock (sinónimo para totalitarismo anti-branco), matam milhões dos outros países como nos campos de morte na Alemanha, prendem gente em prisões como Guantánamo, torturam, agridem e prendem manifestantes normais, mas as imagens de cima são da "ditadura", enquanto as que se seguem mais baixo são da "liberdade".
quem achar que isto são imagens "seleccionadas", então que ponha aqui imagens dos campos de concentração na Alemanha, ah mas não se esqueça dos campos de futebol, ou das salas de lazer e costura. 
e nada de fotos forjadas e fabricadas. importa ainda não esquecer que as democracias prendem e torturam o seu próprio povo, enquanto o Nacional-Socialismo prendeu na sua maioria não-nativos, como judeus e ciganos, que não estavam na sua terra, além de alguns traidores nativos, como marxistas e anarcas, e ainda assim tratou-os melhor que a democracia trata os seus habitantes.

ébola continua a matar












FONTE


desta vez na Alemanha. e há outras pessoas já contagiadas.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

democracia: 200 anos de guerra ininterrupta!

























































é guerra atrás de guerra, genocídio atrás de genocídio, bombardeamento atrás de bombardeamento, mortes atrás de mortes, invasões atrás de invasões e sentem-se ainda com moral para apontar o dedo a quem quer que seja?  ontem era o Iraque que tinha "Weapons of Mass Destruction", hoje é a Síria e o Irão que isto e aquilo, etc, etc todos são maus e culpados, excepto eles, a cúpula genocida maçónico-democrático-americana.
e ainda aqui falta muita coisa, como o financiamento do governo Kennedy a grupos terroristas marxistas em Àfrica durante a guerra colonial, falta Gaza, falta o terrorismo do 11 de Setembro e outros genocídios, como o de Eisenhower e dos aliados na Alemanha do pós-guerra, etc, etc
quantos países invadidos? e bombardeados? e destruídos? e roubados? quantas mortes?
e em nome de quê? do negócio de venda de armas? do grande dinheiro dos globalistas sionistas, como Rothschild, Rockefeller, Greenspan, Soros e outros? do supremacismo sionista? da democracia?
simplesmente esta escumalha não "pode" parar de bombardear e invadir os outros países. não pode, não quer, não consegue, é mais forte do que eles. é contra a sua natureza.
e vistas as coisas, os tais 200 e poucos anos quase seguidos de guerras, coincidem mais ano, menos ano com a ascensão da merda maçónica e democrática.
a ascensão maçónico-democrática é uma espécie de idade das trevas. esperemos que não dure 1000 anos. o que sabemos é que já leva mais de 200 anos (240-230), quase 1 quarto (1/4) de milénio.