"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

etnia

Um grupo étnico é um grupo de pessoas que se identificam umas com as outras, ou são identificadas como tal por terceiros, com base em semelhanças culturais ou biológicas, ou ambas, reais ou presumidas.
(...)
A língua tem sido muitas vezes utilizada como factor primário de classificação dos grupos étnicos, embora sem dúvida não isenta de manipulacão política ou erro. É preciso destacar também que existe grande número de línguas multi-étnicas e determinadas etnias são multi-língues.
(...)
Geralmente percebe-se que os grupos étnicos compartilham uma origem comum, e exibem uma continuidade no tempo, apresentam uma noção de história em comum e projectam um futuro como povo. Isto alcança-se através da transmissão de geração em geração de uma linguagem comum, de valores, tradições e, em vários casos, instituições.
Embora em várias culturas se misturem os factores étnicos e os políticos, não é imprescindível que um grupo étnico conte com instituições próprias de governo para ser considerado como tal. A soberania portanto não é definidora da etnia, mas admite-se a necessidade de uma certa projecção social comum.
(...)
É importante considerar a genética dos grupos étnicos se devemos distingui-los de um grupo de individuos que compartilham únicamente características culturais.
Estas caracteristicas genéticas foram desenvolvidas durante o processo de adaptacão daquele grupo de pessoas a determinado espaço geográfico ou ecossistema (Clima, altitude, flora e fauna) ao longo de várias gerações.

3 comentários:

Anónimo disse...

Uma boa leitura para esta noite:

http://tortura.wordpress.com/category/tortura-na-segunda-guerra-mundial/a-tortura-na-alemanha-nazi/

Vera disse...

Atrocities

The Cheka is reported to have practiced torture. Victims were reportedly skinned alive, scalped, "crowned" with barbed wire, impaled, crucified, hanged, stoned to death, tied to planks and pushed slowly into furnaces or tanks of boiling water, and rolled around naked in internally nail-studded barrels. Chekists reportedly poured water on naked prisoners in the winter-bound streets until they became living ice statues. Others reportedly beheaded their victims by twisting their necks until their heads could be torn off. The Chinese Cheka detachments stationed in Kiev reportedly would attach an iron tube to the torso of a bound victim and insert a rat into the other end which was then closed off with wire netting. The tube was then held over a flame until the rat began gnawing through the victim's guts in an effort to escape. Anton Denikin's investigation discovered corpses whose lungs, throats, and mouths had been packed with earth.[22][23][24]

Women and children were also victims of Cheka terror. Women would sometimes be tortured and raped before being shot. Children between the ages of 8 and 16 were imprisoned and occasionally executed.[25]

Se preferirem:

"The Cheka: Lenin's Political Police, by George Legget"

Vera disse...

Parece que os soviéticos também gostavam muito da congelação...