"O que Lénin e Trotsky não atingiram com o fim de conduzir as forças que dormitam no bolchevismo para a vitória final, será obtido através da política mundial da Europa e América." - Rosenberg 1930

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Portugal, o mais suicida de 2009...

Portugal foi o país da UE que mais estrangeiros naturalizou em 2009

Portugal foi o Estado-membro da União Europeia que, em termos relativos, mais estrangeiros naturalizou em 2009, ao conceder a nacionalidade portuguesa a 25 600 pessoas.

Os dados do gabinete oficial de estatísticas da UE, revelados hoje em Bruxelas, indicam que a nacionalidade portuguesa foi concedida sobretudo a antigos cidadãos de Cabo Verde (19,4%), Brasil (14,5), Moldova (10,7) e Guiné-Bissau (8,4).

Em termos gerais, foi concedida no conjunto da UE cidadania a 776 000 pessoas, contra 699 000 no ano anterior, um aumento que o Eurostat atribui sobretudo ao facto de o Reino Unido ter voltado em 2009 aos seus valores "normais", depois de em 2008, "por razões puramente administrativas", o número de naturalizações ter sido invulgarmente reduzido.

Em termos absolutos, o Reino Unido encabeçou de resto, em 2009, a lista de países a conceder cidadania (204 000 pessoas, contra 109 000 no ano anterior), seguido de França (136 000) e Alemanha (96 000), tendo estes três países contribuído para mais de metade do total de naturalizações concedidas na UE.

Em termos relativos, é Portugal que encabeça a lista, ao ter concedido a nacionalidade portuguesa a 5,8 por cada 100 estrangeiros residentes, um valor que é mais do dobro da média comunitária (2,4) e apenas seguido de perto por Suécia (5,3).
Por outro lado, entre os principais grupos de cidadãos estrangeiros a verem ser-lhes atribuída a cidadania, por Estado-membro, os portugueses surgem, destacados, no primeiro lugar da lista de cidadãos estrangeiros a adquirirem a nacionalidade luxemburguesa (30 por cento do total).

FONTE



se ainda tivesse sido sobretudo a Moldavos, Ucranianos ou Romenos...mas não! tinha que vir Cabo-Verde em primeiro lugar e o Brasil em segundo.
e isto deve ser só o começo, pois com um primeiro-ministro luso-tropicalista casado com uma mestiça, já com duas filhas e que diz que temos que nos virar para os PALOP, a coisa não augura nada de bom.
a caminho do suicídio...

8 comentários:

Anónimo disse...

Moscovo, 02 jun (Lusa) - O Partido Comunista Russo criticou hoje a entrega de Ratko Mladic ao Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia e considerou o antigo chefe militar dos sérvios da Bósnia "um herói".
Em comunicado, o líder comunista russo, Guennadi Ziuganov, considerou Mladic "um herói lendário da resistência à intervenção dos ocidentais e dos seus vassalos nos Balcãs".
O Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia é "uma Gestapo moderna, da qual dezenas de patriotas sérvios já foram vítimas", de acordo com o comunicado.

Anónimo disse...

Henry Kissinger in 1974 would use food deliveries to overpopulated third world countries.

Anónimo disse...

Muslim countries can only produce children and then let their birth surplus be nourished by the spineless Western world – whether in the West or the countries of origin.

Anónimo disse...

So-called philanthropist Bill Cates does not want to pay taxes to the U.S. Instead, he “donates” money to “philanthropic” ventures such as his own “Alliance for a Green Revolution in Africa (AGRA).

Thor disse...

bill gates = jew

Thor disse...

"Muslim countries can only produce children and then let their birth surplus be nourished by the spineless Western world – whether in the West or the countries of origin."


yes, by taxes. it's fuckin' disgousting.
Europeans and true Americans, are paying their own genocide.

Thor disse...

"Henry Kissinger"


another jewish scumbag...

Anónimo disse...

Further evidence has emerged that the E. coli bacteria responsible for the deadly outbreak in Germany was genetically engineered: certain sequences of the dangerous bacteria’s DNA appear to be derived from bubonic plague, and helped make the pathogen particularly virulent.