"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

domingo, 12 de novembro de 2017

depois da judaização...



8 comentários:

N disse...

Imagina o escândalo(e justificado) que não seria se um Ariano representasse num filme o papel do rei Zulu por exemplo...

Os anti-racistas são os verdadeiros racistas; e eles já nem escondem...a sua agenda é clara e só não vê quem não quer.

Thor disse...

nem é preciso tanto. às vezes basta alguém fazer um filmezinho em que não apareçam negrinhos para eles entrarem logo em polvorosa.

Maria disse...

O judeus odeiam a humanidade, só gostam deles próprios e mesmo dentre eles difìcilmente se suportam.

Eles têm uma inveja desmedida dos povos europeus e das Nações europeias (sempre tiveram) e particularmente do povo alemão pela sua heróica história pré primeira Grande Guerra e mais ainda se tal foi possível, pré Segunda Guerra Mundial, pelo seu inexcedível patriotismo, inteligência superior, enorme capacidade de trabalho, amor próprio, etc.

Tiveram exactamente a mesma inveja e despeito pelos romanos e depois pelos cristãos, só ficando satisfeitos quando, por interpostos povos gerreiros, é de crer que por eles instigados, acabaram com aquele e o seu imenso e grandioso Império.

Esta inveja tem estado patente em todos os actos dos judeus ao longo das décadas em relação aos alemães e durante séculos relativamente aos restantes povos europeus. Se dúvidas houvesse bastaria pensar-se nas guerras e outras enormes traições que eles têm desenvolvido ao longo dos tempos contra as Nações europeias e mais recentemente contra o povo alemão.

A última guerra 'pacífica' que eles inventaram para evitar uma bélica (eles são matreiros e espertos que nem corais), esta muito mais lucrativa e menos óbvia e evidentemente nada dispendiosa, para destruir a alma e o orgulho dos alemães e simultâneasmente se locupletarem com muitos biliões, o que vem acontecendo desde há várias décadas até hoje, são os 'gazeamentos e atrocidades' que os detidos supostamente sofreram nos campos de transição temporária a caminho de uma nova pátria implantada numa terra criminosamente subtraída ao povo palestiniano e obtida com a ajuda maquiavélica dos Aliados, com especial destaque para o diabólico governo inglês, que eles vêm acusando desde o fim da Guerra culpando-os de todo o mal que supostamente lhes aconteceu.

"Mal", esse, consequência afinal do complot arquitectado com requintes de malvadez nos finais do séc. dezanove pelos judeus-sionistas-russos seus antecessores e mentores, manobrado em segredo e posto em prática com a maior desfaçatez e desvergonha sem que nenhum povo da terra tivesse levantado um só dedo. O resultado todos sabemos qual foi. E quem sofreu verdadeiramente no corpo e na alma e continua a sofrer, não foram os judeus (esses estão sempre safos em tudo), foram e são os alemães.

Anteontem lá apareceu mais a apologia da praxe deste povo, como é a norma nos vários canais, sendo a RTP useira e vezeira na prática. Lá veio mais um programa na RTP3, neste caso de literatura, a hora tardia, com uma entrevista duma qualquer escritora Noemi Jade, judia, claro, que falava brasileiro perfeito(?) e que contou alguns 'horrores' que a mãe sofreu em Auschewitz. (A meio da conversa contou que há povos europeus que atiram bebés vivos para fogueiras(!!!), mentirosa!, lá se esqueceu de dizer, porque já fede, que isso acontecia nos 'campos de concentração' pela mãos dos nazis..., aldrabona e maquiavélica como quase toda esta gente é)!!! Ela escreveu um livro a contar esses 'horrores'. Curiosamente a mãe é viva e até Hollywood (e logo em Hollywood, como não podia deixar de ser, local em que quase todos os produtores são judeus) já fez um documentário a contar os seus 'tormentos' sofridos em Auschewitz... Pois.

