"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

«justiça» anti-Ariana

2 comentários:

N disse...

Os judeus conseguiram sobretudo nos últimos 15 anos subverter a Inglaterra a um nível de decadência moral e biológica pior que nos EUA. A nível de surrealismo e paranoia estão já próximos da Suécia.

Só que na Suécia há já salvação: O Nordfront.
Em Inglaterra não há(ainda) um movimento político maduro como verdadeira alternativa de salvação. O National-Action tem potencial porque não se vendem - e a lealdade é o factor mais importante -, mas não têm a sabedoria e capacidade de retórica política do Nordfront.
Além disso, foram (ilegitimamente)ilegalizados, e também foram anjinhos ao se deixarem infiltrar por agentes do zog que queriam fazer daquilo falsa oposição como o edl.
Agora obviamente que os próximos tempos serão uma prova de carácter, e eles ao terem a perfeita noção da tirania de que foram alvo, podem voltar mais fortes que nunca.

Mas vejo a situação da Inglaterra de forma muito preocupante... E o Canadá idem aspas; a subversão lá é semelhante. Nos ditos "campus" da faculdade, é só assistir aos debates políticos e o nível de loucura é semelhante e/ou até mesmo pior que um manicómio.
Nos EUA é a mesma coisa, mas os EUA são enormes, e o nível de subversão não é igual em todos os Estados. Os Estados do Sul têm populações muito mais despertas para o problema judaico; e os EUA têm 3 coisas muito melhores que a Inglaterra: Valorizam muito mais a liberdade de expressão, estão armados até aos dentes, e dentro deles existe o espírito revolucionário - e 'basta'(como quem diz...) que este seja bem direcionado para se tornar nacional-revolucionário.

Anónimo disse...

Fuderam com o mundo todo!!! Mas, para fechar o laço sera necessário destruírem a soberania dos EUA em primeiro lugar! O que explica uma afirmação discreta de Bush nos anos subsequentes ao 11 de Setembro sobre os inimigos estarem dentro dos EUA! Ele não estava se referindo aos "terroristas" e sim sobre equipes neo-nazistas norte americanas. Os atentados foram organizados para minar a soberania interna norte americana (entre outras coisas) através do "Patriot-act", implantando a insegurança enquanto aparelharam a FEMA e outras agencias com a intenção de levarem a cabo sua agenda de desarmamento, vigilância e redução da população como descrito na obra 1984 de George Orwell!!!

http://www.dw.com/pt-br/doze-anos-depois-11-de-setembro-ainda-dita-pol%C3%ADtica-de-seguran%C3%A7a-dos-eua/a-17081417

https://youtu.be/3tbp1hERZjI


https://youtu.be/c4_XbElCe8w


https://youtu.be/AttUb_kkB4U


https://youtu.be/AUB7PLV_SHQ


https://youtu.be/YasQWothlZM


https://youtu.be/ORWHlLvMO8o


Tudo para desestabilizar diversos grupos internos norte americanos que a anos buscam colocar os JUDEUS em evidência e gerar um desequilíbrio interno e suas fileiras, diversas investigações sobre os projetos secretos, desvios de verbas, Área 51 e outros fatores secretos, estavam sendo investigados pelo Conselho de Segurança do Pentágono, sem o aval dos judeus, o que colocava em risco muitos fatores internos de seu poder. Esse foi o fator interessante do porque o "avião" que caiu no Pentágono não ter sido mostrado com clareza, pois esse foi o ponto! Eliminar provas de investigação contra eles.
Assim era necessário desequilibrar todo esse sistema. No entanto, o ataque ao Pentágono fugiu de controle devido a ação de outro grupo sionista, que permitiu que a insanidade dos MOSSAD guiasse parte dos acontecimentos.


AreSS