Thor, mais uma parabéns pelos excelentes tópicos que tem vindo a aconselhar na margem direita do blogo, pràticamente todos imperdíveis.
Maria

Thor disse...

"O judeus odeiam a humanidade"

correcto. isto não é uma questão "Alemã", nem nunca foi, como alguns adoram dizer. não são "chauvinismos Alemães" nem rancores da I ou II Guerra Mundial. é uma questão mundial/universal e sempre foi, desde sempre (expulsos de 110 países diferentes). eles podem invejar e temer um bocado mais os Alemães, mas eles odeiam todos e não gostam de ninguém, incluindo Portugal, obviamente, por mais que finjam o contrário.

só tenho algumas reservas em relação à "inveja e despeito" pelos cristãos. é que o império romano desapareceu, com empurrãozinho dos judeus, realmente. agora, os "cristãos" ainda aqui andam depois de mais de milénio e meio, e aumentaram muito de número. o cristianismo foi, ele mesmo, uma invenção judaica, e creio que ajudou à queda do império romano.

todo o restante comentario está bom, mas como raramente vejo televisão, nem sei quem é essa Noemi Jade. por mim, ela e os restantes podem dizer as alarvidades que quiserem que eu não ligo, nem vejo. não os alimento. até podem dizer que 20 milhões de judeus morreram no holocausto e que os Europeus faziam sabão de bébés judeus mortos!

ps: obrigado, mas a lista de blogues do lado direito funciona sobretudo para mim. não significa que não seja para vocês também, mas não funciona propriamente como um "aconselhamento" e sim para ter e ver as actualizações desses blogues aqui à mão de semear, em vez de ter que andar a procurar esses blogues um por um.

Maria disse...

Thor, isso que diz dos cristãos tem muito que se lhe diga e poderá ter alguma razão de ser naquilo que afirma, mas quem sou eu para discordar de quem tem muito mais informação do que eu? Nada, mesmo.

Sobre os tópicos à direita, continuo a dizer que são imperdíveis, ainda que tenham sido lá colocados para seu uso exclusivo, como diz. Mas p'lo facto de estarem expostos pùblicamente, quem aqui vem pode e deve consultá-los porque só ganha e nada perde.
Maria

Thor disse...

pode e deve consultar, por isso não digo uso exclusivo. o que digo é que não são propriamente temas "aconselhados" por mim. aqui há meia-dúzia de anos atrás, lembro-me que só devia ter uns 4 ou 5 blogs linkados no lado direito (alguns deles tão fracos que já os retirei) e nem tinha sequer a opção que mostrava a ultima actualização. isso dificultava bastante as minhas pesquisas, pois quando encontrava algum tópico interessante num blog, não eram raras as vezes em que acabava por perder esse(s) blog(s) de vista. até que resolvi começar a juntá-los aqui aos poucos e centralizar tudo aqui, para não perder temas importantes.

em relação ao cristianismo, eu sei que é preciso ir com calma e distinguir cristianismo de cristãos. eu ataco mais o primeiro e pouco os segundos, porque a entidade "os cristãos" é muito grande e complexa para meter tudo no mesmo saco. além de que essas coisas não se mudam assim em 3 tempos e tem que ser com calma.

Maria disse...

Esqueci-me de lhe dizer que o que mais aprecio neste blogo, além dos assuntos seleccionados que são de enorme interesse, é o facto de os blogos que coloca à direita estarem em actualização permanente. Isto é surpreendente e não me parece que exista em mais nenhum blogo. E diria que o que é mais interessante e sobretudo útil para quem aqui vem, é tomar conhecimento dos últimos temas abordados por cada um desses blogos e isto quase ao segundo, o que nos faz ir lê-los de imediato se for esse o caso. Repito, acho este pormenor único e extraordinário.

Por isso e não só, dou-lhe mais uma vez os parabéns. E Thor não precisa de responder.

Thor disse...

isso existe noutros "blogues". eu é que não vou dizer, porque não lhes faço publicidade.
obrigado pelos parabéns, Maria.